Dicas

Como melhorar a sua internet no seu smartphone | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 12 Fevereiro 2019

Velocidade e economia: se a gente pudesse ter as duas ao mesmo tempo! Veja algumas dicas de como melhorar a sua navegação móvel.

Enquanto a banda larga fixa é distribuída por cabos de fibra ótica, em nossos smartphones dependemos da qualidade do sinal das operadoras ou de uma rede Wi-Fi por perto para conseguir navegar bem. Se você quer saber qual a velocidade de uma rede Wi-Fi e, principalmente, se ela é segura, escaneie a rede antes de utilizá-la com o Avast Mobile Security.

O barato sai caro: usando qualquer Wi-Fi abre a porta para que você receba ainda mais propagandas, além do risco de os seus dados serem roubados e vendidos. Saiba como navegar com segurança usando um aplicativo VPN.

Se você vai depender do seu plano de dados, saiba que há coisas que (quase) não podemos fazer nada, por exemplo, a baixa qualidade da internet móvel na região onde moramos. O Brasil não fica bem na foto dos países com conexões rápidas, por isso, o melhor é você pesquisar antes de contratar um plano de telefonia.

Por isso, muitas vezes, melhorar a sua internet móvel é economizar o seu plano de dados. Especial cuidado precisam os usuários de planos pré-pagos ou de controle, bem como aqueles com um pacote de internet pequeno.

Dicas para você acelerar a internet do seu smartphone

1. Desinstale os aplicativos que você não usa: pode parecer óbvio, mas faz quanto tempo que você não revisa a lista dos seus aplicativos para evitar que os que não usa mais continuem a iniciar quando você liga o telefone, continuem a consumir sua bateria e plano de dados?

Também pode ajudar que você feche completamente os aplicativos em segundo plano e evite com isso sincronizações de dados desnecessárias. Quanto menos aplicativos estiverem conectar, mais velocidade você conseguirá. Lembre-se também de remover o excesso de widgets da sua tela inicial, pois eles estão sempre ativos no telefone.

2. Instale um aplicativo firewall: existem vários aplicativos gratuitos que controlam quem pode se conectar à internet via Wi-Fi ou dados. Vários deles usam uma VPN local e não exigem que o seu aparelho esteja roteado.

Se você estiver confortável com a política de privacidade dessas empresas, pode bloquear o acesso daqueles que não precisam de internet para funcionar e só usam sua banda para propagandas, como o NetGuard. Vários deles também oferecem o bloqueio dessas propagandas, o que economiza seu plano de dados, por exemplo, o AdClear ou o AdGuard.

Fica o alerta para você não usar aplicativos VPN gratuitos pois, os fabricantes precisam se financiar vender os seus dados de navegação para terceiros.

3. Use as opções de restrição do uso de dados nas configurações do seu aparelho: as últimas versões do Android oferecem opções para cortar o uso de dados, especialmente dos aplicativos que rodam em segundo plano, por exemplo, os aplicativos de clima, os das redes sociais, etc. Também existem aplicativos que cortam o uso de dados quando a tela está desligada, por exemplo, a função “Snooze” (Soneca) do AdClear.

4. Configure a Google Play para atualizar os aplicativos apenas por Wi-Fi: mesmo com as melhorias dos últimos anos – pois agora os aplicativos só baixam “pequenas” atualizações e não mais o “arquivo inteiro” – a atualização dos aplicativos é um dos principais vilões do consumo de dados. Configure a sua Loja para usar apenas o Wi-Fi durante a atualização (Google Play > Configurações > Atualizar apps automaticamente apenas por Wi-Fi). Evite instalá-los pela primeira vez através de dados, pois aí, todo o instalador precisa ser baixado.

5. Configure seus aplicativos para não baixar fotos e vídeos por dados: ao instalar um novo aplicativo, dedique alguns segundos para configurá-lo. Pense que ele pode funcionar o tempo todo, roubando a sua bateria e o seu plano de dados se você estiver continuamente baixando fotos, vídeos, atualizações e notificações. Concretamente, sugerimos que você revise as configurações do Whatsapp, do Facebook, do Twitter e do Snapchat.

6. Use as versões Lite dos aplicativos: além de poupar espaço, os aplicativos Lite (ou Light) usam menos recursos de sincronia, envio e recebimento de dados e, por isso, melhoram a sua navegação por dados.

7. Desative os aplicativos de “limpeza” de cache: sim, desative, muitos tutoriais na internet dão dicas que pioram ainda mais a velocidade da sua internet! Limpeza sim, compulsão por limpeza não. O cache pode ser o vilão do espaço do telefone, mas ele também evita que um arquivo seja baixado novamente, consumindo seu plano de dados.

8. Ative a função de economia de dados nos navegadores: no Chrome, por exemplo, vá para Configurações > Economia de dados. A economia não será grande, mas você pode experimentar que o navegador “simplifique” as páginas que estiverem demorando para carregar.

9. Economize! Evite fazer downloads, assistir vídeos, ouvir músicas e usar aplicativos mais pesados quando estiver conectado à uma rede 3G/4G. Dessa forma, sua internet móvel vai conseguir responder mensagens, checar redes sociais e fazer outras coisas mais urgentes. Cuidado com aplicativos que prometem “comprimir” a sua conexão, mas, na prática, monitoram tudo o que você faz no aparelho para vender seus dados para redes de propaganda.

10. Atualize o seu Android (se conseguir): sabemos que as fabricantes não têm sido rápidas nem constantes na atualização dos smartphones, mas, mesmo assim, há pessoas que não atualizam o seu e perdem o acesso às últimas correções de segurança e melhorias de estabilidade e desempenho. Obviamente, baixe tudo em Wi-Fi e não através do seu plano de dados.

11. Configure a sincronização de dados dos seus aplicativos e deixe no automático somente aqueles que realmente precisa receber notificações. Remova a sincronização dos aplicativos de clima ou das redes sociais e atualize somente quando abrir o aplicativo.

unsplash-logoAzat Satlykov