Segurança Cibernética

De onde partem os spams e os links maliciosos? Os 10 fatos mais importantes do relatório de cibersegurança da AV-Test

Jeff Elder, 1 Agosto 2019

Em média, a cada dia do ano passado, surgiram 376.639 novos malwares. Confira esse e outros nove fatos revelados no relatório de cibersegurança da AV-Test deste ano.

O Instituto AV-Test acabou de publicar o seu Relatório Anual de Segurança com dados sobre o mundo da cibersegurança. Aqui estão dez dos fatos mais importantes desse novo estudo:

  • Em 2018, programas de cibersegurança tiveram que defender, em média, 4,4 ataques de malwares por segundo, somando impressionantes 376.639 novos tipos de malwares por dia.
     
  • Mas de onde saem esses spams todos? O Brasil sozinho responde por mais de 14% do volume mundial desse tipo de mensagem, seguido de perto pela Rússia, com 13%.

  • A maioria dos e-mails contaminados chegam aos domingos pela manhã e ao meio-dia.

  • Com mais da metade dos sites do mundo infectados (59%), a ferramenta de busca russa Yandex mostrou ser a mais vulnerável à disseminação de links para sites infectados por malwares.
     
  • Atrás dela, com 29%, está o Twitter, serviço de microblog norte-americano. Os criminosos usaram a plataforma para explorar os trending topics da ferramenta.
     
  • Por conta de sua forte segurança, o Google não está envolvido em malvertising, prática em que criminosos alugam domínios populares em ferramentas de busca com termos extremamente similares na URL e anunciam sites infectados via ferramentas de busca.
     
  • Mais da metade (51%) de todos os novos malwares em 2018 foi dirigida ao sistema operacional Windows.
     
  • Em 2018, cavalos de Troia representaram quase dois terços de todos os malwares desenvolvidos para Windows (62,5%). Depois deles estão os clássicos vírus de computador (21%).
     
  • O Mirai, um parasita bem conhecido, representou 42% de todos os códigos maliciosos feitos para infectar dispositivos da Internet das Coisas (IoT, da sigla em inglês).
     
  • E tem mais. Somente no primeiro trimestre de 2019, foram registrados 3,2 milhões de ataques pela internet contra dispositivos IoT sem segurança.

O AV-Test é um fornecedor independente de serviços na área de segurança de TI e pesquisa de antivírus. A empresa foi fundada em 2004 e sua sede fica em Magdeburg, na Alemanha.