Segurança Cibernética

Novo Módulo Ransomware: proteção avançada dos Avast Internet Security e Premier

Jas Dhaliwal, 18 Julho 2017

Você precisa estar armado com a mais nova versão do Avast para estar protegido contra as piores ameaças atuais: os ransomwares.

Não, isto não é a nova temporada de Mr. Robot: isto é a vida real. Ainda não foram identificados os cibercriminosos por trás do mais recente ataque de malware que ganhou as manchetes em todo o mundo. O ransomware chamado "Petna" (ou Petya) que começou a atacar na Ucrânia e se espalhou rapidamente, atingindo um pico no dia 27 de junho, quando os especialistas em segurança online conseguiram neutralizá-lo, bloqueando a ameaça.

Os ransomwares são a bola da vez

O worm Petna é único, mas não é o pior do seu gênero. O Petna foi simplesmente o ataque mais recente de ransomware que se tornou famoso. Há dois meses atrás, um ataque muito maior, o WannaCry, foi bloqueado pelo Avast mais de 1 milhão de vezes em mais de 150 países em todo o mundo. A notícia triste é que é muito provável que esse tipo de ataque vai continuar, e ainda mais pessoas e empresas deverão ser afetadas, causando prejuízos ainda maiores.

Os ransomwares se tornaram uma das ameaças online mais comuns que você pode encontrar no seu dia a dia. De fato, 60% de todos os novos malwares lançados nos últimos 3 meses deste ano foram ransomwares. E existem 4 vezes mais tipos de ransomwares este ano do que existiam no ano passado.

Depois que um ransomware infecta o seu sistema, ele identifica os seus arquivos pessoais mais importantes e os criptografa, bloqueando completamente o seu acesso, exigindo depois o pagamento de um resgate para enviar um código de descriptografia. Cair vítima de ransomwares é particularmente humilhante e assustador, e, mesmo que você pague, não há garantia de que o acesso aos seus arquivos possa ser recuperado.

Como você pode se proteger dos ransomwares?

A Avast oferece produtos antivírus gratuitos que já contém proteção contra ransomwares e outros tipos de malwares. O Módulo Comportamento, que já faz parte da proteção interna do Avast 2017, monitora todos os processos em execução, ficando de olho em qualquer arquivo que atue de forma suspeita. Se isso acontecer, o Módulo Comportamento bloqueia o arquivo e o envia à Quarentena para continuar analisando-o.

Na Avast, nós bloqueamos mais de um bilhão de ataques de ransomwares todos os meses, e analisamos os dados dos nossos mais de 400 milhões de aparelhos de usuários em todo o mundo através de uma nova geração de inteligência artificial e aprendizado de máquina. Esta enorme rede, com a qual interagimos rapidamente, ajuda-nos a identificar e evitar os ransomwares.

A Avast continua na luta contra os criminosos

Porque precisamos de mais proteção para combater as novas ameaças online que surgem a todo momento, queríamos desenvolver um complemento para o Módulo Comportamento. Por isso, lançamos o Módulo Ransomware, disponível agora nos nossos produtos premium, o Avast Internet Security e o Avast Premier.

O Módulo Ransomware fornece uma camada de proteção extra como se fosse uma "muralha" em suas pastas de arquivos, ou até mesmo em qualquer pasta que você deseje proteger, por exemplo, a que contenha os dados do seu imposto de renda ou as suas fotos de família. Qualquer aplicativo que não for confiável que tente alterar, excluir ou criptografar essas pastas será bloqueado. Suas informações pessoais, fotos e vídeos, seus arquivos privativos ficaram longe de serem atacados, protegidos com segurança por um escudo contra ransomwares. O que é seu, será somente seu.

O Módulo Ransomware permite um controle total sobre os seus arquivos e você pode configurar quais pastas extras deseja proteger. O Módulo Ransomware também exige que qualquer aplicativo suspeito solicite a sua permissão antes de modificar qualquer um dos seus arquivos protegidos. E continuamente utilizamos inteligência artificial e aprendizado de máquina para construir uma lista branca dos aplicativos, analisando continuamente os dados que nos chegam e nos permitem identificar quais podem ter vindo de ransomwares e quais são de aplicativos limpos.

O valor dos resgates varia a cada ataque, a média dos pagamentos exigidos em Bitcoin pelos ransomwares é de aproximadamente 300 dólares, um dinheiro que você não quer jogar fora, ainda mais que os cibercriminosos não tem porque devolver os arquivos para você depois que você pagar. Não pague resgates e, mais importante ainda, tome as precauções para se proteger e não se tornar uma vítima. Você pode ficar com os seus arquivos e com o seu dinheiro. Junte-se aos mais de 400 milhões de usuários do Avast e ajude-nos a continuar ganhando a guerra contra o cibercrime.