Privacidade

DuckDuckGo desafia o Google em privacidade

Lisandro Carmona de Souza, 13 Abril 2021

Nova extensão de privacidade para o navegador. E mais: saiba quando você poderá ser vacinado e pesquisas em sensores de coronavírus em smartphones

A DuckDuckGo lançou uma nova versão da sua extensão (DuckDuckGo Privacy Essentials 2021.4.8) e pretende bloquear a tecnologia FLoC do Google para proteger a privacidade dos seus usuários.

O Google deseja substituir os anúncios baseados em cookies por um novo sistema chamado FLoC (Federated Learning of Cohorts), onde cohort (coorte) é um grupo de milhares de usuários com interesses semelhantes. Quanto mais coortes existirem, mais específicas elas serão e mais os anunciantes saberão sobre os seus interesses. Elas deverão ser recalculadas semanalmente usando os dados da navegação da semana anterior.

É como entrar em uma loja onde eles já sabem tudo sobre você!

No entanto, a DuckDuckGo optou por seguir a linha de pesquisadores de privacidade da Electronic Frontier Foundation* e bloqueou o FLoC ID:

  • O rastreamento será mais fácil do que com cookies, permitindo obter a impressão digital do navegador
  • O algoritmo conseguirá monitorar os logins ativos em sites e serviços, mapeando, portanto, os interesses do usuário
  • No momento, não há uma forma clara de optar por não participar do FLoC (opt-out)
  • O algoritmo vai reunir os usuários por temas sensíveis e comportamentais (raça, gênero, idade, religião ou nível salarial), abrindo caminho para discriminação e segmentação predatória
  • O FLoC destrói os contextos*: um site médico terá acesso às suas preferências políticas, ou um site de varejo terá acesso ao que você leu sobre o tratamento da depressão. Nesse sentido, não é a sua privacidade que está em jogo, mas também as suas liberdades civis

O Google já está testando o FLoC em 0,5% dos usuários do navegador Chrome. Você pode verificar se está afetado no site Am I FloCed*. Além da extensão DuckDuckGo Privacy Essentials, a empresa já bloqueou o FLoC* por padrão no seu mecanismo de busca, mesmo se você não usa o aplicativo ou a extensão.

Quer saber quando você vai poder ser vacinado?

O projeto Coronavírus Brasil lançou o site “Quando vou ser vacinado?”, que analisa a velocidade da campanha de vacinação em cada Estado nos últimos sete dias e tenta prever quando chegará a sua vez. A maior dificuldade do sistema é a falta de homogeneização nos dados dos órgãos de saúde e diferentes legislações estaduais.

Quando_vou_ser_vacinado_BrasilAs previsões não levam em conta o andamento da imunização em cada município.

Você precisa informar a sua idade, Estado onde reside e se pertence ao grupo prioritário que contempla, por exemplo, os profissionais da área de saúde, as pessoas com comorbidades ou deficiência, os profissionais da educação, segurança e transporte.

GE desenvolve sensor para detectar coronavírus em superfícies

A General Electric pretende desenvolver um sensor – localizado na borda dos celulares – capaz de detectar a presença de partículas contendo o coronavírus no dedo ou sobre uma mesa, teclado ou balcão de uma loja, por exemplo. A empresa já possui uma tecnologia similar usada em equipamentos médicos, e o desafio é a miniaturização.

COVID Surface detection_resize_2Fonte: General Eletric

A tecnologia não é para amanhã: pesquisadores pensam que só chegar aos smartphones daqui a dois anos.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.

Photo by OSPAN ALI on Unsplash