Segurança Cibernética

Milhões de empresas falsas podem estar no Google Maps | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 24 Junho 2019

Ao fazer compras em sites, não adianta ver se a loja existe no Google Maps, pois ela pode ser falsa. E mais: Windows 10 vai forçar atualização de versões. Falhas críticas na câmera Google Nest e no navegador Firefox.

Não se sabe quantas pessoas podem ter sido vítimas de cibercriminosos que criam falsas empresas no Google Maps. Por que alguém faria isso? Algumas hipóteses poderiam ser dar a sensação de legalidade em um site com um mapa ou mesmo desviar clientes de possíveis (e reais) concorrentes ou simplesmente pequenas empresas que abriram e fecharam.

Uma investigação do The Wall Street Journal diz haver descoberto 11 milhões de empresas falsas no Google Maps. O Google reconheceu o problema e informou que estava estudando a forma de remover esses locais, mas disse que apenas 0,5% seriam falsos.

A empresa informou que removeu 3 milhões de falsos perfis comerciais em 2018, sendo que 85% deles locais haviam sido removidos antes mesmo de aparecerem nas pesquisas. Outros 250 mil teriam sido removidos após denúncias dos usuários. De qualquer forma, testes do The Wall Street Journal mostraram que esses locais falsos aparecem no topo das pesquisas por produtos e serviços em um bairro ou região.

Windows 10 será atualizado quando a versão deixar de ser suportada

Recentemente, o Windows ganhou algumas funções para adiar a instalação de novas funções ou o reinício do computador. Agora, a Microsoft informou que, por razões de segurança, irá forçar o Windows 10 a instalar atualizações quando as antigas versões estiverem para deixar de receber suporte, como é o caso da versão 1803 que expira em 12 de novembro de 2019.

tadas-sar-717999-unsplash-1A partir do final deste mês, o Windows 10 1803 será atualizado provavelmente sem que o usuário possa impedir ou adiar a instalação (mesmo que tenha marcado essa opção nas configurações). Ainda não está claro o que acontecerá se um programa ou driver incompatível for detectado, ou se algum problema impedir a instalação completa da nova versão. Por via das dúvidas, se você usa essa versão do Windows, faça um backup completo dos seus arquivos.

Você alugou ou comprou um imóvel que já tinha uma câmera de segurança?

O Google informou que atualizou automaticamente sua câmera Nest porque uma falha de segurança permitia que os antigos proprietários visualizassem as imagens gravadas pelos novos inquilinos ou proprietários, sem que nada fosse notado.

webcam_hackNão deixa de ser preocupante que falhas como essa voltem a acontecer. Relatos de invasão do quarto dos filhos e a descoberta a presença de um microfone oculto dentro das câmeras Nest sem nenhuma menção na documentação ou no site do dispositivo do Google estão preocupando os usuários.

Falha no navegador Firefox: atualize imediatamente

A Mozilla lançou atualizações na semana passada para corrigir falhas críticas de segurança que permitem a execução remota de código JavaScript sem a permissão do usuário. Uma das falhas fecha forçadamente o navegador que pode ser então controlado remotamente. A empresa informou que já detectou ataques reais aos usuários.

markus-spiske-1424793-unsplashMineração e roubo de criptomoedas estão envolvidos nos ataques que atingem usuários Windows, Mac e Linux. Ainda que o padrão do Firefox é se atualizar automaticamente, sugerimos que você verifique o seu: Menu > Ajuda > Sobre e, depois, instale a atualização se estiver disponível.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

henry perks Tadas Sar Markus Spiske