Dicas

7 medidas para identificar um golpe de cartão eletrônico

Emma McGowan 7 dez 2021

Escape de cartões fraudulentos para aproveitar a troca de felicitações ao máximo

Com a temporada de festas começando, você vai receber cartões eletrônicos. Mais baratos, animados e fáceis de enviar do que um cartão de papel, muitas pessoas adotaram os cartões eletrônicos no lugar dos tradicionais cartões de fim de ano. Mas diferentemente dos cartões enviados por correio normal, os eletrônicos trazem um risco.

Sim, é irritante, mas agentes maliciosos se aproveitam do clima de festas para utilizar cartões eletrônicos como método de entrega de malwares. Isso significa que o clique em um cartão aparentemente amigável pode baixar um vírus, roubar informações pessoais, transformar seu e-mail em uma máquina de spam ou até mesmo tomar controle total do seu computador.

Mas felizmente há formas de se proteger contra golpes do cartão eletrônico. Confira essas sete medidas para se proteger ao abrir um cartão eletrônico.

1. Verifique quem é o remetente

Vamos começar do zero: quem é o remetente? Se você não reconhece o nome ou o cartão foi enviado de um endereço genérico, como “webmaster@hallmark.com”, não abra. Não há nenhum motivo para que uma loja famosa ou alguém que você não conhece envie um cartão eletrônico para você. O mesmo vale para um “amigo” ou “admirador secreto”. Não estamos mais no jardim de infância. Adultos não fazem isso. 

2. Fale com o remetente

Se você reconhece o nome do remetente, pergunte diretamente para a pessoa se ela enviou o cartão. Mande um e-mail ou uma mensagem de texto dizendo algo como: “Oi, acabei de receber esse cartão eletrônico. Antes de abrir, gostaria de confirmar se foi você mesmo que o enviou”. Essa é uma forma fácil e eficaz de se proteger. 

Talvez o seu conhecido tenha sido vítima de um golpe que envolve o envio de spams aos contatos de e-mails infectados. Então fazer essa checagem com seu amigo ou parente não protege apenas você, mas também pode alertá-los sobre o que aconteceu, virtualmente protegendo todo mundo que você conhece.

3. Verifique para quem o cartão é endereçado

Se o cartão for endereçado a um destinatário genérico, como “Amigo” ou “Cliente”, não abra a mensagem e nem clique em nenhum link ou faça download. É sério! Isso só revela a preguiça do golpista!

4. Busque no Google

Se você não está seguro a respeito de uma mensagem, pesquise o nome da empresa do cartão eletrônico junto com a palavra “scam” ou “golpe” e veja o que o resultado da busca apresenta. Se for algo fraudulento, há boas chances de que outras pessoas já tenham reportado o problema.

5. Não pense que um logotipo torna tudo legítimo

Cibercriminosos podem ser bem espertos, sem contar que não é nada difícil colar um logotipo ou um endereço de e-mail em algo para dar uma aparência legítima a isso. Mesmo que seja uma boa ideia procurar por esses sinais para atestar a legitimidade de alguma coisa, sua presença não basta para validar o cartão eletrônico.

6. Procure por um código de confirmação

Cartões eletrônicos de empresas legítimas acompanham um código de confirmação e uma forma de acessar o cartão no seu site. Mas não clique em nenhum link do e-mail. É melhor digitar o endereço da empresa na barra do navegador. 

E se não houver um código de confirmação na mensagem? Sinal de alerta de que o cartão pode ser um golpe.

7. Não baixe nada que contenha um arquivo “.exe”.

Geralmente é bom evitar o download de qualquer coisa no cartão eletrônico de um e-mail (siga a medida número 6 e vá diretamente ao site da empresa), mas seja ainda mais cauteloso(a) quando se tratar de um arquivo “.exe”. Isso significa que a mensagem tem um arquivo executável, que é a forma mais comum de instalação de softwares. Não há razão nenhuma para um cartão eletrônico instalar algo no seu computador.

Sabemos que é um pouco cansativo, mas vale a pena proteger a você mesmo(a) e as pessoas próximas contra golpes do cartão eletrônico nesse fim de ano. Mantenha-se informado para ficar mais seguro, e tenha boas festas. 


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.