Dicas

Como saber se o seu celular ou computador está com vírus? | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 21 Fevereiro 2020

Tem gente que pensa que qualquer problema é causado por vírus. E tem gente que nunca desconfia de que o seu aparelho está infectado

Você desconfia que o seu dispositivo está infectado por vírus ou malwares? Quais são os sintomas? Como não confundir esses sintomas com outros problemas de hardware ou com as nossas configurações? Como comprovar e, melhor ainda, solucionar os problemas dos nossos computadores e smartphones?

Independentemente do sistema operacional ou dos aplicativos que você usa, deve haver um jeito de resolver essas dúvidas. Hoje, queremos apresentar alguns elementos para que você possa tirar as suas próprias conclusões e, em alguns casos, resolver o problema dos seus amigos e familiares.

Quais os sinais de que o meu dispositivo foi infectado?

Não existem regras fixas para cada aparelho, mas você pode desconfiar que o seu dispositivo foi comprometido se algum dos sintomas abaixo aparecer. Siga nossas dicas para resolver os problemas.

O seu aplicativo de segurança (antivírus) está desligado e você não sabe quem fez isso

Se você usa o Avast, corrija a sua instalação ou faça uma nova instalação para ver se isso soluciona o problema. No caso do seu smartphone, faça um escaneamento completo com o Avast Mobile Security e siga as instruções mostradas na tela.

Você recebe mensagens estranhas solicitando o pagamento de um resgate para recuperar seus arquivos ou o acesso ao seu dispositivo

Se a mensagem não desaparece depois que você reinicia o aparelho, você pode ter sido vítima de ransomwares. A Avast fornece várias ferramentas gratuitas para você recuperar os seus arquivos sem ter de pagar o resgate. No caso dos dispositivos mobile, faça uma limpeza completa do seu dispositivo com um antivírus de confiança.

Você recebe muitas mensagens pop-ups que saltam na sua tela de tempos em tempos

Propagandas insistentes ou pornográficas são sinais de contaminação por adwares. Faça um escaneamento completo ou até mesmo um escaneamento antes de o Windows reiniciar.

Suas senhas não funcionam mais e (alguns) sites informam que você precisa trocá-las

Invasão de contas são muito comuns. Antes que isso aconteça, habilite a autenticação de 2 fatores em todas as suas contas online, especialmente nas contas de e-mail e redes sociais. Se as suas senhas já vazaram na internet, siga o nosso guia de sobrevivência a vazamentos.

Aparecem postagens nas suas redes sociais que não foi você quem postou

Algum amigo ou amiga informa que achou muito estranho uma postagem sua. Pode ser que você não tenha configurado corretamente as contas das suas redes sociais e faltou a autenticação de 2 fatores. Alguém invadiu sua conta e postou na sua linha do tempo.

Seus amigos entram em contato com você para dizer que via e-mail ou mensagens nas redes sociais, você está enviando coisas sem sentido. E, na verdade, você não enviou nada para eles. Nesses casos, proteja suas contas online.

Aparecem programas que você não instalou e não se lembra de ter autorizado a instalação

Para se financiarem, programas gratuitos podem oferecer outros aplicativos. Não instale rapidamente nenhum programa, mas acompanhe e leia com atenção as telas de instalação. Se algo não estiver de acordo, vá às opções de aplicativos e desinstale os que você não deseja.

Do nada, programas se atualizam ou seus ícones desaparecem

Também não aparecem na sua lista de aplicativos e você não sabe como desinstalá-los. Isso é comum quando os malwares tentam se “esconder” no seu dispositivo. Um escaneamento inteligente no Windows (ou, se necessário um escaneamento completo ou ao reiniciar) ou no seu smartphone pode ajudar a limpar o seu aparelho.

Ao fazer uma pesquisa no seu navegador, você vê uma lista de sites “estranhos”, vendendo produtos e serviços

O sequestro do mecanismo de pesquisa é um sintoma muito comum de adwares e spywares. Novamente, escaneie seu aparelho ou, no caso do Windows, você pode usar o Browser Cleanup.

A página inicial do seu navegador agora é outra ou, do nada, apareceu uma barra de ferramentas

Valem as mesmas dicas do item anterior. Em alguns casos, a barra de ferramentas “volta” a aparecer depois que você reinicia o computador. Escaneie o Windows antes de ele ser carregado e se, mesmo assim o problema continuar, informe a Avast para que possamos corrigir as nossas definições de vírus.

O seu mouse se move sozinho ou janelas “somem”

Alguns malwares alteram as configurações padrão do Windows. Se mesmo depois de usar as ferramentas do próprio Windows para corrigi-lo isso continua a acontecer, recomendamos que você solicite ajuda técnica no nosso fórum de usuários em português.

Clico em um link e sou mandado “para outro lugar”

Pode ter havido um sequestro do seu DNS (a lista telefônica da internet). Veja em nosso blog como corrigir esse problema. Também pode haver algum problema no seu roteador e algumas das nossas dicas técnicas podem ajudar a corrigir o problema.

Meu aparelho está lento!

Bem, deixamos para o final um dos diagnósticos mais difíceis. Quase todo “problema” pode deixar nossos aparelhos mais lentos. Muitas vezes, a velocidade da Wi-Fi é a culpada: o aparelho “pede” uma informação e ela demora para ser baixada.

Outras vezes, pode existir um conflito de aplicativos no seu computador ou no seu smartphone: use apenas um antivírus em cada aparelho ou eles vão “brigar” entre si para proteger o aparelho. Outra providência é uma limpeza dos arquivos do seu dispositivo: o aplicativo Cleanup remove o lixo do seu dispositivo Windows, Mac ou Android e arruma tudo (no Registro e nas configurações) para que ele fique funcionando como novo.

Sugerimos que você coloque este artigo nos favoritos do seu navegador e, sempre que precisar, venha aqui para dar uma olhada em nossas dicas.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

John Schnobrich