Dicas

Como efetuar pagamentos online seguros

André Luiz Dias Gonçalves, 18 Junho 2020

Comprar pela internet pode trazer vários riscos, mas, com alguns cuidados, é possível se proteger

Fazer compras online traz inúmeras facilidades, principalmente para quem não dispõe de tempo para encarar o trânsito ou quer evitar filas e aglomerações nas lojas físicas. Além disso, você consegue pesquisar os melhores preços e encontrar o produto desejado com muito mais rapidez.

No entanto, toda essa praticidade tem um preço, se pensarmos em privacidade. Afinal, os seus dados precisam ser informados ao comprar pela internet e correm o risco de serem expostos — e, consequentemente, usados sem a garantia de proteção.

Uma das informações mais sensíveis e que podem ser roubadas durante as compras online é o número do cartão de crédito. Como se trata da forma de pagamento geralmente mais utilizada na web — uma vez que,pela rapidez no reconhecimento da transação, o prazo de entrega do produto —, esses dados estão sempre circulando na rede e atraindo a atenção dos cibercriminosos.

Perigos ao usar o cartão em compras na internet

Ao digitar o número do cartão e outras informações contidas nele durante o pagamento em uma compra online, como a validade e o código de verificação (CVV), existe a possibilidade de que esses dados sejam copiados por cibercriminosos, principalmente se o acesso for realizado em um site vulnerável.

Caso isso aconteça, provavelmente o comprador terá o cartão clonado sem perceber, e os criminosos o utilizarão para fazer compras em seu nome. O verdadeiro dono do cartão só vai tomar conhecimento disso quando a fatura chegar, apresentando as transações não reconhecidas, ao conferir o extrato ou se começar a receber os avisos no celular, se tiver esse tipo de serviço cadastrado.

16.2Digitar seus dados nas compras online nem sempre é seguro. (Fonte: Shuttertock)

Depois de descobrir que teve os dados roubados, o usuário precisa entrar em contato com o banco ou a administradora do cartão imediatamente, para informar que não fez aquelas compras e solicitar o cancelamento de todas. Esse processo pode ser demorado e dar algum trabalho, dependendo da quantidade de vezes em que o golpista usar o modelo fraudado.

Além disso, o cartão clonado terá que ser cancelado, para evitar novas compras indevidas. Ou seja, o verdadeiro proprietário ficará alguns dias sem conseguir usar o seu cartão até a chegada do novo, contendo número e CVV diferentes do anterior.

Como os dados podem ser roubados

Há diversas estratégias utilizadas pelos criminosos virtuais para roubar dados de cartões de crédito. Uma das mais comuns é o phishing, que direciona o comprador a uma página falsa, normalmente com layout bastante parecido ao da verdadeira. Ao digitar as informações ali, elas são gravadas pelos golpistas e podem ser utilizadas imediatamente.

Nesses sites falsos, também é possível que os hackers tenham acesso aos dados da conta bancária, induzindo o comprador a fazer transferências para as contas deles, em caso de opção por essa forma de pagamento. Além dos dados roubados, a vítima do golpe ficará sem receber a compra que acredita ter sido feita.

Outra técnica utilizada é a instalação de keyloggers nos dispositivos do usuário. Esse programa do tipo spyware possui a capacidade de gravar tudo o que o internauta digita no teclado em situações específicas, como ao entrar em um site de banco ou de compras. Após registrar números de cartões, CVVs e senhas, ele envia as informações ao criminoso.

Também existe a possibilidade da ação de outros tipos de malwares infiltrados no computador ou no celular da vítima, a fim de capturar as informações, e de que ocorram ataques aos sistemas de lojas online, vazando os dados dos clientes. Nesse último caso, o usuário comum não tem nenhuma culpa.

O que fazer para se proteger

Além de escolher um meio de pagamento mais seguro, como o cartão virtual e as carteiras digitais, há outras dicas para evitar ter os dados roubados em compras online. A Avast recomenda:

  • não fazer compras usando conexões públicas;
  • verificar se o site é seguro, trazendo o ícone do cadeado na barra de endereço do navegador;
  • pesquisar a reputação da loja;
  • não divulgar a senha do seu cartão de crédito nas transações online;
  • não clicar em links de compras enviados por e-mail e desconhecidos.

Por fim, não se esqueça de manter um antivírus atualizado e de boa qualidade em seu dispositivo, como o Avast Premium Security, disponível para download aqui. Ele detecta e bloqueia diferentes tipos de malwares, evitando tentativas de ataque e roubo de dados e mantendo suas compras e navegação muito mais seguras.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.