Dicas

Faça você mesmo: aumente a velocidade da sua internet | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 13 Julho 2019

Sua internet é lenta? O que mais você pode fazer para diminuir o seu estresse esperando as páginas que não carregam? Como funcionam os planos de internet que contratamos?

Em alguns países do mundo, você paga pela quantidade de dados que usa via Wi-Fi e pela velocidade de transmissão desses dados. Não há uma solução mágica: o preço faz com que o uso seja regulado e haja menos trânsito na transmissão, isto é, mais velocidade.

Mesmo não havendo limite de transferência de dados (franquia) na banda larga brasileira, como a internet precisa estar acessível a todos, com o passar do tempo, temos uma velocidade cada vez mais lenta, pois mais e mais pessoas brigam por espaço (leia-se, por velocidade de conexão).

O que eu posso fazer?

1. Acompanhe o seu plano de internet

A velocidade tem de estar de acordo com a que foi contratada. Os planos ofertam megabits (Mb e não megabytes MB) e, portanto, um plano de 20 “megas” equivale a 2500 KBps (kilobytes por segundo), pois 1 byte equivale a 8 bits. Repare: o plano é sempre "oito vezes menor" do que você pensava.

Há vários sites e aplicativos que fazem este serviço, alguns são mais confiáveis do que outros, por exemplo, o SpeedTest. Siga as instruções de medição e reclame com a sua operadora se não estiver de acordo com o esperado.

2. Navegador rápido, internet rápida

A velocidade da sua navegação não depende apenas da conexão, mas também em como os dados são gerenciados pelo seu navegador. As propagandas também consomem banda e tomam tempo para serem mostradas na tela. Fique atento também à segurança e mantenha-o sempre atualizado.

Seja restritivo com as extensões que adicionar, não só pela velocidade, mas também para garantir a sua privacidade. O navegador de segurança da Avast pode lhe ajudar, pois verifica a segurança das extensões e também vem com um bloqueador nativo de propagandas invasivas.

3. Cuidado com a obsessão por limpeza

Os cachês (arquivos temporários) existem para que você possa reutilizar arquivos que já baixou. A limpeza obsessiva faz com que você esteja sempre começando do zero, o que é muito mais lento.

4. Abas utilizam menos memória do que janelas

Se você abre vários sites ao mesmo tempo, é melhor usar abas e não janelas diferentes. Isso faz com que haja um reaproveitamento dos recursos do computador. Logicamente, quanto mais abas estiverem abertas, maior será o consumo de recursos do computador, e mais lenta será a sua navegação.

5. Abra menos programas ao mesmo tempo

Não consuma os recursos do seu computador, feche os programas que não está utilizando. Como o antivírus não deve ser desativado nunca, pois você precisa de proteção automática e em tempo real, escolha um que não tenha um impacto significativo sobre o seu computador.

A presença de adwares e malwares também prejudica muito a sua navegação: eles pedem e enviam dados, consumindo sua banda e recursos do computador. Sem contar no roubo de dados financeiros e na sua privacidade. Escaneie o seu computador para se livrar dessas pragas.

6. Atualize os seus programas e o sistema operacional

Não só por razões de segurança, mas também por trazer novas funções que fazem os aplicativos evoluírem, mantê-los atualizados é a garantia de estar sempre utilizando a última tecnologia.

O próprio roteador deve ser atualizado para que seja capaz de processar a velocidade de internet que você comprou junto à operadora.

7. Cuide do sinal da sua Wi-Fi

Veja nossas dicas sobre como melhorar o seu sinal de Wi-Fi e a sua conexão. Quanto mais rápido a sua conexão responder aos pedidos dos aplicativos, mais rápido o conjunto funciona. Se a sua internet for lenta, saiba que todo o seu computador irá sofrer com isso.