Segurança para Mobiles

Usar antivírus em celular? Para quê? Certo?

Lisandro Carmona de Souza, 27 Junho 2018

Mesmo com as contínuas notícias sobre malwares circulando dentro da Google Play Store, usuários continuam achando que não precisam de segurança.

Faz alguns meses, falávamos do mito de que smartphones não precisam de um aplicativo de segurança (ou antivírus). Em nossas redes sociais, esse tipo de postagem sempre traz comentários do tipo: “não quer pegar vírus? Use Linux”, ou “antivírus deixa o celular lento”. Aproveitando essa onda, os cibercriminosos continuam fazendo a festa, dentro e fora da loja oficial da Google.

A gente vive avisando que malwares conseguem invadir a Google Play e que você precisa – e merece! – de uma proteção em tempo real.

Não caia nessa: não há Fortnite para Android!

O videogame mais popular de 2018 não está disponível para Android. Exatamente por isso, criadores de malware aproveitam a oportunidade para criar falsos Fortnite’s para Android. Existem até tutoriais no YouTube para baixar o aplicativo fora da Google Play.

Aqui um aplicativo de segurança pode fazer toda a diferença, pois o Google Protect não verifica em tempo real a instalação de aplicativos. Depois que você instalar o Avast Mobile Security, abra-o e faça a configuração do seu jeito. Na primeira vez que instalar um aplicativo, você será perguntado(a) se deseja que o Avast gerencie ou verifique as instalações. Responda “sim” e marque a opção “sempre”. Pronto! Agora você está protegido em tempo real pela camada de segurança extra do Avast.

Aplicativos infectados se infiltram na Google Play

Esta não é a primeira vez – e talvez não seja a última – que aplicativos infectados por malware passam através das barreiras de segurança da Google e se infiltram na loja oficial. Mais de 50.000 usuários foram enganados e instalaram um economizador de bateria chamado "Advanced Battery Saver" que alegava reduzir a tensão da bateria, aumentando sua vida útil e matando processos que usavam recursos desnecessários.

Aaron Inness e Yonathan Klijnsma, pesquisadores do RiskIQ, descobriram que o aplicativo recebia permissão para acessar dados confidenciais de logs, receber mensagens de texto (SMS) e acesso total à rede. Além de roubar esses dados e vendê-los na deepweb, o falso aplicativo mostrava anúncios que geravam uma receita extra para os criadores de malware, pois roubavam as informações dos números de telefone e IMEI, modelo, marca, localização e muito mais.

Se você instalou o aplicativo “Advanced Battery Saver” no seu dispositivo, remova-o imediatamente e execute uma verificação completa com o Avast Mobile Security.

Qual a sua conclusão?

Esperamos que você tenha refletido e opte por uma segurança em tempo real. Não precisa dar ouvidos aos que dizem que “isso vai deixar o seu smartphone lento”. Laboratórios de testes internacionais independentes mostram que há antivírus bons e sérios, que não reduzem o desempenho do seu dispositivo.

Veja também nossas 6 dicas para manter seguro o seu Android e não ser enganado por aplicativos falsos, mesmo dentro da Loja Google Play.

Baixe o Avast Mobile Security

unsplash-logoPathum Danthanarayana