Privacidade

Atualização de privacidade: etapas simples para recuperar sua privacidade do Facebook

Emma McGowan, 29 Março 2021

Recupere o controle da sua privacidade no Facebook com essas tarefas práticas diárias

A primeira semana da nossa Análise de Privacidade é sobre o Facebook. Quando se trata de coletar informações sobre pessoas, não existe nenhuma empresa de rede social que faça isso como eles. Embora não tenham inventado a rede social “gratuita” em troca de um modelo de dados, que todos conhecemos e (não) amamos, eles certamente a aperfeiçoaram nas últimas décadas. O Facebook coleta muitos dados dentro e fora da plataforma. Até se você não tiver uma conta.

Embora a empresa de rede social diga que “não vende” seus dados a anunciantes, isso não é realmente verdade. Embora não vendam informações de identificação pessoal, como nome ou conteúdo das suas publicações, eles vendem os dados agregados que reúnem sobre você. Essas informações podem ser mais reveladoras que apenas o seu nome, pois inclui tudo, desde seus gostos até impressões sobre o que você compra ou com quem conversa… Essa lista é grande.


Leia mais em: Controle suas redes sociais com nossa Análise de Privacidade


Para os anunciantes, seu perfil do Facebook é a melhor maneira de vender produtos e serviços a você. 

Se você se incomodar com o fato de o Facebook ter tantas informações a seu respeito, veja seis dicas simples que podem ser postas em prática nesta semana para recuperar um pouco da sua privacidade. Cada uma delas não deve demorar mais de cinco minutos para ser implementada (a maioria leva muito menos tempo). Prepara-se: é hora de iniciar a sua atualização de privacidade.

Segunda-feira: coloque cada etapa na sua agenda

Pronto! É só isso por hoje. Escolha um horário conveniente para todos os dias e coloque essa tarefa da semana na sua agenda. (Recomendamos o mesmo horário todos os dias, se possível, pois é fácil de se lembrar). Configure algum tipo de notificação, como pop-up no telefone. Essa ação simples ajudará a lembrar de executar cada uma das etapas nesta semana, por isso, não ignore!

Outra sugestão: coloque o texto completo de cada dica no evento da agenda. Assim, você não precisa pesquisar este artigo todos os dias. Basta clicar na notificação quando ela aparecer para ter tudo que precisa, imediatamente.

Terça-feira: revogue as permissões de apps e jogos

Se você for como a maioria das pessoas, já deve ter entrado em outros apps e sites com os dados de login do Facebook. Embora seja conveniente, isso também oferece acesso aos seus dados a esses sites e fornece mais informações ao Facebook sobre você. Da mesma forma, qualquer jogo que tenha jogado terá acesso aos seus dados até que o acesso seja revogado.

Para ver quais apps ainda estão conectados à sua conta, clique na seta no canto superior direito da tela. Um menu suspenso será mostrado. Clique em “Configurações” e depois “Aplicativos e sites”. Depois de entrar, você poderá revogar as permissões se clicar em “Remover” ou escolher os dados que os aplicativos e jogos autorizados podem ter acesso.

Quarta-feira: exclua as categorias usadas para direcionar anúncios a você

O Facebook coleta dados para vender aos anunciantes. Mas você sabia que pode decidir quais dados eles coletam? Essa é nossa etapa mais longa da semana e vamos dividir os anúncios em dois grupos. Mas, fique conosco porque vale a pena.

Na mesma área “Configurações”, clique em “Anúncios”. Outra tela aparecerá com informações sobre anunciantes que você viu, tópicos de anúncios que pode restringir e depois as “Configurações de anúncio”. Nesse último, é onde a mágica acontece.

Em “Categorias usadas para alcançar você”, você pode decidir quais dados os anunciantes usam para direcionar anúncios a você. Desligue “Empregador”, “Cargo”, “Educação” e “Status de relacionamento” e role para baixo até “Categorias de interesse”. Você pode escolher pela remoção de alguns ou todos os itens, o que tornará mais difícil ser um alvo para as empresas.

No entanto, não há um botão “Remover todos” (o que significa que isso pode demorar um pouco) e vale a pena notar que o Facebook diz explicitamente “Ainda poderemos exibir anúncios relacionados a essas categorias se acharmos que esses anúncios podem ser relevantes para você”. Legal. Não é muito confuso, certo?

Quinta-feira: termine de bloquear o direcionamento de anúncios

Hoje, vamos tratar das duas últimas seções de anúncio. “Publicidade baseada no público”, que é a próxima seção em anúncios e que determina quais anunciantes podem direcionar campanhas a você com base nas listas deles, já foi um incômodo, mas agora permite não aderir a todas as opções em um clique. 

Mas, claro, essa opção é um pouco difícil de localizar. Clique em “Gerenciamento de dados” no topo da lista e depois clique em “Eles fizeram upload ou usaram uma lista para alcançar você”. Depois, clique em “Não permitir” em ambas as seções. Um pop-up deve aparecer perguntando se quer fazer isso. Não tema e clique de novo para garantir que não seja um alvo.

Finalmente, acesse “Anúncios mostrados fora do Facebook” e mude para “Não permitido”. Isso faz com que os anunciantes não possam comprar anúncios que são direcionados com base nos seus dados do Facebook e que aparecem fora do Facebook. É confuso, mas faz parte do modelo.

Ufa! Agora você fez um grande trabalho por sua privacidade no Facebook. Embora não haja maneira de excluir as informações coletadas anteriormente, nem de impedir todos os anúncios, você tem a tranquilidade de que muito menos informações serão coletadas de você de agora em diante.

Sexta-feira: desative o reconhecimento facial

O Facebook usa tecnologia de reconhecimento facial* para sugerir que os amigos marquem uns aos outros. Embora não pareça que eles estejam usando esse recurso para fins nefastos, ainda, não há maneira de dizer que isso não possa ser feito com esse conjunto de dados no futuro. Então, hoje, acesse “Configurações” e clique em “Reconhecimento facial” na barra de ferramentas à esquerda. Clique em “Editar” e no menu suspenso para “Não”.

Sábado: desative o histórico de localização

O histórico de localização é uma dessas configurações que é muito mais assustadora do que o Facebook diz ser. Ele permite que o Facebook acompanhe e catalogue suas “localizações precisas” para “ajudar a explorar sua vizinhança” usando os serviços de localização no celular.

Se já desativou os serviços de localização no telefone, pule esta etapa. Caso contrário, acesse “Localização” na barra de ferramentas de configurações e depois em “Editar”. Em seguida, mude para “Desativado” no menu suspenso. Para excluir os dados já coletados, acesse “Histórico de localização” nas “Configurações” do seu celular e apague o histórico. 

Domingo: saber demais sobre a vida do seu melhor amigo da escola fundamental

Finalmente, no domingo, use o Facebook para o que é melhor: saber da vida das pessoas com quem não fala mais! Ou, você sabe, seja qual for sua atividade favorita do Facebook. Aproveite. Você merece. 

Na próxima segunda-feira, veja a parte 2 da atualização de privacidade: Instagram!


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.