Segurança Cibernética

Discord é a nova arma de criminosos virtuais

Alex Franco, 16 de Julho de 2021 6h0min0s CEST
Alex Franco, 16 de Julho de 2021 6h0min0s CEST

Ferramentas oferecidas pela plataforma simplificam a construção e a disseminação de ameaças

Especialistas em segurança digital alertam que a nova plataforma favorita dos responsáveis por diversas ameaças na internet é o Discord. O aplicativo de comunicação, com os mecanismos de script que oferece, garante poderosas ferramentas para a distribuição de spams, criação de centros de controle de malwares e até a realização de ataques DDoS, que derrubam sites.

Por meio dele, hackers são capazes de compartilhar códigos e de formar comunidades de maneira ágil e prática, uma vez que a comunicação entre os membros também é facilitada. 

A possibilidade de banimento não os assusta, pois, transferem assuntos mais sensíveis a outros lugares, como o Telegram, com suas tecnologias de criptografia de ponta a ponta que impedem o acesso de terceiros aos conteúdos trocados.

Tais movimentos são potencializados pelo fato de que, no Discord, usuários podem configurar servidores virtuais próprios, para os quais enviam praticamente quaisquer tipos de arquivo, que ficam disponíveis a outros que queiram vê-los ou baixá-los. 

Tudo é mantido na Content Delivery Network (CDN), que, em relatórios de transparência, produzidos a partir de investigações de administradores, relatou um aumento de cibercrimes desde o início de 2019.

#54.1Hackers apostam em um novo jeito de agir. Fonte: Shutterstock

Fácil e rápido

Grupos mal-intencionados se reúnem para disseminar materiais diversos, assim como para comprar módulos de malwares preexistentes e aprimorá-los, tornando-os mais complexos, ou em alguns casos, revendê-los com o devido suporte de uso. 

De acordo com Brook Chelmo, autor da SonicWall, em 2008 eram necessários de 9 a 12 meses para a criação e distribuição de um vírus destinado ao roubo de dados de redes sociais e serviços de e-mail, em 2020 três meses já bastam para que um ransomware consiga entrar em ação.

Em outras palavras, além de baratear custos, o novo preferido de criminosos, mesmo que os derrube, garante a fácil replicação das configurações para fora da rede. Aliás, considerando que a plataforma permite a realização de testes de vulnerabilidade, tudo se torna mais simples do que antigamente. Por ser compatível com Windows, Mac, iOS, Android e Linux, então, não faltam oportunidades de uso.

De todo modo, o Discord não está de braços cruzados quanto à situação. Duas vezes por ano, a plataforma divulga relatórios detalhados e conta que, dentre os abusos relatados, malwares representaram 1,5% nos primeiros três meses de 2019, 1,8% nos últimos nove meses de 2019, 2,9% no primeiro semestre de 2020 e 3,5% no segundo semestre de 2020 – tendo agido em 41% dos casos no último período.

#54.2Crimes evoluem, mas estratégias de proteção também. Fonte: Shutterstock

Nada de pânico

Apesar dos dados alarmantes, é possível se proteger de tantas ameaças com medidas simples. A primeira delas é utilizar um antivírus de qualidade, como os oferecidos pela Avast, que estão preparados para atuar contra diversos tipos de ataque, incluindo os mais recentes.

No mais, optar pela definição de senhas fortes e ficar atento às melhores práticas de segurança virtual podem fazer a diferença na manutenção da sua integridade digital.

Se você precisa de um pacote com os melhores apps de segurança, privacidade e desempenho, confira as vantagens do Avast Ultimate, capaz de barrar tanto hackers clássicos quanto a nova geração de criminosos.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.