Os principais componentes de segurança do Avast 2017

Lisandro Carmona de Souza, 18 Fevereiro 2017

Enfrentaremos muitos desafios de segurança neste ano, mas o Avast está pronto para a briga com a sua proteção mais poderosa do que nunca.

A tecnologia se tornou parte integrante das nossas vidas – no trabalho, na faculdade e em casa – e até dos nossos corpos. Sem segurança, não conseguiremos ser produtivos nem apreciar os benefícios que ela traz para nós. A gama de aparelhos e as numerosas frentes de ataque que os cibercriminosos têm à disposição exige um nível de segurança muito avançado tecnologicamente. Os dias dos simples escaneamentos com um antivírus se foram. Os modernos sistemas de detecção de ameaças incluem processos avançados como análise estrutural, escaneamento de comportamento digital e inteligência baseada na nuvem.

O Módulo Comportamento revela as ações maliciosas ocultas, mesmo se elas nunca foram vistas antes

As funções de segurança do Avast 2017 são a coração da proteção dos nossos 400 milhões de usuários contra vírus e ameaças online.

“A função que eu penso que irá fazer a maior diferença no Avast 2017 é novo componente que chamamos Módulo Comportamento”,

disse Ondrej Vlcek, vice-presidente executivo e gerente geral de todos os produtos ao consumidor do Avast.

Reconhecer um malware antes que ele ataque o seu computador é algo crucial para a sua proteção. Tudo em seu computador está projetado para agir de determinado modo, e se algo se comporta de forma estranha, o Módulo Comportamento é acionado.

“O Módulo Comportamento analisa todos os programas que são executados no aparelho, todos os processos, todos os acessos a arquivos e chaves do Registro, todas as comunicações entre os processos, etc. Ele acompanha tudo isso junto com os outros sinais que recebemos de todos os usuários da nuvem”, disse Vlcek. “Dessa forma, ele nos permite descobrir o comportamento malicioso mesmo que nunca tenhamos nos deparado antes com aquela família de malwares”.

O Módulo Comportamento provou ser muito poderoso contra certos tipos de malware como os ransomwares. Os Ransomwares são extremamente difíceis de detecta através dos métodos tradicionais, por causa da criptografia oculta que os cibercriminosos utilizam, mas o Módulo Comportamento pode detectar os comportamentos gerais de todos os ransomwares e bloquear as ações maliciosas mesmo quando ocorram nas profundezas do computador. Todas as ameaças desconhecidas são informadas e acrescentadas ao nosso banco de dados de ameaças.

O Verificador de WiFi identifica os aparelhos vulneráveis na sua rede

Em muitas residências hoje em dia há vários aparelhos conectados à internet. É a chamada Internet das Coisas (IoT, em inglês). É uma tarefa muito complexa projetar uma solução de segurança que muitas pessoas, sem um conhecimento técnico avançado, possam usar quando existe uma grande variedade de aparelhos.

“Uma coisa a se reconhecer é que as ameaças que atingem vários aparelhos são muito diferentes das que eram dirigidas apenas aos computadores. Por exemplo, no Windows, a forma tradicional de ataque era feita através de um vírus ou malware. Isso não acontece necessariamente assim no caso do iPhone ou outros aparelhos IoT”, disse Vlcek.  

A razão pela qual o iPhone é relativamente seguro é que está em um ecossistema relativamente fechado, um “jardim murado” no qual é difícil que os malwares ou vírus penetrem. Contudo, isso não significa que esses aparelhos são imunes aos ciberataques.

“O que acontece geralmente nesses casos é que alguns ataques dirigidos aos aparelhos estão ocorrendo mais longe, na rede, incluindo o sequestro da rede, inclusive através do desvio de redes WiFi ou de torres de telefonia”, disse Vlcek. “Os cibercriminosos empregam todo tipo de ataques via engenharia social, por exemplo, o phishing está muito difundido hoje em dia”.

Os aparelhos IoT são o contrário. Muitos deles foram projetados sem ter a segurança em mente, e quando estão em uma rede doméstica insegura são o prato cheio dos cibercriminosos. Com o aumento de todos esses aparelhos, os bandidos têm à sua disposição um espectro muito maior para desfazer os seus ataques.

“É algo desafiador para as empresas de segurança como a nossa fornecer uma visão holística de toda a rede”, disse Vlcek. “Por isso, temos uma função específica no Avast 2017 que protege contra os ataques aos aparelhos IoT”.

“O novo Verificador de WiFi é uma função que escaneia todos os aparelhos da rede e pode detector falhas de segurança nesses aparelhos, ajudando os usuários a solucionar os problemas”.

Entendemos que isso pode ser uma tarefa gigantesca para muitas pessoas. As pessoas têm medo desse tipo de coisas, e a nossa meta era tornar tudo isso o mais simples e não ameaçador possível.

“Aqui está todo o desafio da segurança aos consumidores”, disse Vlcek. “O fato de que algumas coisas são inegavelmente difíceis e sofisticadas, como a proteção dos aparelhos IoT ou dos roteadores, ou que o usuário tenha que instalar uma atualização no roteador, etc. Isso não é algo que o usuário médio vai conseguir fazer”.

“Mas sabemos duas coisas: uma é que a na maioria das famílias sempre há um encarregado de informática, geralmente alguém mais jovem, que é capaz de ajudar. Depois que em alguns países, dispomos de serviços de suporte profissional que são capazes, a um preço acessível, de ajudar os nossos clientes pelo telefone ou chat, e guiá-los ou até realizar reparos automaticamente”.

O Avast 2017 já está disponível. Os usuários podem atualizar os seus computadores com um único clique e os novos usuários podem baixar o nosso premiado Avast Free Antivírus ou qualquer dos nossos produtos premium.

BAIXAR ANTIVÍRUS GRÁTIS

Para mais informações sobre a tecnologia e as funções do Avast 2017, por favor, ouça a entrevista com Ondrej Vlcek ao Enterprise Times.

Artigos relacionados