Avast e AVG: um futuro em comum

Vince Steckler, 7 Julho 2016

Avast Software pretende comprar a AVG.

AVG_logo-407516-edited.jpg

Como muitos de vocês já sabem, há duas empresas de segurança que as pessoas confundem: a Avast e a AVG. Logo depois de ter começado como CEO há 8 anos, lembro-me de fazer uma apresentação sobre a Avast para uma platéia numerosa e, depois de uma hora, uma pessoa veio na minha direção e me deu os parabéns pela apresentação e como ele gostou de ter ouvido sobre a AVG. Esta foi a minha primeira lição de como era fácil misturar as duas empresas.

Esta confusão acontece porque as empresas são muito parecidas. Ambas têm o nome começando pelas letras "AV". Ambas foram fundadas na década de 80 e estavam entre as primeiras empresas criadas para combater vírus e malwares há 30 anos atrás. Ambas são da República Tcheca: a Avast foi fundada em Praga e ainda continua sediada nesta cidade, enquanto que a AVG começou em Brno, a segunda maior cidade da República Tcheca. Ambas foram pioneiras na distribuição gratuita de produtos de segurança de alta qualidade (ainda que, para ser honesto, temos de admitir que a AVG foi a primeira e nós viemos depois). Ambas desenvolvem excelentes produtos de segurança. Ambas são inovadoras com equipes internacionais de P&D. Ambas têm a maioria dos seus usuários além das fronteiras do mercado Tcheco. Há anos que ambas têm uma base de usuários semelhante: cerca de 200 milhões cada uma. E, o que é mais importante, ambas tratam os seus usuários com respeito e, consequentemente, cada uma delas tem uma grande e leal base de usuários. Há, contudo, uma pequena diferença: a Avast é uma empresa de capital fechado e a AVG é uma sociedade anônima com ações na Bolsa de Nova Iorque.

Apesar desta pequena diferença, as empresas são tão semelhantes que é muito natural que se juntassem e é isto que estamos pensando em fazer agora. Com um acordo assinado com a AVG, a Avast está fazendo uma oferta para compra de todas as ações da AVG (cerca de 1,3 bilhões de dólares) e o Conselho de Administração da AVG está recomendando aos acionistas que a aceitem. Se os acionistas da AVG aceitarem, e depois da aprovação de vários órgãos reguladores do governo, a AVG passará a fazer parte da Avast e passaremos a trabalhar juntos no futuro. Esperamos que isto ocorra em poucos meses. A partir de agora este processo é muito mais complexo do que a simples descrição que eu faço aqui e há muitas regras e leis a serem seguidas, etc. No final deste artigo há um link para uma página com importantes informações que você deveria ler, se é ou pensaria em ser um acionista, ou se simplesmente está curioso.

Legalmente, o processo não permite que demos mais informações sobre como iremos atuar se nos unirmos, etc., por isso, só podemos revelar poucas coisas. Eu realmente penso que esta fusão será muito boa para os nossos usuários. Teremos mais de 250 milhões de usuários Windows/Mac que nos permitirá coletar ainda mais dados sobre as ameaças digitais e melhorar a proteção dos nossos usuários. No mercado móvel, teremos juntos 160 milhões de usuários. Eles fornecem dados de inteligência de segurança que colaboram com a melhoria da proteção de todos e são um passo importante em direção à Internet das Coisas. Além disso, estaremos adquirindo uma fascinante tecnologia móvel para a proteção online das famílias. No mercado das pequenas e médias empresas, estaremos em melhores condições de dar suporte técnico aos nossos usuários corporativos espalhados por todo o mundo e fornecer a melhor tecnologia das nossas duas empresas.

O nosso site (e o do AVG) contêm muitas outras informações sobre esta transação (press releases, FAQs, etc.). De acordo com a legislação que regula este processo, daremos a você, aos nossos usuários e clientes, todas as informações que forem permitidas. No entanto, o mais importante é que garantimos a você que valorizamos cada usuário do Avast e do AVG, faremos tudo para proteger você e manter a sua confiança em nosso trabalho.

Marco legal das informações aqui contidas

Esta comunicação contém informações de previsões futuras que envolvem riscos e incertezas substanciais que podem, ao final, resultar materialmente diferentes das que estão expressas ou implícitas nesta comunicação. Estes riscos e incertezas incluem, entre outros, os relacionados com as condições econômicas gerais e as condições que afetam a operação das empresas envolvidas (Parent, Buyer e Company) ; a capacidade das partes de satisfazer as condições para a oferta de compra aqui contemplada e de realizar as operações descritas nesta comunicação; o desempenho e a manutenção de importantes relações comerciais que as empresas mantêm. Estas informações são válidas apenas a partir da data deste comunicado e nenhuma das partes (Parent, Buyer e Company) assume qualquer obrigação de atualizar ou revisar qualquer destas declarações prospectivas, a menos das que forem exigidas por lei.

Informações adicionais e onde encontrá-las

A oferta pública referida neste comunicação ainda não começou. Esta comunicação serve apenas para fins informativos e não constitui uma oferta de compra nem uma solicitação de uma oferta de venda de quaisquer ações ordinárias da Companhia ou de quaisquer outros valores mobiliários. A solicitação e oferta de compra de ações ordinárias da Companhia só será feita de acordo com uma Oferta de Compra, uma carta de transmissão e de outros documentos da oferta pública. Quando a oferta pública for iniciada, Parent e Buyer irão apresentar uma declaração de oferta ao Schedule TO, incluindo uma Oferta de Compra, uma carta de transmissão e de outros documentos da oferta pública, e a Companhia irá apresentar uma Declaração de Solicitação/Recomendação no Schedule 14D-9, junto à SEC, com relação à oferta pública. Os acionistas da Companhia deverão ler cuidadosamente e na sua totalidade a declaração de oferta e a Declaração de Solicitação/Recomendação, uma vez que podem ser alteradas ao longo do tempo, bem como quaisquer outros documentos relevantes arquivados junto à SEC quando estiverem disponíveis, porque conterão informações importantes que os detentores de valores mobiliários da Companhia devem considerar antes de tomar qualquer decisão sobre os seus títulos. A Oferta de Compra, a Carta de Transmissão e outros documentos da oferta pública, bem como a Declaração de Solicitação/Recomendação, serão disponibilizados sem qualquer custo a todos os detentores de ações ordinárias da Companhia, a partir do website mantido pela SEC em www.sec.gov.

Artigos relacionados