Segurança Cibernética

Pessoas com deficiência auditiva vão poder falar ao telefone no Android 11 | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 5 Maio 2020

Melhorias na acessibilidade do Android 11. E mais: Bluetooth pode monitorar a COVID-19; vazamento gigante do site adulto CAM4; atualização do Windows 10 faz arquivos sumirem

A função Live Caption que o Google incluiu no Android 10 em 2019 é capaz de transformar automaticamente em texto os vídeos e podcasts. Parece que chegou a vez de essa tecnologia de inteligência artificial chegar às ligações telefônicas. 

LiveCaption

Pesquisadores do XDA* descobriram a ferramenta na versão Developer Preview 3: "Permitir que o Live Caption seja usado nesta ligação". Pessoas surdas ou com reduzida capacidade auditiva vão poder ler na tela do smartphone o áudio de uma ligação. É provável que a novidade apareça apenas em inglês para, no futuro, migrar para outras línguas. 

Tecnologia Bluetooth descentralizada para monitorar a COVID-19 

Anunciada no dia 10 de abril, a tecnologia desenvolvida pela Apple e Google para monitorar a disseminação do coronavírus por Bluetooth – e não pela localização GPS, Wi-Fi e sinal de telefonia – foi adotada pela Alemanha*. 

Ela será menos intrusiva e respeitar a privacidade, pois os dados serão armazenados nos smartphones e não em bancos de dados das empresas ou dos governos. Cada usuário precisará conceder permissão para o monitoramento, que será feito por chaves criptografadas, anônimas e que serão alteradas a cada 20 minutos. 

Não serão registradas a identidade, a localização ou a lista de contatos. A tecnologia* usará os recursos do próprio celular, sem que seja preciso instalar nenhum aplicativo. A pessoa receberá uma notificação dizendo em que dia e por quanto tempo esteve em contato com alguém infectado pelo COVID-19. 

Site adulto CAM4 sofre massivo vazamento de dados e conversas 

Um dos maiores sites de streaming adulto ao vivo, o CAM4, sofreu um vazamento de 10,9 bilhões de registros, incluindo desde informações pessoais (nome completo, nome de usuário e e-mail, país, idioma, orientação e preferências sexuais) e históricos até conversas. 

  1. cam4-report-5.pngO Brasil foi o 2° país mais afetado: 5,3 milhões de usuários. Foto: SafetyDetectives 

Especialistas alertam para o surgimento de golpes e chantagens que utilizem as informações que se tornaram públicas, além dos tradicionais golpes de phishing. Sugerem também a troca imediata das senhas e habilitar a autenticação em duas etapas em todas as suas contas online e, como sempre, manter um antivírus robusto que bloqueie ataques em tempo real de ransomwares. 

Atualização do Windows 10 faz perfil e arquivos sumirem 

Uma das recentes atualizações do Windows 10 (KB4549951) fez ressurgir uma falha que já aconteceu em fevereiro: arquivos “somem”, Wi-Fi e Bluetooth começam a falhar. O problema não acontece com todo mundo, mas os relatos dizem que a conta do usuário é substituída por outra temporária, dando a impressão de que tudo foi apagado. 

Alguns “resolveram” o problema reiniciando o computador várias vezes (pelo menos seis), outros criaram uma nova conta e transferiram os arquivos. Segundo o MSPowerUser*, a Microsoft está ciente do problema, mas ainda não disponibilizou uma solução.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter. 

* Original em inglês. 

Charles Deluvio