Segurança Cibernética

4 em cada 5 domicílios no Brasil estão sob risco de ataques cibernéticos

Andre Munhoz Pinto, 24 Novembro 2014

4 em cada 5 domicílios no Brasil estão sob risco de ataques cibernéticos

Uma recente pesquisa feita pela Avast aponta que 4 em cada 5 domicílios no Brasil que utilizam internet estão sob sérios riscos de sofrerem ataques cibernéticos. De acordo com o estudo, o maior vilão nesta história é o roteador doméstico utilizado pelos usuários de internet no Brasil.

Home Network_pt-br A imagem acima mostra como os seus dados podem ser desviados no caminho entre o seu roteador e um servidor

A Avast fez a pesquisa com mais de 18 mil domicílios no Brasil e constatou que mais da metade dos roteadores no país possuem configurações padrão de fábrica, facilitando o trabalho de hackers. Além disso, outros 30% de consumidores disseram que utilizam senhas de fácil acesso, como por exemplo: numeração de 1 a 8, endereço da casa, nome de família, etc.

“Roteadores inseguros criam um ponto de fácil acesso para os hackers atacarem milhões de redes domésticas no Brasil”, diz Vince Steckler, Chief Executive Officer da Avast. “Nossa pesquisa revelou que a vasta maioria dos roteadores caseiros no Brasil não são seguros. Se um roteador não está propriamente seguro, cibercriminosos podem facilmente ganhar acesso às informações pessoais de um indivíduo, incluindo informações financeiras, senhas, fotos e o histórico do navegador de internet”, explica Vince.

O problema ganha uma proporção ainda maior se considerarmos que o ataque ao roteador pode ser muito mais vantajoso do que a um computador em si. Primeiro porque, geralmente, há um grande número de dispositivos conectado ao roteador, ou seja, as chances de atingir o sucesso com um ataque desses são muito maiores do que trabalhar em um computador independente. Outra vantagem é o fato de que até o mês passado não existia nenhuma ferramenta especificamente criada para proteger o roteador, transformando este caminho em um atalho para crimes cibernéticos.

Pensando nisso, a Avast acaba de lançar a versão 2015 de seu antivírus trazendo como recurso padrão o Home Network Security, que criptografa os dados entre o roteador do usuário e o servidor da Avast, fazendo com que se torne impossível para qualquer hacker ter acesso a esses dados. E o melhor de tudo é que esta função está disponível para usuários do produto grátis.

Já o novo pacote de serviços pagos do Avast 2015 ainda inclui a proteção anti-sequestro de DNS que impede hackers de redirecioná-lo à uma página falsa que se parece com a original. Geralmente, as vítimas desse tipo de golpe acabam adicionando seus dados pessoais, número de cartão de crédito e contas e senhas de bancos sem saber que alguém consegue copiar essas informações para utilizá-las depois com o intuito de roubar a identidade e/ou o dinheiro do internauta ou mesmo para realizar espionagens.

O Avast 2015 foi oficialmente lançado no Brasil no dia 12 de novembro último e a nova versão já pode ser adquirida gratuitamente no site oficial da empresa.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.