Dicas

Falhas de segurança? Não culpe o seu o computador. Culpe o seu roteador.

Lisandro Carmona de Souza, 24 Julho 2017

Por que mesmo com os seus computadores protegidos por antivírus, os cibercriminosos conseguem fazer vítimas? A resposta está no seu roteador.

Todos os que trabalham em segurança sabem que se algum ponto da rede é fraco, toda a segurança da rede pode ser comprometida. Os criadores de malware se aproveitam desde malwares que atuam diretamente nos roteadores até dos bugs e das falhas dos próprios roteadores. Todos os seus aparelhos que se conectam à internet dependem da segurança do seu roteador.

As redes zumbis, como aconteceu com a Mirai no ano passado, são uma realidade. Só para ter uma ideia, elas conseguiram derrubar os sites do Twitter, Spotify, Tumblr, Netflix, Amazon e Reddit, entre outros. A Avast também detectou o mesmo problema – falhas nos dispositivos IoT – durante o MWC em Barcelona. Você pode, sem querer, estar fazendo parte de uma delas. Passando pelo seus computadores, smartphones e aparelhos IoT, os cibercriminosos lançam seus ataques para derrubar sites (ataques DDoS).

As configurações do seu roteador são fundamentais

Para quem não sabe, o DNS (Domain Name System) é como a “lista telefônica” da internet, que traduz o nome dos sites em endereços IP. Se for atacado, você pode ir parar no lugar errado: um site falso que se parece muito com o verdadeiro. Nesse momento, roubo de dados (senhas, números de documentos e cartões de crédito, etc.) e desvio de pagamentos podem ocorrer.

Muitas vezes, o simples fato de trocar o usuário e senha padrão do roteador é suficiente para impedir que seja invadido por um hacker. Mas há muitos outros pontos – vários deles complicados – que podem ser a fonte do problema. Você vai precisar de uma ferramenta técnica especializada para descobrir se algo está errado. O Verificador de Wi-Fi da Avast, que está presente no Escaneamento Inteligente, verifica todos os pontos da sua rede e aponta se existem falhas de segurança no seu roteador, como aconteceu, por exemplo, nas recentes crises dos ransomwares WannaCry e Petna/Petya.

Para saber se o seu roteador tem alguma falha crítica e se a sua rede está em perigo, baixe o Avast - todas as versões, inclusive a gratuita possuem essa função - e execute o escaneamento do Verificador de Wi-Fi: abra o antivírus Avast, clique na aba “Proteção”, depois em “Verificador de Wi-Fi” e clique em “Escaneamento de rede”.

Se o escaneamento encontrar alguma falha crítica no seu computador ou em qualquer outro da sua rede (mesmo os computadores que não tenham o Avast instalado) e também no seu roteador, siga as instruções na tela para corrigir os problemas.

Que tal? Como está o seu roteador? Passou no teste?