Segurança Cibernética

Top 5 perguntas sobre segurança das redes Wi-Fi e a falha no protocolo WPA2

Juraj Chrappa, 26 Outubro 2017

A segurança padrão das redes Wi-Fi foi quebrada e você precisa correr atrás da sua própria proteção. Veja como fazer.

Foi uma semana agitada no mundo da Wi-Fi. Foi descoberta uma falha crítica de segurança no protocolo WPA2, que há mais de dez anos é amplamente considerado como a maneira mais segura de usar Wi-Fi. O que isso significa para você, para nós, e para todas essas pessoas que usam uma rede Wi-Fi desprotegida na cafeteria onde você está lendo essa postagem. Pensamos em 5 perguntas que nos ajudassem a ter respostas definitivas:

1. O que é o WPA2 em primeiro lugar?

O WPA2 é a terceira evolução dos protocolos de segurança Wi-Fi. Primeiro tivemos o Wired Equivalent Privacy (WEP), que foi o padrão até 2003, quando a Wi-Fi Alliance adotou formalmente o Wi-Fi Protected Access (WPA) como o novo padrão e, em 2006, o WPA2 começou oficialmente a reinar como a melhor segurança Wi-Fi até o momento.

2. Desde quando ele está vulnerável a ataques?

Desde sempre. Incrível, não é? No entanto, a falha só foi descoberta há alguns dias. O WPA2 usa um componente de segurança chamado "aperto de mão de quatro vias". É um processo que ocorre logo no primeiro instante em que um novo computador ou dispositivo se conecta a um sinal de Wi-Fi. Durante o aperto de mão, a rede Wi-Fi autentica-se no computador e gera uma chave de criptografia única para a sessão Wi-Fi. Em 17 de outubro, um pesquisador de segurança chamado Mathy Vanhoef descobriu que uma pessoa que estivesse dentro do alcance da rede Wi-Fi poderia usar os principais ataques de reinstalação (KRACKs) para enganar o aperto de mão e reinstalar uma chave de criptografia já usada. Fazendo isso, o invasor da sua rede pode manipular tudo de uma forma bem simples, como se fosse você, acessando seus dados pessoais ou até injetando algum ransomware ou malware.

3. Pode ser consertado?

Sim, pode ser corrigido: as equipes de segurança estão trabalhando no desenvolvimento dessas atualizações imprescindíveis. As atualizações irão fortalecer o aperto de mão e garantir que cada chave de criptografia seja usada apenas uma vez, evitando ataques de KRACK. Portanto, certifique-se de manter todos os seus dispositivos atualizados: seus computadores, smartphones, roteadores domésticos e qualquer outro dispositivo habilitado para Wi-Fi que você possa ter. Alguns fabricantes reagiram rapidamente e já liberaram atualizações de segurança. Para aqueles que elas ainda não existem, lembre-se de baixá-las assim que estiverem disponíveis.

4. Preciso tomar medidas de proteção adicionais?

Recomendamos enfaticamente que você tome. A maneira mais inteligente de usar Wi-Fi de forma segura é utilizar uma rede privada virtual (VPN). Uma VPN protege sua privacidade online e garante que você esteja usando um canal criptografado. As VPNs são essenciais se você utilizar redes Wi-Fi públicas - como em cafeterias, aeroportos, hotéis, etc. -, mas elas também o protegem em casa. Sua navegação deve ser visível somente para você, não para os cibercriminosos que queiram se infiltrar na sua rede e roubar os seus dados!

5. O Avast SecureLine VPN é uma solução poderosa?

Sim. O Avast SecureLine VPN oferece privacidade real, escondendo suas atividades online de cibercriminosos, anunciantes e até mesmo do seu próprio provedor de internet. Você não será rastreado e seus dados não serão roubados. Usamos criptografia de nível bancário para manter você seguro em qualquer rede. Além disso, porque o Avast SecureLine VPN o torna anônimo e oculta o seu endereço IP, eventuais restrições de um conteúdo a um determinado país não irão afetar você. Enquanto algumas VPNs podem até diminuir a velocidade de um sistema, estamos constantemente aumentando a velocidade dos nossos servidores e o desempenho do Avast SecureLine.

A descoberta da falha no protocolo WPA2 abalou o mundo digital, mas não precisamos entrar em pânico. As soluções existem. Mantenha todo o seu software atualizado e use uma VPN sempre usar uma Wi-Fi. Lembre-se, sua privacidade online não é um privilégio, é um direito! Tome as medidas necessárias para se proteger e baixe o Avast SecureLine VPN ainda hoje.