Dicas

Aplicativo oficial da Caixa permite cadastro para receber auxílio emergencial | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 7 Abril 2020

Saiba baixar e se cadastrar para receber o coronavoucher: auxílio econômico para reduzir o impacto da crise do Coronavírus

Trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados poderão baixar o aplicativo oficial da Caixa Econômica Federal para se cadastrar e receber o auxílio emergencial do governo federal de R$ 600,00, conhecido como coronavoucher.

Auxilio_EmergencialAplicativo oficial da Caixa para receber o Coronavoucher

O objetivo é reduzir os efeitos da crise provocada pelo Coronavírus. As condições para receber o auxílio são:

  • Ter mais do que 18 anos
  • Não estar formalmente empregado (carteira assinada), nem ser agente público ou estar em cargo comissionado
  • Não receber outros benefícios previdenciários, seguro-desemprego nem participar em outros programas sociais do governo.
  • Beneficiários do Bolsa Família não precisam baixar o aplicativo nem fazer outro cadastro, mas precisam escolher – entre os dias 16 e 30 de abril – qual auxílio lhes seja mais vantajoso, sem acumulá-los
  • Ter renda familiar per capita de até R$ 522,50 por mês
  • Ter renda familiar total de até R$ 3.135,00 por mês
  • Ser isento do Imposto de Renda (isto é, ter recebido menos de R$ 28.559,70 em 2018)
  • O auxílio é limitado a duas pessoas da mesma família, isto é, R$ 1.200,00. Para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, o valor pago mensalmente será o mesmo (R$ 1.200,00)
  • Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), ou ser contribuinte individual da Previdência Social ou ser microempreendedor individual (MEI)
  • Também podem receber o benefício os que estiverem na fila para o Benefício de Prestação Continuada (BPC) (que é destinado a idosos e pessoas com deficiência). Os valores recebidos agora são descontados nas futuras parcelas do BPC

Mas não se preocupe, o próprio aplicativo verifica se você cumpre os requisitos exigidos para receber o auxílio emergencial e você pode baixa-lo na Google Play e na App Store. Não é necessário dirigir-se às agências bancárias da Caixa. Depois de instalá-lo, leia com atenção as regras, aceite os termos e preencha o seu cadastro: nome completo, CPF, data de nascimento e o nome da mãe, número de telefone e operadora, além das informações sobre os outros membros da família.

Se precisar de mais informações, visite o site oficial de informações ou do Ministério da Cidadania ou ligue para 111.

O benefício será distribuído pelos bancos públicos (Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco da Amazônia e Banco do Nordeste), mas também poderão se feitos saques nas Casas Lotéricas e agências dos Correios) nas seguintes datas:

  • Primeira parcela: 14 de abril ou antes, se se tratar de brasileiros com conta poupança na Caixa e correntistas do Banco do Brasil
  • Segunda parcela: entre os dias 27 e 30 de abril de 2020
  • Terceira e última parcela: entre os dias 26 e 29 de maio de 2020

Nesses casos, por favor, tome os cuidados de higiene e distanciamento social previstos, caso compareça para sacar o benefício. O auxílio será pago em uma conta bancária de poupança, que será criada automaticamente e sem custos em nome do beneficiário. Será possível fazer uma transferência eletrônica para outros bancos, sem custos.

Por fim, lembre-se da sua segurança e não caia em golpes digitais: baixe aplicativos somente das lojas oficiais, não clique em links enviados por e-mail ou mensagens de WhatsApp, mantenha um aplicativo de segurança – como o Avast Mobile Security, que é gratuito – no seu celular Android.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

Ekaterina Kartushina