Segurança Cibernética

Smartphones matam jovens enquanto dormiam | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 4 Outubro 2019

Nova rodada de notícias: explosão de celular e choque matam adolescentes; WhatsApp bloqueia 1,5 milhões de contas no Brasil; Mega e Pirate Bay são alvo de combate à pirataria.

A vítima mais recente foi Alua Abzalbek, 14 anos, que vivia em Bastobe, Cazaquistão. Ela foi dormir ouvindo música com o aparelho embaixo do travesseiro e carregando. O aparelho superaqueceu, explodiu e matou a adolescente. A marca e o modelo do smartphone ainda não foram divulgados.

NINTCHDBPICT000526686048NINTCHDBPICT000526686080Fotos: The Sun

Em outra tragédia nesta semana, Sastra Mo-in, um jovem de 25 anos da Tailândia, morreu eletrocutado depois de cair no sono jogando games online. Um dos dispositivos estava conectado à tomada: provavelmente uma sobrecarga nos cabos ou na tomada ocasionou o curto-circuito.  

19201278-7528571-image-a-23_1570016229947Videogamer é eletrocutado por smartphone sendo carregado. Foto: Viral Press (Mail Online)

Constantemente damos dicas para evitar acidentes com smartphones, mas ajude-nos a educar e conscientizar, especialmente, as crianças e os idosos:

  • Nunca durma com o celular embaixo dos lençóis ou travesseiros
  • Nunca utilize os fones de ouvido enquanto carrega o celular
  • Nunca use tomadas, cabos e carregadores de baixa qualidade
  • Nunca carregue o celular no banheiro nem o use em banheiras

WhatsApp excluiu 1,5 milhões de contas que espalhavam fake news no Brasil

Na luta por limpar a plataforma, estima-se que o WhatsApp removeu 1,5 milhões de contas no Brasil que usavam robôs, faziam disparos em massa de mensagens, disseminavam notícias falsas e usavam discursos de ódio desde as eleições presidenciais do ano passado. No mesmo período, 22 milhões de contas foram fechadas em todo o mundo

Todos os meses, no Brasil, 125 mil contas são banidas – temporária ou permanentemente – por uso indevido da plataforma. Saiba como identificar notícias falsas no WhatsApp.

Outra notícia do WhatsApp, é que ele deixará de funcionar no Windows Phone, no iOS 8 (2014) e no Android 2.3 Gingerbread (2010) em fevereiro de 2020. Vale a pena comprar um novo aparelho, mesmo que seja uma versão mais básica.

Operadoras conseguem na justiça o bloqueio do Mega.nz

O acesso ao serviço de armazenamento Mega – fundado em 2013 e sediado na Nova Zelândia – e outros serviços (Alfastream, Akugyash, Centrelinguistique, Oload, Verystream, Fembed, Ruvid, Clipwatching e Videoshare) foi bloqueado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) em ação movida supostamente pela Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA). As operadoras Claro, Vivo, Oi e Algar Telecom já impedem o acesso a esses sites através de bloqueio de IP ou via DNS. A TIM e a SKY ficaram de fora.

MegaO acesso ainda é possível por meio do aplicativo do Mega e, em alguns casos, através de uma VPN

O Mega é muito popular por ser gratuito e oferecer criptografia de ponta a ponta no armazenamento de dados. A empresa questiona a decisão e diz que respeita os direitos autorais.

Em ação semelhante contra a pirataria, o Facebook e o Messenger estão bloqueando o compartilhamento de links do Pirate Bay em sua plataforma:

496648

Não foi possível compartilhar sua mensagem porque esse link fere os Padrões da nossa Comunidade. Ainda é possível, no entanto, compartilhar conteúdo do Pirate Bay usando links de proxy, que não são detectados pela ferramenta da rede social.

Pirataria do Office vem com o Cavalo de Troia Emotet

O uso de software pirata pode vir com uma surpresa: vírus e malwares. Desta vez, um modelo infectado do Word que deveria ser usado para ativar o Microsoft Office foi o caminho usado pelos cibercriminosos para enganar as vítimas e levá-las a ativar o uso de macros e, em seguida, baixar e instalar o Cavalo de Troia Emotet.

O pesquisador de segurança ps66uk descobriu o malware que usa um modelo do Word que imita o Microsoft  Office Activation Wizard. Ele também é enviado como anexo à lista de contatos presente no computador.

office-activation-wizard-template

Modelo do Word imitando o Microsoft Office Activation Wizard. Foto: BleepingComputer

Desconfie de todo arquivo enviado por e-mail e mantenha um antivírus robusto sempre ligado e atualizado.

Cullan Smith