Segurança Cibernética

CoViper: o malware que bloqueia o seu computador durante a quarentena | Avast

Lisandro Carmona de Souza, 14 Abril 2020

Usando um arquivo falsamente relacionado ao Coronavírus, um novo malware descoberto pela Avast impede que o computador reinicie

Jan Rubín, pesquisador de segurança da Avast, descobriu um novo malware, que foi chamado CoViper porque ele se aproveita da crise provocada pelo COVID-19 para infectar uma área do disco rígido conhecida como MBR (Master Boot Record) e simplesmente impede que você reinicie o computador.

Essa família de malwares é conhecida como MBR wiper ou MBR locker (apagador ou bloqueador da MBR, em tradução livre). No momento, ele não está exigindo um resgate, mas é possível que em breve esse ataque esteja associado a um ransomware. Nossos pesquisadores sabem que o vírus foi gerado por uma ferramenta gratuita disponível na internet.

LqanKExfrJdvNgVeKJZbz9iEdvhILL0kSBAOPqE7yv-NrS7Pm2zFTQMlmbwPL2o8tkKViif4cA9K4gwr9SejGXQKOsupT5WtoFUfQs4QFSwWPdAmDv0yxP9DfGpdHV18Pt5uJ19GSarcástica mensagem do vírus digital coronavírus. Foto: decoded.avast.io

Olá! Se você está vendo essa mensagem é porque o seu computador foi infectado pelo coronavírus! Por favor, não perca seu tempo, o Gerenciador de Tarefas foi desativado e você não pode encerrar este processo! Se você fechar esta janela, ela aparecerá novamente! Apenas mais uma vez: NÃO PERCA SEU TEMPO!

A análise técnica do malware pode ser encontrada em nosso blog decoded.io.

Documento do seu carro (CRLV) pode ser impresso em casa

Para evitar filas nos postos de atendimentos, treze Estados e o Distrito Federal permitirão a impressão do CRLV através dos sites do Detran estadual, o Portal de Serviços do Denatran além de usar diretamente a tela do aplicativo Carteira Nacional de Habilitação. Como era de se esperar, para emitir o documento eletrônico, é necessário que o proprietário tenha quitado todos os débitos do veículo junto aos órgãos de trânsito.

crlv-impressao-materiaportalexterno

São eles: Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rondônia, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Espera-se que os demais Estados façam o mesmo até 30 de junho, quando então se espera manter apenas a versão digital: quem quiser a cópia em papel, precisará imprimi-la por conta própria quantas vezes quiser.

Nesse caso, imprima em alta qualidade, pois um código QR presente no documento impresso permite comprovar a sua autenticidade.

Fake news: “5G transmite Coronavírus”

Além de lutar no desenvolvimento de remédios e vacinas, cientistas tiveram uma estranha tarefa: desmentir que as ondas da tecnologia 5G facilitem a transmissão do COVID-19. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram antenas de telefonia móvel da operadora Vodafone sendo incendiadas no Reino Unido.

Cell_TowerAs falsas teorias giram em torno de afirmações de que as ondas de rádio 5G afetam (ou suprimem) o sistema imunológico, agravando a infecção e chegam até a afirmar que o vírus é transmitido pelas ondas. Saiba que as ondas de telefonia móvel são de baixa frequência, menor que a luz visível. As radiações de alta frequência – raios solares e raios X – é que podem causar dano às células.

Pelo contrário, em tempos de quarentena, procure manter uma dieta saudável; fazer exercícios regulares, mas não desgastantes; se possível, mantenha uma exposição diária ao sol de alguns minutos.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.

Fusion Medical Animation