Segurança Cibernética

Lançadas novas ferramentas gratuitas para descriptografar arquivos infectados

Lisandro Carmona de Souza, 5 Dezembro 2016

Desbloqueie os seus arquivos sequestrados por ransomwares com as ferramentas gratuitas Avast Ransomware Decryptors.

Desde o ano passado, os ataques de ransomwares cresceram 105%. Os ransomwares são malwares que criptografam (sequestram) os seus arquivos, e até o computador inteiro em alguns casos, e exigem o pagamento de um resgate para fornecer a senha que descriptografará os arquivos. Este tipo de ataque também pode infectar smartphones.

Pensando nisso, a Avast acaba de lançar quatro ferramentas que ajudarão você a salvar seus arquivos pessoais e corporativos de graça, assim você poderá poupar dinheiro e muita dor de cabeça com uma possível perda de dados importantes.

As ferramentas estão disponíveis para os seguintes ransomwares:

  • Alcatraz Locker
  • Apocalypse
  • BadBlock
  • Bart
  • Crypt888
  • CrySiS
  • Globe
  • Legion
  • NoobCrypt
  • SZFLocker
  • TeslaCrypt

Todas as ferramentas para descriptografar os arquivos são gratuitas e estão disponíveis junto com uma descrição detalhada de cada família de ransomware. As ferramentas, na medida do possível, também serão atualizadas quando os ramsonwares sofrerem mutações.

Outras informações técnicas sobre essas ferramentas – e sintomas para saber se você está infectado – podem ser encontrados em outros artigos do nosso blog.

Como se proteger dos ransomwares

  1. Antes de mais nada, tenha sempre um programa antivírus instalado e atualizado em todos os seus aparelhos. Os antivírus servem como segurança porque bloqueiam os ransomwares antes que eles possam agir e causar danos aos seus arquivos, mesmo em caso de que você acidentalmente tente baixar o malware.
  2. A próxima coisa a fazer para se proteger é ficar esperto e sempre alerta. Os criadores de ransomwares frequentemente utilizam táticas de engenharia social para enganar as pessoas e fazê-las baixar ransomwares. Cuidado com os links e anexos que você abre ou baixa na internet. Nunca abra e-mails de remetentes desconhecidos nem clique em links de emails suspeitos. Somente baixe programas de sites confiáveis.
  3. Faça backup dos seus dados e arquivos regularmente. Isto é crucial! Não mantenha os discos de backup conectados ao seu computador todo o tempo, porque também eles podem ser infectados por ransomwares.
  4. Se você tiver a infelicidade de ter sido infectado por ransomwares, veja a página com as nossas ferramentas para verificar se alguma delas pode ajudar você a recuperar gratuitamente os seus arquivos. E se você conhece alguém – talvez parentes ou amigos – que costumam não ser cuidadosos, compartilhe com eles este artigo para que possam aprender e se proteger.

Foto: Clem Onojeghuo.