PME Empresas

Como proteger melhor os dados, os dispositivos e as pessoas contra ataques cibernéticos

Greg Mosher, 4 Janeiro 2018

Aprenda os elementos-chave que precisam estar seguros em sua empresa ou seu home-office.

A cibersegurança não é uma solução única, especialmente para PMEs (pequenas e médias empresas) que precisam de soluções dinâmicas e flexíveis que possam identificar as ameaças mais vulneráveis e se adaptar às tendências em evolução do cibercrime. Alguns gestores de TI já perceberam essa crescente necessidade e implementam soluções que trazem enormes benefícios para o negócio dos seus clientes.

Então, como você oferece a segurança gerenciada mais efetiva possível? O segredo é assegurar uma proteção completa em três componentes principais: dados, dispositivos e pessoas. Usar o software certo é fundamental, mas precisa ser equilibrado com processos apropriados e uma cultura de segurança cibernética em que os funcionários estão informados e vigilantes. Abaixo está uma visão geral das principais ferramentas e táticas para uma segurança efetiva.

Protegendo dados

Gerenciar e proteger dados não é apenas uma questão da empresa. Se esses dados são armazenados na nuvem, em servidores de terceiros ou em dispositivos, é importante ter a proteção local adequada e, em caso de desastre ou ataque cibernético, ter mecanismos de recuperação. Aqui estão algumas ferramentas e melhores práticas para proteger os dados dos seus clientes:

  • Filtragem de conteúdo
  • Criptografia de e-mail
  • Prevenção de perda de dados
  • Backup e recuperação de desastres

Protegendo dispositivos

O crescente número de dispositivos trazidos pelos usuários oferece novas portas de entrada para os ciberataques. É preciso um contínuo monitoramento e uma proteção robusta para esses dispositivos. Os métodos mais eficazes para manter um dispositivo seguro são os seguintes:

  • Antivírus
  • Gerenciamento de atualizações
  • Varredura frequente de vulnerabilidades
  • Endurecimento da web

Protegendo pessoas

É certo que esse componente é o mais difícil de controlar, mas é absolutamente vital, pois 37% das falhas de segurança podem ser atribuídas a erros humanos. Criar uma cultura de segurança cibernética é essencial para que todos entendam que desempenham um papel na segurança da empresa. Isso começa com:

  • Autenticação segura
  • Trabalho remoto seguro
  • Definição de processos e políticas de segurança
  • Fornecer conscientização e treinamento de segurança