Segurança Cibernética

Como turbinar a sua experiência na internet com uma VPN

Lisandro Carmona de Souza, 21 Junho 2017

A fórmula mágica PPP – privacidade, proteção e preço – mostra o caminho para escolher a VPN que melhor se ajusta às suas necessidades: a melhor VPN para mim.

O nome parece complicado: VPN quer dizer Virtual Private Network (Rede Privada Virtual). Mas não se assuste, o conceito é muito simples: VPN é um “túnel” privado por onde trafegam os seus dados na internet, um grupo de computadores que se conecta privadamente dentro da grande rede da internet.

O que eu ganho usando uma VPN?

  1. Privacidade: muitos pensam que a privacidade é impossível na internet. De fato, para quem atua fora da lei, tudo será motivo para ter medo: o Marco Civil da Internet no Brasil (assim como em muitos outros países) exige a identificação das comunicações (logs, endereço IP, duração da conexão, etc.).

    Mas, se você é um usuário comum, quer privacidade no conteúdo das suas conversas e mensagens (por exemplo, no WhatsApp). Por que não esperar o mesmo dos outros aplicativos? Com uma VPN, ninguém pode bisbilhotar: nem o seu provedor de internet, nem o seu chefe, nem um hacker... Tudo é criptografado.
  1. Navegar anônimo (Modo Incógnito avançado): recentemente, o governo americano liberou às companhias telefônicas a venda de informações coletadas dos usuários. Uma VPN impede que, depois de utilizar a sua Wi-Fi, você seja bombardeado por propagandas, ofertas de produtos e serviços, pois tudo o que você faz não é associado diretamente a você. Além disso, você pode aproveitar ofertas online sem receber um monte de spam de outros concorrentes.

  2. Liberdade de acesso a conteúdo restrito geograficamente: a luta contra as restrições impostas pelas empresas ou pelos governo continua. A liberdade de acesso – por exemplo, a séries de televisão estrangeiras esteja onde você estiver – é um desejo de todos. Uma VPN pode ser a solução.

  3. Proteção contra roubo de dados: cada vez mais temos redes Wi-Fi gratuitas disponíveis no Brasil. Recentemente foi a vez das estações de Metro em São Paulo. Uma VPN garante a sua proteção em cafeterias, restaurantes, aeroportos...

Como escolher a melhor VPN para mim?

Há muitas empresas que atuam na área de segurança e que dispõem de um aplicativo VPN. Não é fácil escolher, não bastam os anúncios de “A melhor VPN”. Procure artigos em fontes confiáveis e estude antes de comprar. Um bom serviço deve oferecer um bom balanço das seguintes funções:

  • Localização dos servidores, leia-se: melhor acesso, melhor velocidade, não estar submetido a restrições legais ou de vigilância.

  • Protocolos de conectividade seguros: não basta o aplicativo ser bonito, precisa ser seguro.

  • Integração com o seu antivírus: você não vai querer baixar malwares, vírus, trojans em seus aparelhos Windows, Mac ou Android, vai?

  • Privacidade na coleta de dados dos usuários: se os seus dados de navegação e comunicação forem vendidos para outras empresas, por que usar uma VPN?

  • Tipo de uso e limitação de banda: pense, por exemplo em como você vai usar a VPN, se será de forma esporádica (apenas em viagens) ou o seu uso será contínuo e intenso (streaming).

  • Preço: os serviços gratuitos monitoram sua navegação para mostrar propagandas direcionadas ou até vendem seus dados de navegação para redes de propagandas.

Se você quiser dar uma olhada em como funciona o Avast SecureLine VPN, pode testá-lo gratuitamente e ver se ele merece ser "a melhor VPN para você".

Priv

Tom Sodoge