Segurança Cibernética

Avast detectou e bloqueou 1 milhão de golpes de suporte técnico no Brasil

Lisandro Carmona de Souza, 13 de Julho de 2021 16h51min2s CEST
Lisandro Carmona de Souza, 13 de Julho de 2021 16h51min2s CEST

O Laboratório de Ameaças da Avast relata que entre janeiro e maio deste ano foram identificados e bloqueados 994.125 mil golpes de suporte ou assistência técnica

O Laboratório de Ameaças da Avast relata que entre janeiro e maio deste ano foram identificados e bloqueados 994.125 mil golpes de suporte ou assistência técnica.

Golpes_de_suporte_técnico_bloqueados_pela_Avast_no_BrasilMédia de golpes de suporte técnico entre junho de 2020 e maio de 2021: 168.304

Um relatório do FBI* revela que essa fraude foi uma das três principais tendências de crime em 2020 e, a partir de 2019, durante a pandemia, aumentou 171%, pois as pessoas dependem ainda mais da internet para suas atividades cotidianas.

Fraudadores intimidam e induzem suas vítimas a adquirir “serviços de suporte ou de assistência técnica” caros e desnecessários, alegando a necessidade de consertar um dispositivo ou resolver o problema de um aplicativo após a infecção por vírus ou malwares.

Apresentam links para falsos sites que imitam empresas de segurança ou oferecem uma linha telefônica direta de suporte, convencem as vítimas a baixar um software de gerenciamento remoto e, a partir daí, têm acesso total ao dispositivo, arquivos e dados.

Nossas recomendações são:

  • Não telefone nem entre em contato com agentes que apareceram por conta própria
  • Verifique se o endereço do site é legítimo e use um navegador de segurança
  • Fique calmo(a): se não tiver certeza, desligue ou saia do site
  • Ligue para alguém em quem você possa confiar e explique o que está acontecendo
  • Use o Avast Free Antivirus que bloqueia pop-ups de fraude de suporte técnico

Celular roubado permite “esvaziar” a conta bancária

Após roubar smartphones ligados – enquanto as vítimas usavam o Waze, por exemplo –, criminosos ligam a câmera (o que mantém o dispositivo sempre ligado) e acessam os apps bancários instalados no aparelho, roubando todo o saldo. É sempre válida a recomendação de não utilizar senhas fáceis de desbloqueio do aparelho e nunca salve os dados bancários: preencher cada vez é mais chato, mas é muito mais seguro. O golpe afeta tanto Androids como iPhones.

Por isso, segundo Fernando Capez, diretor-executivo do PROCON-SP, o órgão está exigindo dos fabricantes, das operadoras e da Febraban novas medidas de segurança, facilitando o rápido bloqueio de contas bancárias, do chip e do IMEI, além de permitir apagar os dados remotamente (vídeo) de forma acessível. Infelizmente, a receptação e venda de smartphones roubados somente incentiva o crime.

O que fazer se o seu dispositivo foi roubado?

  1. Faça o boletim de ocorrência na delegacia mais próxima
  2. Solicite ao banco o bloqueio da conta (e/ou do seu cartão)
  3. Solicite à sua operadora o bloqueio do chip e do IMEI do aparelho
  4. Avise seus amigos e familiares para que tomem cuidado com golpes através de mensagens que eles possam receber

Google removeu 9 apps que roubavam login/senha do Facebook

O perigo morava na própria loja oficial Play Store. Os apps ofereciam serviços legítimos e foram baixados quase 6 milhões de vezes, mas segundo os pesquisadores da Dr. Web, enganavam os usuários e os levavam a desativas os anúncios se conectassem o seu perfil no Facebook. As credenciais então eram roubadas e enviadas a um servidor remoto (C&C):

  1. App Lock Keep
  2. App Lock manager
  3. Horoscope Daily
  4. Horoscope Pi
  5. Inwell Fitness
  6. Lockit Master
  7. PIP Photo
  8. Processing Photo
  9. Rubbish Cleaner

Apps_banidos_da_Google_PlayFonte: Dr. Web*

O Google já removeu os apps e baniu os desenvolvedores. Se você instalou algum deles, desinstale-os imediatamente, altere a senha da sua conta do Facebook e ative a autenticação de 2 fatores.

Novidades no WhatsApp

Na semana passada, mencionamos a nova função – que já está disponível a todos os usuários – de fotos e vídeos que só podem ser vistos uma única vez e, depois, desaparecem. Outra novidade, desta vez para os usuários beta do iOS*, é o visual das notificações que mostram uma prévia da mensagem, permitem rolagem, e tudo sem ela aparecer como “lida” no aplicativo.

O mensageiro também vai contar com inteligência artificial que detectará o uso de funções que só estão presentes em versões não oficiais do aplicativo (ou MODs) – como as respostas automáticas e temas personalizados do WhatsApp GB Pro –, informando que irá banir permanentemente a conta.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.

Photo by Lukas Blaskevicius on Unsplash