Por que você deve atualizar seus softwares?

Emma McGowan, 22 de Abril de 2021 20h53min17s CEST
Emma McGowan, 22 de Abril de 2021 20h53min17s CEST

Atualizações de softwares são fundamentais não apenas para manter sua máquina em ordem, mas também para proteger você contra ataques cibernéticos. Confira três motivos para não ignorar atualizações de software.

Você liga seu computador para começar mais um dia de trabalho e se depara com uma notificação pedindo para atualizar um software. Ao lembrar daquela vez em que, inocentemente, clicou naquele botão que “roubou” uma hora da sua vida para fazer a instalação completa de um novo sistema operacional, agora você seleciona a opção “Lembrar-me mais tarde”.

E depois você clica novamente em “mais tarde”. 

E de novo.

E de novo.

Você continua clicando até que o lembrete pare de te atormentar. “Ufa!”, você pensa. Mas não é só porque o lembrete não está mais aparecendo que a atualização não precisa ser feita. Na verdade, essa pode ser a única coisa que separa você de um ataque cibernético.

Pois é, sinto muito por informar, mas há um bom motivo para a existência dessas atualizações. Elas são essenciais não apenas para fazer com que suas máquinas funcionem corretamente, mas também para te proteger contra ataques cibernéticos, malwares e outras vulnerabilidades de segurança. Aqui vão três motivos para que você nunca mais ignore nenhuma atualização de software.

1. Elas podem corrigir falhas nos softwares

Imagine que você está no fim de um longo projeto de trabalho e tudo começa a colapsar. Aterrorizante, não? É por isso que você não pode deixar de fazer as atualizações dos seus softwares. Se o seu computador ou outros dispositivos tiverem uma falha não corrigida com uma atualização, isso pode levar ao colapso de todo o sistema. 

Em um nível menos dramático, ignorar atualizações de aplicativos pode fazer com eles não funcionem direito ou falhem completamente. Mesmo que na maioria das vezes isso seja apenas algo irritante - e não uma catástrofe -, será que essa dor de cabeça vale a pena? Então atualize seus softwares, por favor!

2. As atualizações protegem contra malwares

Cibercriminosos trabalham dia e noite para encontrar falhas nos softwares mais usados. E você sabe o que eles fazem quando as encontram? Eles as exploram! 

Enquanto a infecção de alguns malwares - como phishing ou download de um arquivo - são feitas por meio de uma ação do usuário, outros tipos específicos exploram as fraquezas humanas, como o ódio por atualizações de softwares. Pode acreditar, a empresa que fez seu dispositivo tenta corrigir essas brechas de segurança a partir do momento em que as encontra para atualizar seu software.

3. Elas podem te proteger contra roubo de identidade

Uma das principais coisas que os cibercriminosos tentam fazer quando invadem um dispositivo é roubar informações pessoais. Não estamos falando apenas de números de cartões de crédito, mas também de informações fiscais, endereços, números de passaportes, licenças, etc. Coletivamente, armazenamos tantas informações pessoais na nuvem, que isso se tornou algo irresistível aos ladrões.

A atualização regular de seus softwares é uma forma rápida e fácil de se proteger contra roubo de identidade, o que é uma tarefa cada vez mais difícil nos dias de hoje. Isso vai proteger você completamente? Claro que não. Mas para que vacilar?

Sem dúvida nenhuma, “perder tempo” com uma atualização de software quando você deveria estar trabalhando é algo irritante. Mas acredite, sua irritação será maior se você não fizer essa atualização. Mesmo que não possa fazer isso pela manhã logo após receber a notificação, programe um lembrete para executar essa tarefa ao fim do dia, quando não tiver mais nada para fazer. Você não vai se arrepender.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.