O hacker por trás do vazamento de emails do partido Democrata americano

Lisandro Carmona de Souza, 3 Novembro 2016

O hacker suspeito de estar por trás do vazamento dos emails da DNC em 2016 e de vários outros ataques nos Estados Unidos foi preso em Praga há duas semanas.

 

Um hacker russo foi preso em Praga pela polícia Tcheca em cooperação com o FBI. O hacker é suspeito de estar envolvido em vários ciberataques nos Estados Unidos e concretamente de ter executado o vazamento de emails da Convenção Nacional do partido Democrata.

De acordo com o comunicado da polícia Tcheca publicado na terça-feira, o suposto hacker foi preso 12 horas depois, graças à rápida troca de informações com as autoridades americanas.

Até o momento, não há muitas informações disponíveis sobre a identidade do suposto hacker. O Diretor do Inteligência de Ameaças da Avast, Michal Salat, explicou como o hacker pode ter sido rastreado pela polícia:

"Até os melhores hackers cometem erros e, algumas vezes, as autoridades podem rastreá-los pelo seu endereço IP original. Já que este hacker supostamente está envolvido em uma série de ataques às bases de dados dos sistemas eleitorais no Arizona e em Illinois ocorridos neste ano, ele pode ser rastreado através dos logs de acesso aos servidores".

Como acontece no caso de muitos cibercriminosos talentosos, ele provavelmente tomou cuidado de esconder os seus rastros digitais. Os hackers geralmente fazem isto através de um servidor proxy. "Se um proxy for utilizado em um ataque, as autoridades podem exigir dos proprietários dos servidores o acesso às informações armazenadas nestes servidores proxy", disse Salat.

A polícia Tcheca afirmou que a justiça irá em breve tomar a decisão se irá ou não extraditar o suspeito aos Estados Unidos.

Artigos relacionados