Dicas

Como melhorar o seu sinal de Wi-Fi

Sandro Villinger, 17 Fevereiro 2021

Com os estudantes se preparando para uma educação à distância e profissionais das mais diversas áreas trabalhando remotamente, saiba como melhorar sua Wi-Fi e conseguir a melhor largura de banda

Vivemos um momento histórico. Toda a raça humana está unida e continua em sua  luta contra uma pandemia global. Neste caminho, estamos aprendendo coisas sobre epidemiologia, infraestrutura do sistema de saúde, adaptabilidade e natureza humana. E mesmo que todo mundo mereça respeito por enfrentar esses tempos loucos com graça e equilíbrio, vamos tirar um tempinho para falar sobre o grande herói oculto deste momento: nossas redes Wi-Fi. 

Nesta pandemia, muitos tiveram que adotar rotinas diferentes. Enquanto transformamos salas de estar em home office, nossos filhos participam de aulas à distância trancados em seus quartos. Com as redes domésticas possibilitando reuniões virtuais de trabalho, sessões educativas no Zoom, streaming de conteúdo e até mesmo o uso tradicional da internet, a largura de banda de nossas casas está sendo testada como nunca antes. Tenho ouvido muitas reclamações de amigos e parentes por conta disso. Eles dizem que a internet em suas casas está muito lenta, que a conexão cai o tempo todo e que uploads e downloads de arquivos nunca demoraram tanto. 

Todos querem tirar o máximo de suas redes domésticas, principalmente em tempos como esse. Então confira essas dicas para acelerar a conexão Wi-Fi e navegue pelas ondas cibernéticas sem grandes problemas. 

  1. Teste a velocidade da sua internet. Essa é a primeira coisa a fazer para descobrir como anda o estado da sua conexão. Vá até www.speedtest.net, faça o teste de velocidade e veja se resultado está de acordo com o plano contratado. Se houver uma grande diferença, ligue para o seu provedor e confirme se as informações estão corretas.


  2. Fique mais próximo do roteador Wi-Fi. A distância (e paredes) entre seu notebook e o roteador faz uma grande diferença. Quanto mais longe estiver do sinal Wi-Fi, mais lenta será a conexão e possíveis quedas serão mais prováveis. Aproxime-se do aparelho para melhorar a velocidade. Alguns aplicativos podem criar um mapa de alcance Wi-Fi* da sua casa para mostrar onde o sinal é mais forte.

  3. Considere a adoção de uma rede mesh. Hoje mais e mais consumidores estão investindo em redes mesh. Elas consistem em um conjunto de módulos Wi-Fi espalhados pela casa que trabalham em conjunto de forma dinâmica para criar uma rede forte e robusta. Redes mesh oferecem ótimas velocidades quando são configuradas corretamente e eliminam pontos mortos de Wi-Fi. Pesquise pelas melhores redes mesh* e escolha aquela que atenda melhor suas necessidades.

  4. Verifique quantos aplicativos online estão ligados. Com muitas pessoas trabalhando de casa e estudantes participando de aulas à distância, as chances são de que a rede doméstica esteja sobrecarregada. Para descobrir o que está consumindo a largura da rede, o melhor lugar a se começar é pelo roteador. Entre no seu roteador* e verifique suas configurações. Alguns roteadores oferecem uma lista de todos os dispositivos conectados e mostram o que foi baixado ou carregado. Se você não encontrar nenhuma configuração ou gráfico, talvez tenha que investigar manualmente. Clique com o botão direito do mouse na barra de tarefas do Windows, selecione Gerenciador de tarefas e clique em Rede. Agora você pode ver o que está causando todo esse tráfego.


Você também pode usar um ótimo utilitário chamado GlassWire*, que oferece uma visão geral dos programas utilizados que carregam e fazem download de dados constantemente. 

Para mais dicas, confira nosso artigo sobre como aumentar a velocidade da sua internet, que traz detalhes sobre a atualização do firmware de roteadores e drivers. Estamos enfrentando todos juntos esse momento difícil. Vamos continuar confiantes, gentis e com sinais Wi-Fi fortes.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.