Segurança Cibernética

Conveniência versus privacidade: a situação do Facebook

Jas Dhaliwal, 22 Março 2018

Aqui estão 4 dicas para proteger seus dados de serem compartilhados no Facebook.

A rede social mais popular do mundo é atualmente o assunto de um debate acalorado e estamos aqui para manter você informado no meio dessa loucura. Primeiro, vamos falar sobre o que aconteceu. Em 2014, um teste apareceu no Facebook. Ao todo, 270.000 usuários fizeram o teste, que coletou dados não apenas sobre eles mesmos, mas também sobre os seus amigos. Por isso, o questionário agregou as informações privadas de 50 milhões de usuários do Facebook. Todos esses dados foram supostamente vendidos para a campanha presidencial de Trump.

Isso era ilegal? Possivelmente. Seus próprios dados foram comprometidos? Possivelmente. Você precisa se juntar à multidão em pânico e #deletefacebook da sua vida? Isso provavelmente é mais uma questão pessoal, mas respondendo de uma perspectiva de segurança pura, não, você não precisa.

O Facebook chegou a definir uma nova era de comunicação e contato entre as pessoas. Você pode ficar à vontade para continuar a usá-lo, mas reserve um momentinho para proteger a sua privacidade. As ferramentas já estão lá. Como muitos podem não ter tempo para mexer em sua conta, apontaremos alguns dos grandes controles de privacidade que estão à sua disposição.

1. Remover antigos aplicativos do Facebook

É provável que você tenha acumulado vários aplicativos ao longo dos anos, muitos dos quais você provavelmente já esqueceu. Livre-se do peso morto. Livre-se de todos os aplicativos que você não usa mais e especialmente daqueles que você nem reconhece. Veja como:

  • Entre na sua conta do Facebook
  • No menu suspenso no canto superior direito, selecione Configurações
  • Na margem esquerda, selecione Aplicativos
  • Passe o mouse sobre cada aplicativo que você deseja excluir e clique no X (remover)

2. Desligue os logins através da plataforma

Sim, pode ser fácil e conveniente usar as suas credenciais de login do Facebook em vários sites, mas esse é um grande risco de segurança. Lembre-se, o melhor é você  usar diferentes nomes de usuários e senhas para cada conta que você possui. O uso de uma única conta em tantos sites permite que qualquer pessoa que invadir a conta tenha um perfil detalhado de quem você é. Se você optar por seguir esse caminho, lembre-se de que você não poderá mais fazer login usando as suas credenciais do Facebook em outros sites, mas poderá cadastrar um a um seus novos dados.  Para desativar a plataforma do Facebook, vá para a página Aplicativos descrita acima e siga estas etapas:

  • Em Aplicativos, sites e plug-ins , toque em Editar
  • Toque em Desativar plataforma

3. Controle o que outras pessoas podem acessar

Se as suas informações estiverem visíveis para outras pessoas no Facebook, elas poderão compartilhar essas informações em outros aplicativos, jogos e sites. Há mais de uma dúzia de categorias de informações pessoais que podem ser compartilhadas (biografia, aniversário, local, interesses, etc.), mas você pode impedir que esses dados sejam distribuídos para terceiros. Mais uma vez, na página de Aplicativos, siga esta rota:

  • Em Aplicativos que outras pessoas usam, clique em Editar
  • Desmarque todas as categorias que você não quer compartilhar com outros aplicativos e sites (se você está lendo isso, você provavelmente vai querer desmarcar tudo... mas é você que decide).

4. Cuidado com pesquisas e questionários

Lembre-se, quando você completar uma pesquisa ou questionário em sua conta do Facebook, você está abrindo a porta de entrada de todos os dados do seu perfil para a empresa que criou esse questionário. Enquanto você está participando da pesquisa, a empresa tem acesso temporário a todas as suas informações. Claro, pode ser divertido saber qual estilo de roupa você mais usa, mas isso acontece pagando com a sua privacidade e, provavelmente, é melhor evitar o clickbait.

Facebook_Quizz.jpgFonte: pt.quizur.com

Como sempre, fique atento(a) ao que você compartilha e ao que você aceita no Facebook. Não há motivo para você não se beneficiar dessa ferramenta de network e conexão: basta usar as ferramentas de proteção e privacidade que já estão disponíveis. Você pode restringir a sua privacidade e ainda assim achar muita coisa para curtir no Facebook.