Dicas

Como proteger os idosos da sua família contra golpes online

Emma McGowan, 29 de Julho de 2021 16h54min36s CEST
Emma McGowan, 29 de Julho de 2021 16h54min36s CEST

O crime cibernético contra os idosos está aumentando. Felizmente, existem maneiras de conversar com eles sobre esses riscos e protegê-los de golpes online

De acordo com as estatísticas compiladas pelo FBI e a FTC, crescem os crimes virtuais contra idosos. Além do aumento de 5 vezes desde 2014, esses crimes custam mais de US$ 650 milhões por ano. Felizmente, você pode proteger os idosos que conhece contra golpes online.

Primeiro, converse com eles sobre como ficarem atentos e se protegerem. E veja aqui quais pontos enfatizar: Você precisa conversar e não ensinar. Seus parentes mais velhos têm uma vida toda de experiências em tomar decisões e confiar no julgamento deles. Não é provável que eles queiram receber lições de alguém 20 ou 30 anos, ou mesmo 50 anos, mais novos que eles.

Pense assim: Você gostaria que um sobrinho ensinasse como ficar em segurança no bairro em que você vive por mais tempo do que ele tem de vida? Claro que não. Da mesma forma, os parentes mais velhos não querem uma lição sobre segurança online.


Saiba mais: Tecnologias que salvam vidas de idosos


Em vez de dar uma lição, ensine a eles a tomarem conta de si mesmos. Uma maneira de conversar sobre isso é procurar o nome deles no Google e mostrar quais informações estão disponíveis publicamente*. Essa é uma boa maneira de mostrar como é fácil para golpistas obter informações sobre alguém.

Você também pode se oferecer para consultar se eles encontrarem algo que possa ser um golpe, sem julgá-los. Diga que eles podem enviar qualquer e-mail, mensagem direta, pop-up, etc. que você ajudará a descobrir se é legítimo ou não. Dessa forma, você ajuda seus pais (ou avós, tias ou tios) e, como bônus, eles passam mais tempo com você.

Finalmente, não presuma automaticamente que seus parentes mais velhos não sabem nada sobre tecnologia. Eles, como praticamente todos no século XXI, provavelmente usam algumas tecnologias e não outras, por vários motivos. Pergunte sobre como eles usam tecnologia e preste atenção ao que dizem. Ouvir ajudará a ajudar.

Como falar com pessoais mais velhas sobre golpes específicos

Você também pode conversar sobre golpes específicos que seu ente querido pode encontrar online. Veja como identificar alguns dos golpes contra idosos mais comuns online.

Phishing

Phishing é um termo "guarda-chuva" que abrange vários tipos de golpes. Os golpistas entram em contato por e-mail, ligações, mensagens diretas ou SMS e usam informações sobre a pessoa para tentar fazer com que ela dê algo valioso. Por exemplo, um golpista pode fingir ser você e enviar para sua avó um link que contém malware ou que a redireciona para um site falso e, em seguida, pede a ela para inserir informações pessoais, como o cartão de crédito. 

A melhor defesa contra um golpe de phishing é confirmar com o remetente e-mail ou mensagem antes de clicar. Diga ao seu ente querido para ligar ou enviar uma mensagem de texto perguntando “Foi você que me enviou isso?”. E também recomendo que eles verifiquem os instintos. Se o texto de uma mensagem parecer estranho ou você normalmente não entrar em contato dessa maneira, é muito mais provável que seja um golpe.

Golpes amorosos

Golpes amorosos (também chamadas de “golpes românticos”) são quando o golpista encontra alguém online, começa a conversar e depois pede dinheiro. Antes mesmo de você começar a falar, alguns sinais comuns de um golpe amoroso são fotos militares (para homens) e mulheres com muitas cirurgias plásticas. Eles também contêm muitos erros de ortografia e gramática. 

No entanto, esses são os golpistas mais óbvios. Os menos óbvios usarão informações coletadas de outras fontes online para ajudar outras pessoas se apaixonarem por eles. Eles costumam pedir para sair da conversa do app ou do site de encontros onde “conheceram” sua vítima em potencial. E eles recusarão se encontrar pessoalmente, ou sempre terão uma desculpa.

Uma vez que um golpista romântico acreditar que a vítima potencial o ama (ou, pelo menos, se preocupa muito com ele), ele pedirá dinheiro. Às vezes, é um "adiantamento temporário". Em outras, um cartão-presente.

Converse com seus entes queridos sobre esse tipo de golpe, especialmente se eles forem solteiros e podem estar procurando por romance online. Você também pode mostrar a eles como fazer uma pesquisa reversa de imagens, para verificar se uma foto é realmente da pessoa que afirma ser, e mostrar o site Social Catfish, que faz investigações mais aprofundadas de pessoas mediante o pagamento de uma taxa.

Golpes da Receita Federal ou da Previdência

Esses golpes podem assumir diferentes formas, mas uma comum é um SMS, e-mail ou ligação que diz ser da Receita Federal ou da Previdência (INSS). Eles dirão que a vítima deve impostos atrasados ou tentarão obter dados do cadastro na Previdência.

A melhor maneira de proteger seus parentes mais velhos desse tipo de golpe é dizer a eles que o governo nunca ligará ou enviará e-mail para você, nem pedirá dados pelo telefone. Não importa se o contato for muito convincente, nunca responda.

Golpe do suporte técnico

Há toda um mercado dedicado exclusivamente a enganar pessoas por meio de ligações telefônicas sobre “suporte técnico”. Embora este não seja tecnicamente um golpe online, porque é feito por telefone, está muito relacionado à internet.

Nele, um golpista de suporte técnico* ligará e fingirá ser de uma empresa legítima, como a Microsoft ou a Apple. (Ou mesmo da Avast!). Eles informarão algum motivo que justifique o acesso ao computador da vítima ou tentarão convencer a informar dados do cartão de crédito. Se uma possível vítima começa a questionar, muitas vezes, eles se tornam briguentos e rudes, até o ponto de gritar. 

Além de contar aos membros mais velhos da família sobre esse tipo de golpe, informe que nenhuma empresa legítima ligará para eles por motivo de “suporte técnico”. Essa não é uma prática do setor. Se eles tiverem uma conversa com uma pessoa de “suporte técnico”, o pagamento por meio de cartões-presente, cartões pré-carregados, transferências eletrônicas ou transferências de dinheiro é um sinal claro de que é uma farsa. Finalmente, peça para que eles nunca, jamais, deem a uma pessoa de “suporte técnico” acesso remoto ao computador, não importa o quanto ela insista. 

Golpe dos netos

O golpe dos netos talvez seja o mais traiçoeiro da lista. É um tipo de golpe de phishing, em que os golpistas obtêm informações online, como nas redes sociais, e depois ligam fingindo ser neto de alguém. Eles dizem que estão com problemas e precisam de dinheiro para sair de uma situação ruim. Eles dirão que é urgente e que estão com vergonha de pedir aos pais. 

Diga a seus avós que você nunca fará isso. Mas, para garantir, você pode estabelecer um código com eles, como uma pergunta para a qual só você sabe a resposta, que eles podem usar para testar se a pessoa na ligação é realmente você. 

Lembre-se: há toda uma indústria estabelecida cujo modelo de negócios é tirar dinheiro de pessoas mais velhas por meio de golpes. Se o seu ente querido for enganado, não há motivo para vergonha. Saiba que você estará sempre aqui para ajudar.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.