Dicas

Liberte o seu Android do rastreamento do Google

Charlotte Empey, 5 Junho 2018

Aqui estão algumas dicas para que você impeça a Google de rastrear o seu dispositivo Android.

Você já teve a sensação de estar sendo observado? Você sabia que toda vez que você pega o seu smartphone ou tablet e navega na internet você está sendo observado(a)? Os sites que você visita, os itens pelos quais você navega e os que compra, os vídeos que você transmite ou assiste e onde você estava fisicamente quando fez isso. Tudo isso cria uma imagem de quem você é, o que você faz e o que lhe interessa. Todas essas informações são vitais para anunciantes e profissionais de marketing.

Talvez você não se sinta incomodado(a) com essa prática. Talvez você não se importe se os sites lembrem das suas visitas ou se a Google coletar dados em todas as pesquisas realizadas e nos sites que você frequenta. Mas se você não está confortável com isso, se tudo parece um pouco o Big Brother para o seu gosto, há alguns passos que você pode tomar para proteger a sua privacidade. Este guia ensinará como proteger a sua privacidade em um dispositivo Android.

Como a Google e outras empresas coletam seus dados?

Você já se perguntou como a Google rastreia a sua atividade? Para citar um certo monstro da Vila Sésamo, "C é para Cookie". Cookies são pequenos arquivos de dados ou etiquetas de identificação que um site envia ao seu navegador (seja o Chrome, o Safari, o Firefox ou o Edge) e que são armazenados no seu dispositivo. Eles são projetados para acompanhar as suas atividades.

Os cookies não são algo ruim em si. Na verdade, a sua existência é muitas vezes o que torna a sua experiência de navegação mais agradável. Eles ajudam uma página da Web a carregar mais rapidamente na segunda ou terceira vez que você a visita. Eles lembram as suas informações de login quando você clica em "lembrar de mim" e também se lembram da sua seleção de idioma e outras preferências.

No entanto, determinados tipos, os chamados cookies de rastreamento, registram a sua atividade e enviam um registro de volta ao site ou ao mecanismo de pesquisa. Alguma vez você já pesquisou um determinado produto no Google, apenas para ver um anúncio desse mesmo produto na sua próxima visita ao Facebook? Isso é um cookie de rastreamento em ação.

Aqui estão algumas coisas que você pode fazer para desativar os cookies de rastreamento e aproveitar um pouco mais da sua privacidade:

Ativar a navegação privada no seu dispositivo

Uma maneira fácil de impedir que os sites rastreiem sua atividade é usar o modo de navegação privada no seu navegador. Quando ativada, a navegação privada impede que o seu navegador salve o seu histórico de pesquisas e armazene (a maioria dos) cookies.

O processo de entrar no modo de navegação privada irá variar dependendo de qual navegador você usa no seu dispositivo Android. Por exemplo, se você usa o Google Chrome, basta clicar no ícone “Guias” no canto superior direito, clicar em “Mais opções” (a coluna de três pontos) e selecionar “Nova guia anônima” para iniciar uma guia de navegação privada. O Firefox chama de "mascaramento" e o Ópera chama de "privado".

A navegação privada é uma ótima ferramenta, mas também é uma solução temporária, pois é concluída ao final de cada sessão de navegação. Você precisa se lembrar de ativar a navegação privada toda vez que abrir o navegador.

Desativar as ferramentas de rastreamento do Google

Se você é um cliente da Google (ou seja, você tem um endereço do Gmail ou uma conta do YouTube, ou comprou algo na Google Play, etc.), você pode ir além e tomar medidas mais permanentes desativando as ferramentas de acompanhamento da própria Google. Veja como:

No seu dispositivo Android, acesse https://myactivity.google.com/myactivity e faça login na sua conta do Google (se você já não estiver conectado(a), graças a um cookie!). No canto superior direito, próximo ao seu perfil / informações da conta, você encontrará o ícone de “Mais opções” (novamente, a coluna de três pontos). Clique no ícone e selecione “Controles de atividade”.

Nesta página, você verá uma lista das diferentes atividades que a Google acompanha: Atividade na Web e de apps, Histórico de Localização, Informações do dispositivo, Atividade de voz e áudio, Histórico de pesquisa do YouTube e Histórico de exibição do YouTube. Há um interruptor ao lado de cada nome de atividade. Basta desativar o rastreamento para as atividades que não deseja ser rastreado(a) e está tudo pronto.

Como você já está no controle de atividades, esse seria um bom momento para excluir os dados que o Google já acompanhou e armazenou. Para cada atividade que você deseja limpar, procure a opção “Gerenciar” e clique nela. Quando a nova página for carregada, selecione a opção “Excluir atividade por” à esquerda > Alterar “Hoje” para “Todo o período” > clique em “Excluir”.

Controlar dados de anúncios no seu dispositivo

Os usuários do Android podem executar uma etapa adicional no próprio dispositivo. Pode dizer ao seu celular ou tablet Android que não pretende receber anúncios personalizados, baseados nos seus hábitos de navegação. No menu “Configurações” do seu dispositivo, acesse Google > Anúncios > ative a opção Desativar a personalização de anúncios > selecione OK.

Ou você pode nos deixar fazer tudo isso por você

Se todos os itens acima parecerem muito técnicos e você prefere não ter de lidar com tudo isso, veja se não é melhor deixar o Avast lidar com isso para você. Uma VPN faz isso: oculta toda a sua atividade na web. Você pode aprender tudo sobre VPNs e, depois, testar o nosso serviço SecureLine VPN, que oferece uma avaliação gratuita de 7 dias e funciona em dispositivos móveis e computadores.

Outra opção, é usar as ferramentas gratuitas de privacidade do nosso navegador:

Baixe o Avast Secure Browser