Dicas

Faça algo por sua privacidade: reduza as permissões dos aplicativos e use um gerenciador de senhas

Lisandro Carmona de Souza, 28 Junho 2017

Para muitos a privacidade na internet é impossível. Para mim, sempre é possível minimizar a exposição (e os riscos) com bom senso e mãos na massa. Vai encarar?

Quando pensamos na privacidade na internet, imediatamente lembramos dos nossos vídeos e fotos nas redes sociais. Talvez porque parece que somos nós que tomamos a iniciativa: nós postamos, nós compartilhamos. Quanto mais ativos somos, maior o risco de cometermos um erro e de publicarmos o que deveria ser mantido privado.

Também nos vem à cabeça os vazamentos de dados e as invasões de sites. Mesmo que não tenhamos o que esconder, ninguém gostaria de ver suas fotos privadas disponíveis na internet, muito menos as fotos dos nossos filhos: no futuro, quem sabe onde irão parar e quais as consequências de serem utilizadas por criminosos.

O que acontece por baixo do pano?

Em mundo 100% conectado, o que acontece quando a tela dos nossos smartphones está desligada é tão ou mais importante do que pensamos. Como todo mundo, achamos mais fácil entrar em um site ou serviço utilizando as credenciais das nossas redes sociais. É fácil. É conveniente. Mas aí começa o perigo...

São os aplicativos os principais vilões na perda da nossa privacidade. Mas os culpados somos nós. A preguiça de usar um gerenciador de senhas, com uma senha diferente para cada site, nos leva a juntar tudo em baixo do mesmo guarda-chuva.

Os aplicativos deveriam apenas “usar” as credenciais das nossas redes sociais. Na prática, ganham acesso a todos os nossos contatos, localização, postagens... Todos os nossos dados pessoais formam uma grande massa que nos identifica e aí, adeus privacidade. Propaganda direcionada é a coisa mais ingênua que acontece. O seu aplicativo de fitness pode aumentar o preço do seu seguro saúde.

A privacidade possível

Vença a preguiça e coloque mãos à massa. Entre em suas principais contas sociais, revise um por um os aplicativos que usam suas redes sociais. Desative as opções de acesso aos seus contatos (quando não é necessário para o aplicativo), à sua localização aproximada (por que os aplicativos têm que saber onde você esteve?) e às suas postagens:

Para fazer login em um serviço ou site você não precisa conceder todas as permissões: basta o acesso básico! Depois, perca o medo de começar a utilizar já um gerenciador de senhas gratuito que faça login com segurança e automaticamente nos sites e serviços que você utiliza. É fácil! Funciona em Windows, Mac e Android.

Kristina Flour