Dicas

Proteja-se, mas não abandone as extensões do seu navegador | Avast

Nilton Kleina, 1 Junho 2020

Recursos são úteis e variados, mas exigem cuidado para não se transformarem em dor de cabeça

Você usa muitas extensões no seu navegador? Pessoalmente, sou um grande fã desses programas, que são basicamente funções adicionais que ajudam nas tarefas que um browser normalmente não consegue realizar de forma nativa. Elas são parte da minha rotina na internet tanto durante o trabalho quanto em navegação casual: é muito cômodo acionar as mais variadas opções simplesmente clicando em um botão ao lado da barra de endereços.

Pois isso, entristece um pouco que, ao longo dos últimos anos, elas tenham caído em desuso, já que vários navegadores incorporaram algumas dessas funções por padrão em suas configurações. Entretanto, esse tipo de ferramenta adicional ainda é relevante, e atualizações para melhorar serviços já existentes e o lançamento de novos botões ocorrem com certa frequência.

São muitas as utilidades dessas ferramentas: algumas extensões melhoram a experiência de leitura e salvam textos para ler depois, permitem transferência de arquivos sem fio entre dispositivo, salvam imagens automaticamente e até criam anotações rápidas.

Riscos existem

Ao mesmo tempo em que fornecem facilidades e melhorias, as extensões estão sujeitas a riscos. E não se engane: apesar de simples, esses programas podem ser uma porta de entrada para invasões e crimes virtuais, afinal, para funcionar, exigem diferentes permissões de acesso concedidas pelo usuário, e isso pode ser explorado por aplicativos com más intenções.

Porém, em vez de abandoná-las de vez, o ideal é equilibrar o uso com a devida proteção. Assim como se deve tomar cuidado com o uso de conexões Wi-Fi abertas e públicas ou golpes de phishing cada vez mais elaborados, é preciso manter o olho aberto para não ser enganado também nesses casos.

05.2

Como usar extensões com segurança

  • Verifique a fonte da instalação: antes de baixar, consulte o endereço de origem do link e sempre dê preferência à loja oficial do navegador: é muito comum que extensões que não estejam nas lojas oficiais apresentem problemas de segurança e, por isso, são barradas
     
  • Leia comentários e análises: a opinião de quem já testou a ferramenta pode ser decisiva para descobrir eventuais fraudes
     
  • Cheque as permissões: no momento da instalação, certifique-se de que as autorizações solicitadas coincidem com a função da extensão. Um leitor de arquivos que deseja acessar câmera e microfone, por exemplo, deve ser considerado suspeito
     
  • Remova extensões que você não usa mais: a todo momento, vulnerabilidades são descobertas em alguns modelos de navegador ou atualizações transformam o que era uma ferramenta segura em uma ameaça. Mantenha no seu computador apenas aquelas que são essenciais

Proteção garantida

Não deixe de usar as extensões por eventuais problemas de segurança. Para contornar isso, uma alternativa é o Avast Secure Browser, um navegador com Central de Segurança e Privacidade. Basicamente, trata-se de um conjunto complexo de ferramentas que garantem uma navegação tranquila e protegida.

Um dos seus recursos é a Proteção de Extensão, que já vem ativada por padrão e impede que complementos sejam instalados no seu navegador sem o seu consentimento. Ele coloca na prática e de forma automática todas as dicas e explicações que demos. Ficou interessado? Então clique aqui para fazer o download e proteger ainda mais o seu dia a dia na internet.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.