Segurança Cibernética

A câmera e a webcam: o prazer dos hackers de invadir a sua privacidade

Lisandro Carmona de Souza, 2 Outubro 2017

Conseguir acesso à sua webcam é tudo o que os cibercriminosos querem para poder ameaçar você ou explorar suas fotos e vídeos.

Não é de hoje que o cibercrime olha com prazer para aquela pequena câmera no topo do seu notebook. Ela está voltada para você o tempo todo e capta desde como você e seus filhos estão vestidos até o que acontece dentro do quarto. As câmeras dos smartphones e tablets também.

Quando há um ano o jornal The Guardian revelou que Mark Zuckerberg cobre a câmera do seu notebook para não ser filmado, algumas pessoas acharam exagerado, outras pensaram que "se isso pode acontecer dentro de uma gigante da tecnologia, o que será de nós, simples usuários"? Ele não é o único a cobrir câmeras.

mark-zuckerberg-tape-webcam-microphone-facebook.jpgFoto: Facebook

Recentemente, vimos o surgimento de um ataque de nRansom (uma palavra que usa o "n" de nude e "ransom" de ransomware). O ataque consistia em bloquear a sua tela e exigir que você tirasse 10 fotos nuas e enviasse aos cibercriminosos para que eles lhe dessem uma chave para liberar a tela.

Eles prometiam verificar a identidade das fotos e que elas seriam vendidas na darknet. Felizmente, bastava usar a chave "12345" e desinstalar o aplicativo e nada mais acontecia: seus arquivos não eram criptografados como nos verdadeiros ransomwares. Mas a ideia está aí: invadir sua privacidade para obter dinheiro com isso. É a sextorsão.

Em 2017, a Avast e a AVG combinaram suas tecnologias da CyberCapture e do Módulo Comportamento. Além disso, os usuários que viabilizam o desenvolvimento de novas camadas de proteção ganharam o Módulo Ransomware, que limita o acesso aos seus arquivos pessoais somente a programas conhecidos e autorizados.

Teste a nossa nova tecnologia de proteção da webcam

Agora você não precisa mais colocar uma fita para cobrir sua câmera! Você pode testar gratuitamente o nosso novo Módulo Webcam que verifica em tempo real todos os aplicativos que tentam ligar a sua webcam.

Alguns malwares prometem ligar sua câmera sem nem mesmo acender a luz indicativa. E até os usuários Mac não estão livres desse problema!

Disponibilizamos três modos de proteção:

  • Modo inteligente (padrão) que permite aplicativos confiáveis e pede permissão ao usuário no caso de aplicativos desconhecidos.
  • Modo rigoroso que sempre pede a confirmação do usuário para que aplicativos possam acessar a sua webcam.
  • Modo sem piedade que bloqueia o acesso de todos os aplicativos à sua webcam e impede que seja ligada.

Veja como participar em nosso programa de testes beta

Baixe o instalador online da versão beta que deseja testar: Free, Pro, Internet Security ou, para testar gratuitamente o novo Módulo Webcam, Premier. Ou você também pode baixar os instaladores offline dessas versões beta: Free, Pro, Internet Security e Premier (o último contém o novo Módulo Webcam).

Depois da instalação você verá na interface o sinal "BETA" próximo ao nome do programa. Nesse canal as atualizações são geralmente semanais e podem ser automáticas (desative nas Configurações do programa, Atualizações, Programa).

Se você encontrar algum bug, problema, ou quiser comentar e sugerir algo, por favor, use a seção beta do nosso fórum dos usuários. Você também pode ler mais (em inglês) sobre os possíveis problemas das versões beta.

Para retornar ao canal de atualizações estáveis, por favor, desinstale a versão beta, reinicie o seu computador, e instale a última versão estável dos nossos produtos.