Dicas

Como proteger automaticamente o seu smartphone de golpes pelo WhatsApp?

Lisandro Carmona de Souza, 13 Abril 2020

Por que milhares de pessoas caem em golpes vindos pelo WhatsApp? Existe como proteger automaticamente os nossos smartphones?

O WhatsApp, o mensageiro do Facebook, tem mais de 1,6 bilhão de usuários em todo o mundo. A gigantesca popularidade faz com que seja um dos alvos preferidos dos cibercriminosos.

statistic_id258749_most-popular-global-mobile-messaging-apps-2019Concorrente do WhatsApp, o Telegram tem "apenas" 200 milhões de usuários. Fonte: Statista

Algumas pessoas pensam que somente pessoas distraídas caem nesse tipo de golpes. O fato é que todos podemos nos distrair por um momento e clicar em um link de uma mensagem. Você não clica nos links que seus amigos lhe enviam?

Precisamos de uma proteção robusta e automática

Enviar links por e-mails e mensagens é uma tática muito antiga chamada phishing. Links levam suas vítimas a clicar nesses links que lhes levam até sites falsos, mas muito parecidos com os verdadeiros. Somente uma proteção automática irá impedir que elas digitem seus dados (email, senha, CPF...) e que eles sejam enviados para os cibercriminosos.

phishing-fake-vs-real-apple-site           Falso site de phishing                               Página verdadeira de login Apple ID

Felizmente, os antivírus Avast contam com o Módulo Internet que analisa todos os links que você abre no seu navegador. Ative-o nas configurações do Avast Mobile Security.

Proteção completa sem deixar lento o seu smartphone

Você pode estar se perguntando se isso vai deixar lento o seu telefone. De jeito nenhum, o trabalho lento e difícil é feito na nuvem e você conta com a qualidade da maior Comunidade internacional de sensores – são mais de 400 milhões – alimentando a nossa inteligência artificial, a CyberCapture. Você desfruta da mesma qualidade e velocidade de proteção antiphishing do Avast para Windows.

Já foi o tempo em que os criadores de malware faziam isso por desafio ou hobby. Atualmente, o malware é transformado em dinheiro quando:

  • As credenciais de login (e-mail e senha) são vendidas na darknet
  • Aplicativos e jogos maliciosos (ou desatualizados) permitem que cibercriminosos assumam o controle do seu smartphone e roubem seus logins (e-mail e senha), dados pessoais e bancários
  • Arquivos são sequestrados (criptografados) e cibercriminosos exigem o pagamento de um resgate: os ransomwares
  • Propagandas em sites redirecionam as pessoas para sites falsos (malvertising)

Como eles sabem que as pessoas não querem decorar senhas e usam a mesma senha em vários sites e serviços na internet, vender o par email/senha continua sendo muito lucrativo.

Deixe o Avast Mobile Security sempre habilitado e permaneça protegido contra um dos golpes mais comuns na internet brasileira. Quer saber sobre outros golpes e como se proteger? Saiba como evitar os principais golpes da internet no Brasil.

rawpixel.com