Segurança Cibernética

Google pode estar bloqueando contas com fotos pornográficas

Lisandro Carmona de Souza, 5 Maio 2021

Usuários “reclamam” por ter conta do Google bloqueada. E mais: novas funções de áudio no WhatsApp e vazamento de dados no AirDrop e Facebook

Se você mantém a opção de backup no Google Fotos e possui fotos pornográficas no seu dispositivo, corre o risco de ter a sua conta bloqueada por presença de conteúdo impróprio ou por violação de direitos autorais.

Conta-DesativadaFonte: Meu Smartphone

Não só as fotos armazenadas no celular, mas também as compartilhadas pelo WhatsApp que estejam na Galeria de fotos podem ser motivo de bloqueio da conta do Google, segundo informam alguns usuários.

WhatsApp vai deixar mais fácil a revisão do áudio gravado

O WhatsApp deverá contar com um botão para revisar um áudio gravado antes que seja enviado. Você poderá gravar, ouvir e, eventualmente, descartar uma mensagem de voz.

Outra função que está sendo testada é a de acelerar o áudio que estamos ouvindo, como já possui o Telegram há anos. Você poderá escolher até o dobro da velocidade. Ainda não há prazo para que as funções sejam liberadas para todos os usuários.

WA_PLAYBACK_SPEED_ANDROID-960x425Fonte: WhatsApp Beta

AirDrop está deixando vazar dados dos usuários

Desde 2019, o AirDrop de 1,5 bilhão de dispositivos da Apple apresenta uma falha de segurança* que pode deixar vazar os dados dos usuários. Ao compartilhar um arquivo com outro dispositivo na mesma rede Wi-Fi, o AirDrop acessa o número de telefone e o e-mail dos contatos do receptor.

Se você não quer esperar pela correção – a Apple nunca respondeu formalmente aos pesquisadores – vá para Configurações > Geral > AirDrop > Recepção Inativa.

Falha de segurança no Facebook volta a expor e-mails dos usuários

Pesquisador descobre nova vulnerabilidade* no aplicativo do Facebook que permite expor o e-mail dos usuários. Através do e-mail de uma conta, uma ferramenta consegue obter o e-mail dos contatos, mesmo que o usuário configure este dado como privativo. Essa ferramenta, chamada de Facebook Email Search v1.0, consegue obter até 5 milhões de e-mails por dia. O Facebook não considerou “importante” a falha, mas depois de tornada pública, “reabriu” o estudo.

Outra falha recente permitia a exclusão de lives sem o consentimento do titular da conta. Na prática, as transmissões ao vivo não são excluídas, mas a duração passa a ser de apenas 5 milissegundos. Essa falha, no entanto, já foi corrigida pela plataforma.

facebook-email-searchFonte: Ars Technica


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.

Photo by Aziz Acharki on Unsplash