Segurança Cibernética

Autenticação de 2 fatores vai virar padrão no Google

Lisandro Carmona de Souza, 11 Maio 2021

Mais segurança no Gmail, mais privacidade na Apple, mais flexibilidade no WhatsApp, novidades no Windows e no Clubhouse

Para aumentar a segurança da conta, o Google vai exigir a autenticação de 2 fatores. A partir de agora, quando o usuário tentar fazer login em um novo dispositivo, receberá uma tela de autenticação em outro dos seus dispositivos pedindo a confirmação.

Google_TSA_v02_1Fonte: Google*

Continuará sendo possível utilizar os tokens de autorização gerados por aplicativos gratuitos como o Authy ou o Myki. O Google estuda formas de evitar que os usuários fiquem trancados fora das suas contas.

WhatsApp no computador não vai mais depender do celular

O WhatsApp* pretende liberar a versão para computador (WhatsApp Web) sem que o smartphone esteja conectado à Wi-Fi ou dados. Dessa forma, vai ser possível usar o WhatsApp em vários dispositivos. Outras funções esperadas são acelerar o áudio das mensagens, a possibilidade de revisar o áudio antes de o enviar e a sincronização de mensagens entre o Android e o iOS através do backup no Google Drive.

Quem tiver conta com cartão de débito no Nubank poderá fazer transferências para outras pessoas (não para empresas) usando o WhatsApp. O Facebook Pagamentos e a Cielo garantem a segurança da operação. Confira nas Configurações do WhatsApp, na opção Pagamentos e Facebook Pay.

Óbvio: usuários do iOS não querem ser rastreados

A Apple lançou uma ferramenta de controle de privacidade no iOS 14.5 e, segundo a Flurry*, somente 15% dos usuários permitiram que os aplicativos rastreassem seus dados pessoais em outros aplicativos ou sites para receber anúncios personalizados, em princípio, mais relevantes.

A enorme redução na capacidade de segmentação deve abalar o mercado publicitário. O Facebook alertou sobre a diminuição da eficiência dos anúncios, especialmente para as pequenas empresas que operam no mercado local e “ameaçou” com a cobrança de assinatura na rede. A Apple reagiu proibindo mensagens de “incentivo” ao rastreamento ou pouco transparentes aos usuários.

27-exemplo-certo-ATTFonte: MacMagazine

Depois de inúmeros vazamentos de dados, usuários não querem mais renunciar à sua privacidade. O bloqueio total foi a opção de 5% dos usuários, isto é, eles não vão nem receber a solicitação de compartilhamento de dados dos aplicativos.

Clubhouse começa a chegar ao Android

Clubhouse, rede social de bate-papo ao vivo que estava restrita a iPhones e iPads, chegou em versão de testes para usuários do Android nos Estados Unidos. Com uma significativa queda de 9,6 milhões de downloads em fevereiro para 900 mil em abril, o mercado Android deve dar um novo respiro. Continua a necessidade de ser convidado a ingressar na rede por outro usuário.

Nesse meio tempo, a concorrência apareceu em funções do Twitter, Reddit, Telegram e Discord, sem falar no próprio Facebook e Spotify. O aplicativo do Clubhouse vem com várias restrições como seguir tópicos específicos, criar clubes e efetuar pagamentos, entre outras. Ainda não há previsão de o aplicativo chegar à Play Store brasileira.

Atualizações do Windows para o bem e para o mal

A Microsoft lançou uma correção da falha que fazia com que a atualização KB5001391 produzisse uma tela azul (ou verde) nos computadores com a tecnologia Intel Rapid Storage.

segoe-variable[1]Nova fonte Segoe UI Variable. Foto: Bleeping Computer

As versões Insider* do Windows já estão recebendo uma nova fonte padrão, a Segoe UI Variable, que varia ligeiramente a forma quando o tamanho é reduzido para melhorar a legibilidade. Também serão atualizados os ícones herdados do Windows 95 ou 98, como o de hibernação, disquete e pastas.

sun-valley-icon-bleeping-computer-1200x728Fonte: Beta News

Outra notícia da Microsoft foi abandonar o Windows 10X*, que seria um concorrente do sistema Chrome OS ou em dispositivos com dupla tela. Também seria removida a instalação de aplicativos de fora da Microsoft Store.


A Avast é líder global em segurança cibernética, protegendo centenas de milhões de usuários em todo o mundo. Saiba mais sobre os produtos que protegem sua vida digital em nosso site e receba todas as últimas notícias sobre como vencer as ameaças virtuais através do nosso Blog, no Facebook ou no Twitter.

* Original em inglês.

Photo by Solen Feyissa on Unsplash