Segurança Cibernética

Novas falhas exigem atualizações de segurança | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 12 Março 2019

O mantra dos especialistas de segurança continua válido: atualize, atualize, atualize.

Falta segurança no Android? De quem é a culpa?

Muita gente pensa que não é preciso ou que não vale a pena atualizar o sistema operacional do seu smartphone. Outros, que sabem que isso é importante, esbarram no descaso das fabricantes que não atualizam seus aparelhos, esperando que os usuários comprem novos modelos. O Google exige dois anos de atualizações de segurança e quatro atualizações por ano.

Há algumas semanas, informamos sobre a falha de segurança que permite ataques e roubo de informações pessoais por meio de arquivos de imagem PNG, que você pode receber por email e mensagens. O Google lançou uma atualização de segurança em fevereiro e passou a bola para as fabricantes.

Atualizações de segurança são cruciais para a proteção dos dados porque continuamente surgem novos problemas e desafios. No momento, a única solução parece ser protestar e não comprar das empresas que não atualizam seus smartphones. Em qual você confia?

De qualquer forma, é bom saber também que alguns dos ataques podem ser bloqueados por um aplicativo de segurança robusto.

Apareceu o malware ExSpectre quando você menos esperava

Em 2018, o mundo se surpreendeu com as falhas Meltdown e Specter que afetavam a grande maioria dos chips de processamento no mundo. As falhas nos chips permitiram que cibercriminosos acessassem partes da memória antes que elas fossem apagadas.

Avast_blog_meltdown_and_spectreAs falhas de segurança Meltdown e a Spectre afetam o Windows, o Mac, o Linux, o Android e o iOS

Agora, conforme as previsões iniciais que alguns achavam exageradas, acadêmicos da University of Colorado Boulder descobriram que além de roubar dados, essa execução especulativa pode ocultar malware, que foi chamado de ExSpectre. Várias ações de mitigação do problema foram tomadas pelas empresas desenvolvedoras dos sistemas operacionais e navegadores (Apple, Microsoft e distribuições Linux).

A infraestrutura da internet sob ataque

A ICANN informou que as principais estruturas da internet estão sob ataque há alguns meses. Alguns deles alteram os nomes de domínio por outros que estão comprometidos. A função Real Site ajuda a bloquear alguns desses ataques.

jordan-harrison-1208586-unsplashO DNS (Sistema de Nomes de Domínio) é o catálogo telefônico da internet que permite que um usuário digite o nome de um site em vez de uma série de números

Comprometer o DNS permite ataques que sequestram o tráfego da internet e o enviam para endereços IP mal-intencionados (ataques MITM). Infelizmente, apenas 20% dos domínios incluem uma assinatura digital que revela se o tráfego foi comprometido. Especialistas em cibersegurança dizem ter evidências de que os ataques são originários do Irã e pretendem derrubar toda a internet.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.