Redes sociais: quais os seus filhos estão usando e quais são os perigos?

Lisandro Carmona de Souza, 13 Junho 2016

Adolescentes utilizam muitas redes sociais diferentes para se comunicar com amigos e estranhos. Aqui está uma lista para os pais entenderem melhor o assunto.

Queremos ajudar você a conhecer as novas redes sociais que as crianças e os adolescentes estão pendurados

Talvez o Facebook é a primeira parada para os seus filhos, mas não é mais a única rede social que é popular. Sete a cada 10 adolescentes dizem que utilizam mais de uma rede social para se comunicar com seus amigos e conhecer novas pessoas. Aqui está um resumo das redes sociais mais comuns entre os adolescentes. Por enquanto.

shutterstock_182474648-402667-edited.jpg

 

fb-art-695939-edited.jpg

O Facebook é a rede social mais conhecida. Adolescentes a partir de 13 anos podem (legalmente) ter uma conta no Facebook para se conectar com amigos e familiares. Há muito mais do que ver vídeos de gatinhos. Eles podem formar grupos e compartilhar interesses. Mais e mais pessoas estão utilizando o Facebook como fonte diária de informações.

Possíveis perigos: criminosos podem enganar os adolescentes e conversar com eles como se tivessem a mesma idade. Ensine seus filhos a não dar ou compartilhar informações privadas, como o próprio endereço ou o número do telefone. Existe também muito bullying, mas há formas de prevenir e proteger seus filhos.

Instagram_App_Large_May2016_200-1-875468-edited.png

O Instagram é um aplicativo de compartilhamento de fotos e vídeos. Você pode ver, compartilhar e comentar fotos e vídeos curtos (até 15 segundos). É divertido porque é possível aplicar filtros e efeitos especiais, transformando suas fotos em imagens artísticas de alta qualidade.

Possíveis perigos: as configurações de privacidade precisam ser ajustadas, porque as fotos e os vídeos compartilhados no Instagram são, por padrão, públicos. Ao adicionar hashtags e a informação sobre a localização podem expor as fotos a um público ainda maior.

Snapchat_Logo-950350-edited.png

O Snapchat é outro aplicativo de mensagens por foto, mas um pouco mais agitado. Os usuários compartilham imagens e vídeos que ficam visíveis de 1 a 10 segundos para uma pessoa específica ou para os seus seguidores e, depois, eles desaparecem.

Possíveis perigos: imagens que desaparecem dão uma falsa impressão de segurança. Os jovens usuários da internet pensam que as imagens se foram para sempre quando, na verdade, nada desaparece na internet. Os snapchats podem ser recuperados e se voltar contra os adolescentes anos depois.

burnnote-176000-edited.png

O Burn Note é um aplicativo de mensagens semelhante ao Snapchat. O aplicativo está limitado a mensagens de texto – fotos e vídeos não são permitidos – que desaparecem depois de um certo período de tempo.

Possíveis perigos: assim como no caso do Snapchat, o período de tempo limitado destes aplicativos de auto-destruição anima os adolescentes a compartilhar coisas que normalmente não o fariam. O bullying é muito comum.

ASKfm-logo-1-249478-edited.png

A ask.fm é uma rede social onde as crianças podem fazer perguntas e também responder a dos outros. Cada um pode decidir se permite ou não postagens anônimas. Os conteúdos vão desde "qual a sua cor favorita?" até conteúdos completamente atrevidos. É conhecida como "o buraco negro das redes sociais".

Possíveis perigos: por permitir a participação anônima, mensagens com conteúdo sexual explícito são comuns. O bullying é muito comum (dois suicídios já foram conectados ao uso do site). Nos últimos meses, a ask.fm tentou superar a imagem do bullying, mas há um longo caminho a percorrer...

twitter-logo-618-340x300-293275-edited.jpg

O Twitter é um microblog que permite que você compartilhe seus pensamentos, sentimentos e ideias em até 140 caracteres. As celebridades têm muitos seguidores e, com muita frequência, notícias bombásticas saem em primeira mão no Twitter.

Possíveis perigos: a maioria dos adolescentes têm contas públicas no Twitter, o que significa que tudo o que postam está disponível instantaneamente e pode se espalhar como fogo em pólvora. Com frequência, os adolescentes podem se arrepender do que eles mesmos tuitaram. Veja o caso de Laremy Tunsil

tumblr_logo_blue-white-128-327885-edited.png

O Tumblr é essencialmente uma plataforma de blogs onde os adolescentes podem escrever pequenos artigos e postar fotos, vídeos, músicas e qualquer outra coisa. Tudo o que um usuário posta é público. A proteção de privacidade é complicada, porque você precisa criar um segundo perfil e protege-lo com senha.

Possíveis perigos: da mesma forma que o Twitter, é possível reenviar (tecnicamente, retuitar ou reblogar) conteúdo no Tumblr. O conteúdo adulto é flagrante e qualquer tipo de tópico pode ser pesquisado e acessado facilmente.

Kik-logo-med-371809-edited.png

O Kik é um aplicativo social híbrido que permite enviar mensagens, fotos, vídeos e outros conteúdos digitais. Os usuários do Kik não precisam fornecer nenhuma informação além do seu nome de usuário, por isso, os adolescentes se sentem protegidos e anônimos.

Possíveis perigos:  em anônimato, adolescentes passam a acessar e publicar conteúdos sem nenhum tipo de filtragem, tornando-os vulneráveis a relacionamentos que jamais seriam permitidos no mundo real. Não há dúvidas nenhuma de que a capacidade de contatos anônimos com estranhos vai trazer muito assunto para conversar com seus filhos na hora do jantar...

Agora é sua vez de nos contar a sua história: quais redes sociais você está inscrito? E se tiver filhos, quais as redes sociais que eles participam diariamente?

Artigos relacionados