Protecting over 230 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus


3, janeiro, 2015

Avast: Feliz 2015!

Para todos os usuários e colaboradores da Avast Software,
desejamos amor, risos e paz em 2015.

img-holiday-neo-2015-en-c

Olhando para 2014 que passou, somos muito agradecidos pela confiança que os nossos 220 milhões de usuários nos depositaram. Agradecemos a vocês a sua fidelidade e por compartilhar o Avast com os seus amigos e familiares. Agradecemos também o seu suporte, suas sugestões e comentários (mesmo os não positivos ;)), a maneira como vocês ajudaram os outros em nossos fórum e nas redes sociais do Facebook, Google + e Twitter, e, especialmente, quando vocês nos escreveram suas histórias de como o Avast salvou o dia de vocês.

Começado já este novo ano, prometemos que vamos entregar a vocês os melhores produtos de segurança para a sua rede doméstica, sua empresa, seus PCs, Macs e Androids. Vamos estar atualizados sobre as novas ameaças e bloquear as antigas que continuam voltando para nos atormentar. Desejamos corresponder à sua confiança, mas, acima de tudo, manter você, seus dados e seus aparelhos seguros de qualquer problema.

Levante a sua taça conosco e junte-se a nos em nosso brinde para 2015.

Paz. Amor. Segurança. Do Avast

img-Fb_wall-2015

Categories: General Tags: , , ,
Comments off

22, dezembro, 2014

2015 poderá ficar marcado como o “ano dos malwares móveis”

Em setembro de 2014 Ondrej Vlcek, COO (Chief Operating Officer) da Avast, causou um certo barulho no mercado ao anunciar que sua empresa havia acabado de atingir 1 milhão de malwares para dispositivos móveis (celulares e tablets) em seu banco de dados. Ele ainda chegou a afirmar que até 2018 os ataques a smartphones e tablets atingirão o mesmo nível de ameaças que hoje vemos em computadores mais convencionais como laptops e desktops.

shutterstock_208714210

Manter os dados seguros em smartphones passará a ser ainda mais difícil em 2015

Porém, muita gente na época “torceu o nariz” para esta afirmação e continua cética ao fato de que seus aparelhos móveis podem se tornar vítimas de hackers, entretanto, conforme o mercado de smartphones cresce, as chances de uma epidemia cibernética ocorrer via telefone também sobem a passos largos.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Gartner e repercutida pelo site brasileiro Mobile Time, as vendas de smartphones cresceram 20% no mundo em 2014, tendo os equipamentos da Samsung na frente da concorrência com 24,4% do mercado, ou seja, o sistema operacional Android continua a ser o mais usado no mundo.

A Mobile Time ainda publicou um artigo explicando que, segundo a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) 75% dos telefones no Brasil são smartphones e que devemos fechar o ano com uma venda total de mais de 52 milhões deste tipo de telefone, um crescimento de 44% em relação a 2013. A Abinee prevê uma venda menor em 2015, mas devido ao fato de que “há um amadurecimento do mercado”, ou seja, grande parte da população brasileira que anda com um celular possui um smartphone.

O que isso significa? Significa que aumenta-se as chances das pessoas passarem a usar mais e mais seus telefones como pequenos computadores para realizar todos os tipos de transações online, desde o pagamento de contas até o preenchimento de cadastros, deixando rastros valiosos que não poderão mais ser encontrados por hackers em desktops e laptops. Em outras palavras, em 2015 os telefones celulares deverão ficar mais vulneráveis a ataques cibernéticos, pois criminosos sabem que é lá que os dados estão sendo agora armazenados.

A grande diferença é que, ao contrário do que ocorre com computadores convencionais, a grande maioria dos usuários de smartphones toma pouco (para não dizer nenhum) cuidado com os dados transmitidos via celulares ou tablets. Ter um antivírus no computador é quase que uma regra hoje em dia, aliás muitos fabricantes utilizam isso como um gancho de venda: “compre nosso mais novo PC X e leve gratuitamente o antivírus Y”. E há quem diga que isso funcione muito bem!

Entretanto, quem está preocupado em instalar um antivírus no celular? Conta-se nos dedos de uma mão e olhe lá, é capaz de sobrar dedos… “Mas não existe vírus para celular”, é o que ouço com frequência. Outra desculpa que adoro é “eu não faço nada demais com meu celular, só acesso o Facebook, escrevo no Whatsapp e mando mensagens de texto”. Este é o usuário com maiores chances de sofrer um ataque a qualquer minuto.

Ou seja, com as vendas de smartphones chegando aos seus limites e a baixa preocupação dos usuários com sua segurança, o ano de 2015, que está prestes a começar, poderá se tornar “o ano dos malwares móveis” no mundo. Você está preparado para isso?

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no FacebookTwitter e Google+.

Comments off

17, dezembro, 2014

Nova política de privacidade do Facebook e a segurança dos seus dados

2015 está chegando e, como de costume, empresas de tecnologia começam a lançar suas atualizações para o novo ano, entretanto, parece que alguém volta a polemizar com suas novas normas que estão a ponto de serem implementadas a menos de 1 mês: Facebook. Depois de toda a controvérsia com o lançamento do aplicativo Messenger em setembro passado, a maior rede social do mundo começa a ser novamente contestada.

Facebook spam blocks relevant News Feed posts

Preocupação com privacidade online não deveria se limitar aos dados no Facebook

Não foram poucas as mensagens publicadas em perfis no próprio Facebook em repúdio aos novos termos e políticas de dados e cookies da rede que entrarão em vigor em 1º de janeiro próximo. Basicamente, as novas normas dizem que todo o usuário dos serviços do Facebook concorda, entre outras mudanças, na utilização de dispositivos por parte da empresa para que dados sejam coletados agregadamente (ou seja, eles podem identificar suas condutas online, mas não podem identificar a sua pessoa), com o intuito de customizar anúncios de publicidade.

E, sinceramente, tenho realmente sentido uma diferença grande na maneira como venho recebendo anúncios no meu perfil. Basta eu navegar em um site com um tema específico, por exemplo, futebol ou softwares, que imediatamente meu mural ganha anúncios ou publicações editoriais sobre aquele tópico e empresas e produtos que pesquisei. Fico imaginando como isso será em 2015 depois que a nova política for oficialmente lançada…

Estaria a maior rede social do mundo nos espionando? Seria esta uma maneira de roubar nossos dados e até mesmo nossas propriedades intelectuais?

Não sou eu quem vai responder estas perguntas, mas parece que muita gente está se sentindo desconfortável ao descobrir que o Facebook pode facilmente monitorar suas atividades online. Entretanto, se você se preocupa somente com seus dados em redes sociais, então é melhor começar a rever os seus conceitos!

Você já parou para pensar quantos cadastros e perfis de usuários existem com seu nome online? E mais, você sabe como esses dados estão sendo utilizados pelas empresas que têm a posse deles? Por exemplo, você lembra quantos cadastros você fez durante as compras de Natal do ano passado? Ou na BlackFriday? Ou o que dizer dos cadastros em farmácias, lojas de roupas, supermercados, hospitais, etc que fazemos pessoalmente e nunca utilizamos? Quem está tomando conta desses dados? Onde eles estão sendo armazenados? O que acontece com eles?

Em outras palavras, preocupe-se sim com os conteúdos e dados que você disponibiliza no Facebook, pois além de importantes podem fazê-lo passar vergonha em público, entretanto, a segurança dos seus dados começa com um bom gerenciamento dos mesmos, como: a utilização de senhas seguras para acesso de perfis e contas, o não compartilhamento de informações privadas em redes sociais, o não preenchimento de formulários oriundos de fontes desconhecidas, cuidado redobrado com sites falsos, a realização de pagamentos somente em páginas https e a publicação de suas propriedades intelectuais em redes sociais somente após as mesmas serem registradas.

E, claro, utilize um antivírus que possa auxilia-lo nos processos acima! Independente das ferramentas que empresas estejam utilizando para conhecer melhor o seu comportamento online, você ainda pode manter o controle dos seus dados. Faça a sua parte e viva uma vida virtual saudável!

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.


15, dezembro, 2014

Perigos na internet: nós somos os nossos piores inimigos

Hoje, a maior ameaça ao consumidor comum é o próprio consumidor.

Esta afirmação rotunda foi feita pelo CEO da Avast, Vincent Steckler, em uma entrevista na semana passada em Munique, ao site de tecnologia alemão Valuetech. Esta é uma afirmação ousada depois de um ano de revelações sobre a espionagem da NSA, o roubo de 10 milhões de senhas de usuários das lojas Target e Home Depot, o recente episódio de hackers na Sony Pictures, além do desfile normal dos malwares, trojans e vírus, mas é uma afirmação que tem Steckler por detrás.

Veja a entrevista aqui (04:00):

Steckler tem uma boa razão para a sua conclusão. Aqui estão alguns dos principais pontos que ele tocou durante a entrevista.

A engenharia social ataque a fragilidade humana

“Muitos ataques ainda utilizam técnicas de engenharia social, por exemplo os emails phishing, como formas de convencer o usuário a fornecer informações relevantes”, disse Steckler.

Um exemplo destes emails phishing ocorreu logo após a Black Friday, quando cibercriminosos enviaram milhões de emails de confirmação de compras falsos aos clientes de grandes lojas. Você pode ler a respeito e aprender o que fazer se foi uma das vítimas em nosso blog, Fake confirmation emails from Walmart, Home Depot, others in circulation.

O equívoco chamado Mac

Os usuários do Mac são conhecidos por falar que não utilizam proteção antivírus porque eles nunca tiveram nenhum problema com vírus. Mas, na verdade, é apenas um jogo de números.

“Não há uma diferença fundamental”, disse Steckler sobre a segurança dos PCs e Macs. “O Mac não é por si só mais seguro, como tecnologia, do que o Windows. O que faz a diferença é que o que é mais conveniente para um ataque cibernético”.

Ele explica que o malware escrito para Windows pode atacar até 93% dos computadores do mundo. O malware para Mac atinge apenas 7-8% dos computadores em todo o mundo. A segurança se apoia no menor número de aparelhos Mac do que uma vantagem técnica de segurança.

Redes domésticas são tão complicadas quanto as das pequenas empresas

Com a interconectividade dos aparelhos domésticos – desde computadores, celulares, TVs e até refrigeradores, Steckler compara a rede doméstica típica com a das pequenas empresas.

“O ponto fraco central da ‘Internet das coisas’ vai ser o roteador doméstico – aquele aparelho que conecta todos os outros -”, disse Steckler, “e basicamente não contém nenhuma segurança em si mesmo”.

O Avast 2015 procura solucionar esta falta de segurança incluindo o novo escâner de Segurança da Rede Doméstica.

Comments off

14, dezembro, 2014

Cinco funções da conta do Avast que você precisa conhecer

Muitos usuários do Avast protegem os computadores e aparelhos móveis das outras pessoas das suas famílias com os produtos antivírus Avast. Para ajudar você a gerenciar a segurança de todos eles, nossa equipe de desenvolvimento criou um portal chamado conta MyAvast. Outro artigo do nosso blog, Rastreie os aparelhos da sua família com a conta do Avast, explica os fundamentos da conta do Avast.

Tomara que você já tenha visto a sua conta. Se não, clique aqui para dar uma olhada: https://my.avast.com. Agora, mostraremos algumas funções importantes e úteis.

Cinco principais funções da sua conta do Avast

1. A finalidade da conta MyAvast é gerenciar múltiplos aparelhos a partir de um único lugar. Se você registrou produtos Avast em vários aparelhos utilizando diversos endereços de email, você pode emparelhar estes aparelhos e os endereços de email com a sua conta, o que permite ver todas as licenças em um único lugar. Você verá a validade das licenças e a data em que irão expirar para cada aparelho.

Se você comprou um novo aparelho nestes dias e deseja remover o antigo, você pode fazer isto facilmente a partir da conta. Vá à página Aparelhos e escolha as Configurações, removendo o aparelho da conta.

2. Para todos vocês, usuários de smartphones Android, a função mais importante é o nosso aplicativo de segurança móvel Avast Anti-TheftNós aprimoramos a interface, revisamos e simplificamos os comandos.

Para ver o que eu estou descrevendo, entre na sua conta > vá para Aparelhos > clique no seu smartphone. Nesta tela você pode ver os comandos mais importantes que permitem que você controle o seu aparelho. Com um único clique você pode localizar o seu aparelho, marcá-lo como perdido, informar e enviar notificações aos seus amigos cadastrados, transferir todas as chamadas e SMS para o seu novo número, ligar um alarme de aparelho perdido e bloquear o aparelho, tudo remotamente. Se você tem o Avast Mobile Premium, terá comandos adicionais à sua disposição Se você suspeita que o seu telefone foi roubado, você pode tirar uma foto do ladrão ou gravar o áudio, entre outras facilidades.

Comandos de segurança móvel

3. O sistema de prêmios do Avast foi redesenhado e, de forma interativa, você pode ganhar produtos Premium por recomendar o Avast aos seus amigos. Ao compartilhar o Avast utilizando o seu próprio link personalizado, executar certas tarefas, utilizar os nossos produtos, tudo isto será recompensado com pontos e medalhas. No momento, você pode ganhar uma licença do Avast Internet Security e medalhas por participar em nossa Comunidade ou ser um usuário fiel do Avast. No futuro, podemos oferecer outros produtos Premium, por isso, verifique nossas campanhas de vez em quando.

badges1

4. Fique por dentro com o nosso widget de notícias (em nossa página principal, no canto inferior direito), onde você verá notícias do nosso blog e feed do Facebook. Com isso você terá uma visão geral das novidades de segurança e privacidade. Convidamos você a seguir-nos nas redes sociais.

5. Para aqueles que adoram uma interface bem produzida, poderão apreciar o nosso estilo Metro atualizado do portal e escolher os temas. Visite as Configurações (o ícone da engrenagem no canto superior direito) e escolha o que você gostar mais.

themes

A Facebook SecurityFacebook Security é uma função adicional que está em fase beta no momento. Há algum tempo, escrevemos sobre ela em nosso blog: A nova conta do avast! com o Facebook Security está no ar. Participe do teste beta.

Esta função ajuda a identificar as postagens e fotos do Facebook que podem ser uma ameaça à sua privacidade, segurança e reputação. Além do seu próprio perfil no Facebook, também monitoramos sua rede de amigos para mantê-lo(a) seguro(a).

Nossos desenvolvedores e gerentes de produto continuam a trabalhar em melhorias na conta MyAvast. Se você tiver qualquer pergunta, comentário ou sugestão, não duvide em participar no nosso fórum dedicado. Aguardamos seus comentários!

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.


12, dezembro, 2014

Como desativar o IPv6 nas configurações do seu roteador

A sua rede WiFi não está segura

A sua rede WiFi não está segura

Depois dos artigos que já publicamos nas últimas semanas, você já deve estar convencido que as vulnerabilidades do roteador são uma das maiores preocupações na segurança de uma rede. Como você já sabe, o novo Avast 2015 inclui uma função de proteção chamada Segurança da Rede Doméstica (SRD), que escaneia a sua rede e o seu roteador à procura de falhas e para prevenir ataques.

Um problema grave acontece quando o IPv6 (Internet Protocol versão 6) está habilitado (tanto em seu fornecedor de acesso à internet quanto no roteador), mas, simultaneamente, não está sendo utilizado um firewall para o IPv6. Isto significa que qualquer pessoa na internet pode acessar os aparelhos conectados à sua rede (como impressoras, discos de rede, etc.). Isto é frequente porque os roteadores são aparelhos pequenos, com um hardware que não dá suporte ao firewall do IPv6.

A maior vantagem do IPv6 sobre o IPv4 é o seu maior espaço para endereços: ele permite 2128 ou aproximadamente 3.4×1038 endereços (ou sites), o que é um número enorme! Além de oferecer mais possibilidades de endereços, o IPv6 também implementa funções que não estão presentes no IPv4: isto simplifica a atribuição de endereços, a renumeração da rede e o processamento dos pacotes.

De fato, um firewall IPv6 necessita de um considerável poder de processamento e memória (RAM), por isso, não há esperança de que muitos dos roteadores mais baratos adicionem esta funcionalidade (ou que ela não funcione integralmente).

Mas mitigar o problema é relativamente simples: desabilite o IPv6 no roteador. Na maioria dos casos, isto não trará nenhum impacto sobre os outros serviços, a menos que eles exijam o IPv6 (e, neste caso, será melhor trocar o roteador por outro melhor, um que seja certificado para IPv6).

O Avast Internet Security e os produtos Premium fornecem suporte completo ao IPv6 para o seu computador em seu firewall. Lembre-se, no entanto, que os outros aparelhos – como discos de rede que estejam conectados ao roteador – não estarão protegidos.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

Comments off

10, dezembro, 2014

Como alterar as configurações de DNS do seu roteador e evitar hackers

Se o seu roteador doméstico estiver hackeado, você tem um sério problema em suas mãos.

Quando o escaneamento de Segurança de Rede Doméstica do Avast encontra algo comprometido em seu roteador, uma notificação semelhante a esta irá aparecer:

A sua rede WiFi não é segura

A sua rede WiFi não é segura

Isto significa que o roteador foi hackeado e as configurações do DNS foram modificadas por um cibercriminoso. Esta é uma das situações mais graves. Quando hackers se aproveitam das falhas do roteador, conseguem acesso a ele e modificam as configurações dos servidores DNS, todo o seu tráfego da internet pode ser redirecionado para servidores falsos. Isto se chama ataque man-in-the-middle.

O DNS ou Domain Name System é a “lista telefônica” da internet ou de uma rede privada. Ele traduz os endereços que podem ser facilmente memorizados, por exemplo, www.example.com, para endereços numéricos únicos chamados IP que são necessários para localizar o serviço em algum lugar do mundo.

O que acontece quando o seu roteador é hackeado?

Em vez de se conectar a um site ou serviço limpo, quando o seu roteador está hackeado, você será levado a um site ou serviço falso, hackeado. É óbvio que a sua privacidade será violada e todas as suas informações bancárias e financeiras poderão ser capturadas (através do ataque man-in-the-middle mencionado anteriormente). Mesmo o geralmente seguro SSL (o protocolo HTTPS que nós aprendemos a verificar se aparecem em um site seguro), não garante a sua proteção. Em vez disso, você será conduzido a servidores maliciosos e a conexão criptografada é cortada no meio. Esta ilustração mostra o que acontece.

 

A sua rede WiFi não é segura

Fonte: http://www.cert.pl//news/8019/langswitch_lang/en


 
Isto pode acontecer também se o seu roteador estiver configurado com uma senha padrão/fraca. Por isso, o pior cenário de hackeamento não é tão incomum. Leia as notícias recentes sobre o hackeamento de webcams porque os seus donos utilizam senhas padrão. Vincent Steckler, CEO da Avast, informou que os consumidores, com uma assustadora frequência, não alteram as senhas padrão, exatamente como eu estou dizendo aqui. Algo como 63% dos roteadores wireless estão com as suas senhas de fábrica, disse Steckler.

O problema vai além de um único usuário ou um único aparelho. Os efeitos maliciosos podem se espalhar para todos os usuários da rede local, independente do sistema operacional que estiver sendo utilizado.

Como se proteger contra esta praga?

Primeiro, utilize a função Segurança da Rede Doméstica para escanear a sua rede doméstica e verificar se o seu aparelho está comprometido. Se o Avast alertar você, já será muito tarde. Você já foi hackeado. Você precisa verificar manualmente os servidores DNS nas configurações do roteador.

Por padrão, o seu roteador utiliza os servidores DNS obtidos automaticamente do seu provedor de internet. Todos os aparelhos na sua rede (PCs, smartphones, tablets, consoles de jogos, e tudo o que estiver conectado à rede — obtém o seu servidor DNS do roteador. Você pode alterar o servidor DNS no seu roteador, corrigindo todos os aparelhos da sua rede.

Há vários artigos na internet sobre a troca de DNS. Aqui está um da howtogeek.com.

Você também precisa prestar atenção à barra de endereços do seu navegador. O indicador HTTPS deve estar lá o tempo todo. Se ele vai e vem, você já pode estar comprometido. Nestes casos, ou quando você detecta outros sintomas estranhos, desative a sua conexão com a internet e troque imediatamente o nome do usuário e a senha do roteador (consulte o manual do seu roteador para mais informações).

Mas, você foi alertado, nada disso será suficiente se o roteador for vulnerável, e o hacker não precisará de muito tempo para voltar a alterar as configurações. Será preciso atualizar o seu roteador (atualização de firmware, como é chamada) ou até mesmo substituí-lo por outro um melhor (como está descrito em outro artigo do nosso blog.

 
Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.


10, dezembro, 2014

Rastreie os aparelhos da sua família com a conta do Avast

Uma família média nos Estados Unidos possui quatro aparelhos móveis, além de outros aparelhos e computadores conectados à internet. Talvez no Brasil esta média não esteja muito abaixo. A sua conta Avast ajuda você a gerenciar a segurança de todos eles.

Conta do Avast

Gerencie todos os seus aparelhos com a conta gratuita do Avast.

Manter o seu software de segurança atualizado em todos estes aparelhos pode se tornar algo realmente confuso, e com os riscos atuais, você quererá ter certeza de que tudo está bem protegido.

A sua conta do Avast pode simplificar muito esta tarefa.

Aqui está o que você ganha com uma conta do Avast

Gerenciamento facilitado

  • Se você já instalou qualquer produto gratuito do Avast, registre a sua conta.
  • Gerencie de um único lugar os vários aparelhos protegidos pelo Avast (PC, smartphone, tablet).
  • Controle remotamente os aparelhos móveis Android com o Avast Mobile Security e o Avast Anti-Theft instalados. Isto é muito útil em caso de perda ou roubo do aparelho.

Informação na ponta dos seus dedos

Você pode encontrar informações sobre os seus aparelhos conectados.

  • Estado da licença
  • Data de validade da licença
  • Estatísticas básicas
  • Versão do banco de dados de vírus
  • Logs das atividades, e muito mais

Ganhe pontos para o programa de recompensas do Avast

Você pode gerar o seu próprio link especial do Avast Free Antivírus para enviar aos seus familiares e amigos. Quando eles baixarem a sua própria proteção utilizando este link, você ganha pontos para ser premiado com uma licença gratuita do Avast Internet Security. Na sua conta do Avast, você pode ver quantos pontos têm, ganhar medalhas e até se comparar com os outros usuários do Avast.

Faça o seu comentário sobre o Avast

No Forum da Comunidade Avast você pode fazer perguntas aos nossos experientes “evangelistas” e na página de Feedback você pode fazer sugestões, informar de um problema, ou simplesmente dizer obrigado.

Proteja o seu perfil do Facebook

Você pode proteger o seu perfil do Facebook utilizando o Avast Social Media Security. Nós ajudamos você a navegar através das configurações de segurança e privacidade do Facebook que estão constantemente mudando. No futuro, planejamos acrescentar perfis de segurança em outras redes sociais.

Como obter uma conta do Avast?

Novos registros do Avast Free Antivírus irão criar automaticamente uma conta do Avast e conectar o seu aparelho automaticamente. Visite https://my.avast.com ou clique em Conta na interface de usuário do Avast. O uso da conta para acessar outros serviços do Avast é completamente opcional.

Obs.: é muito útil conectar qualquer aparelho móvel que tenha o Avast Mobile Security instalado porque a conta permite o controle remoto do seu aparelho no caso de ele ser roubado. Estas funções de controle remoto ainda não foram implementadas aparelhos com Windows e Mac, por isso, se você não está interessado(a) no log de atividades ou outras informações, você não precisa obrigatoriamente conectar o seu aparelho com a sua conta do Avast.

Quando você conecta o seu aparelho, por favor, aguarde um tempo, pois temos uma grande quantidade de dados para processar e o estado do aparelho não é atualizado em tempo real. Pode levar cerca de meia hora até que o estado atual da segurança e as outras informações apareçam na página Aparelhos, por isso, verifique tudo um pouco mais tarde.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

Comments off

8, dezembro, 2014

Como atualizar o seu roteador ou trocá-lo por um mais seguro

É difícil de aceitar que fizemos uma compra ruim ou que um aparelho ficou obsoleto. Mas quando o assunto é segurança da sua rede doméstica, chegou a hora de enfrentar o assunto.

No mês de fevereiro, Craig Young, um pesquisador da empresa Tripwire, publicou uma pesquisa mostrando que 80% dos 25 roteadores WiFi mais vendidos na loja da Amazon para residências e pequenas empresas (em inglês, conhecidas pela sigla SOHO, small office/home office) tinham vulnerabilidades. Devido ao fato que alguns roteadores, de fato, têm muitos problemas (falhas não corrigidas por atualizações), a forma mais fácil de proteger a sua rede doméstica é trocar o roteador por um modelo seguro.

A sua rede WiFi não está segura

A sua rede WiFi não está segura

Como atualizar o seu roteador

Mas não vamos gastar dinheiro ainda. Somente quatro das vulnerabilidades da pesquisa eram completamente novas. A maioria foi atualizada nos modelos mais novos, por isso, você deve primeiro pesquisar se existem atualizações para o roteador (chamadas “atualizações de firmware”). Alguns fabricantes mais responsáveis lançam atualizações para o controle dos seus aparelhos e, se forem aplicadas, podem resolver todas (ou pelo menos algumas) das vulnerabilidades conhecidas.

Os roteadores não executam atualizações automáticas, por isso, o processo exige que o usuário baixe e instale manualmente as atualizações. O Avast 2015 inclui um escaneamento de Segurança da Rede Doméstica que pode ajudar você a descobrir o que é preciso fazer, explica o porquê e pode enviar você diretamente para o site do fabricante do roteador.

Abra a interface de usuário do Avast e clique em Escaneamento no menu à esquerda, escolha então Escanear ameaças de rede. O Avast irá procurar no seu roteador e informar qualquer problema. Na maioria dos casos, se houver um problema a ser corrigido, você será redirecionado para o site do fabricante do seu roteador.

Sim, há um ataque do Papai Noel ao roteador

Se você não está convencido de que os ataques ao roteador são algo a se preocupar, pense no ataque que houve no início deste ano. Os criminosos alteraram remotamente as configurações DNS de mais de 300.000 roteadores domésticos e de pequenas empresas (SOHO), comprometendo as vítimas.

Entre as várias vulnerabilidades ainda existentes, há uma que é muito comum. É chamada de ROM-0 e permite que o hacker obtenha facilmente o controle sobre todo o roteador e, consequentemente, sobre a sua conexão com a internet. Resumidamente, o hacker pode fazer uma requisição ROM-0 através do protocolo HTTP (isto é, http://192.168.1.1/ROM-0) e depois pode baixar todos os dados importantes e secretos armazenados no roteador: seu login e senha ADSL, senhas WiFi e basicamente todos os seus dados de configuração.

Como evitar que hackers baixem o seu arquivo de configuração ROM-0 e gerenciem remotamente o seu roteador?

É simples (se você está confortável diante de um computador, senão, peça a um técnico para ajudar você):

  • Redirecione a porta 80 no seu roteador para um endereço IP não utilizado em sua rede.
  • Entre nas configurações do seu roteador e vá para a página de “Redirecionamento de portas” (“Port forwarding”).
  • Envie todo o tráfego http de todos os protocolos para serem iniciados e terminados na porta 80 em um endereço IP não utilizado (algo como 192.168.0.xxx, onde xxx será um IP não utilizado).

Há guias gratuitos de “redirecionamento de portas” para muitos roteadores. Verifique o seu modelo aqui.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

Comments off

4, dezembro, 2014

Como habilitar a criptografia WiFi nas configurações do seu roteador

Intrometidos e bisbilhoteiros são o maior problema quando o assunto é segurança das redes WiFi domésticas. As pessoas perto de você, os vizinhos do apartamento ao lado, ou até mesmo o seu próprio governo, podem descobrir qualquer coisa na sua conexão pela internet. Seus dados pessoais, como senhas e credenciais de login, os números dos seus cartões de crédito, suas fotos e vídeos, tudo está em risco.

Sua rede WiFi não está segura

Sua rede WiFi não está segura

Escrevemos muito sobre como proteger as suas comunicações utilizando uma VPN. Resumindo: uma Rede Virtual Privada (em inglês, Virtual Private Network ou VPN), é um túnel criptografado onde os seus dados trafegam do seu computador até um servidor seguro na internet. O Avast SecureLine é uma VPN que você pode utilizar quando está fora de casa, em uma cafeteria, um hotel ou um aeroporto.

Torne segura a sua rede doméstica

Mas agora, é tempo de chamar a sua atenção para a segurança da sua rede doméstica. O seu roteador deve estar corretamente configurado para atingir o maior nível de proteção. Até que você proteja o seu roteador, você estará vulnerável a que as pessoas acessem as informações no seu computador, utilizem a sua internet sem pagar e até poderiam utilizar a sua rede para cometer crimes.

Há basicamente três níveis de segurança em um roteador doméstico. Estes níveis estão de acordo com os tipos de criptografia: WEP, WPA e WPA2. Estas estranhas siglas se referem aos diferentes protocolos de criptografia que protegem – de fato, criptografam – as informações que você manda e recebe através da rede sem fio.

O WEP (em inglês, Wired Equivalent Privacy) foi o primeiro protocolo utilizado no final dos anos 90. Não deveria continuar a ser utilizado hoje em dia já que constitui um considerável ponto fraco na segurança, pois é facilmente invadido até pelo mais inexperiente hacker. Por isso, a primeira providência a ser tomada é cair fora do WEP. O seu roteador deve ser bem antigo se você não puder fazer isto. Neste caso, pense seriamente em comprar um novo ou solicitar ao seu provedor de internet.

O WPA (em inglês, WiFi Protected Access) substituiu o WEP, mas rapidamente foi substituído pelo WPA2 que trouxe os últimos padrões de segurança, especialmente no que diz respeito à criptografia dos dados com AES (em inglês, Advanced Encryption Standard), um poderoso algoritmo de criptografia.

Utilizando o protocolo WPA ou, melhor, o WPA2, significa que quando qualquer aparelho tentar estabelecer uma conexão à sua rede sem fio, ele solicitará a digitação da chave ou senha de segurança para poder se conectar.

A maioria dos roteadores sem fio permitem que você escolha o protocolo WPA2 durante o processo de configuração. Infelizmente, o padrão em muitos deles ainda é o WEP ou pior, não utilizam nenhuma criptografia, o que significa que qualquer um pode se conectar à sua WiFi e utilizar a sua internet, além de poder ter acesso aos outros aparelhos da rede (impressora, discos de rede, etc.).

O que fazer em casa

O escaneamento da Segurança da Rede Doméstica do Avast encontra as vulnerabilidades.

O escaneamento da Segurança da Rede Doméstica do Avast encontra as vulnerabilidades.

Verifique se o roteador da sua rede WiFi (ou de outro ponto de acesso) dá suporte ao WPA2. Se for preciso, vá ao site do fabricante e procure pela última atualização do firmware, baixe-a e instale de acordo com as instruções. Utilize configurações compatíveis com o WPA2 settings em cada aparelho WiFi, escolhendo a criptografia WPA2 e as informações de autenticação corretas.

Embora a criptografia do seu tráfego não irá protegê-lo de ataques denial-of-service (DNS) ou de interferências em sua rede, ele irá garantir uma comunicação sem fio segura.

Além disso, troque a senha padrão. Utilize uma senha longa e forte, misturando números, letras e símbolos.

O Avast 2015 inclui um escâner chamado Segurança da Rede Doméstica que pode ajudar você a descobrir o que precisa ser feito, explicando o porquê e até levar você ao site do fabricante do roteador. Leia mais em nosso blog: a sua rede doméstica é alvo de ataques cibernéticos.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

Comments off