Segurança Cibernética

Criança engole bateria como se fosse um doce e vai parar na UTI | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 8 Janeiro 2020

Decida se chegou ou não a hora de dar um brinquedo eletrônico a seus filhos

O caso não é isolado, cerca de 2.500 crianças engolem pequenas baterias todos os anos nos Estados Unidos. O ácido liberado pelos componentes químicos produz queimaduras e dor lancinante.

_110284648_de51Sophie Skill passou por cirurgia e ficou na UTI por várias semanas. Foto: BBC

Especialistas recomendam muito cuidado ao deixar crianças manipularem fones de ouvido, monitores de atividade física, bichinhos de pelúcia e ioiôs iluminados, pois se as baterias do tipo “botão” forem ingeridas, podem causar queimaduras e asfixia. Também recomenda-se manter as baterias sobressalentes e as usadas fora do alcance das crianças.

Falha no Twitter revela o número do seu telefone

Ao utilizar a ferramenta de sincronização de contatos do Twitter, o pesquisador de segurança Ibrahim Balic* descobriu a correlação entre os perfis da rede social e o número de telefone de 17 milhões de usuários, celebridades e políticos de vários países como Israel, Turquia, Irã, Grécia, Armênia, França, Alemanha, entre outros.

As falhas de segurança e privacidade mais recentes incluíram o envio de dados de localização a empresas parceiras e o uso dos números de telefone cadastrados para a autenticação de dois fatores em anúncios direcionados. Outra falha recente permitia que cibercriminosos controlassem a conta e tivessem acesso aos dados de localização e tuítes protegidos.

Alguns desses problemas já foram corrigidos: mantenha sempre atualizados os seus aplicativos.

Falha aparentemente inconsertável no Dropbox

Pesquisadores do Decoder* descobriram uma falha no software de atualização do Dropbox para Windows e a Acros Security – desenvolvedora do 0Patch, um software que fornece atualizações não-oficiais para outros aplicativos – resolveu liberar uma correção que bloqueia a gravação do arquivo de log do Dropbox.

Dessa forma, sem afetar o aplicativo ou as suas atualizações, um usuário não cairia vítima de cibercriminosos que podem assumir o controle do computador, sobrescrevendo arquivos na pasta System do Windows. Em princípio, a falha também pode afetar o instalador do Dropbox e atingir usuários de outras plataformas.

O ataque requer acesso físico ao seu computador, mas isso pode ser contornado por malwares que obtém ilicitamente privilégios de administrador. Por isso, recomenda-se o uso de um antivírus robusto como prevenção.

Brasileiros estão entre as vítimas de hackers chineses

rsa-passcodeSegundo os pesquisadores da Fox-IT*, o grupo APT20 de hackers chineses – que opera em nome do governo da China – descobriu uma forma de enganar a autenticação de dois fatores (2FA). Ainda não se sabe* como eles burlaram a necessidade da presença física do hardware gerador de tokens (RSA SecurID).

As vítimas seriam os setores de energia, assistência médica e alta tecnologia do Brasil, China, França, Alemanha, Itália, México, Portugal, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos. Depois de invadir as redes Wi-Fi, os hackers começam a coleta de dados confidenciais dos dispositivos conectados.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.

Dragos Gontariu