Segurança Cibernética

A Avast no workshop Machine Learning Prague 2017

Lisandro Carmona de Souza, 17 Março 2017

A tecnologia Avast faz parte da nova revolução da inteligência artificial.

As máquinas podem aprender muito rápido. Mais rápido do que nós, na verdade. Elas estão transformando o mundo, a nossa forma de fazer negócio e as nossas vidas. A Avast, como parte da revolução da inteligência artificial, está orgulhosa de participar na Machine Learning Prague 2017.

Os especialistas do Laboratório de Ameaças da Avast, Martin Balek, Adam Hanka, Monika Seidlova, Ondrej Svec e Tomas Trnka, estarão presentes no workshop expondo sobre o aprendizado das máquinas na detecção de malwares, especialmente sobre o paradigma “zero FPR”.

"Este paradigma significa que queremos ter a maior certeza possível de não iremos gerar falsos positivos”, explicou Balek.

O workshop vai mostrar uma visão teórica do desenvolvimento de vários algoritmos utilizados na detecção de malwares e que são baseados em conjunto de dados do mundo-real, extraídos de mais de 200.000 amostras de uma mistura de malwares e programas legítimos. A parte prática ficará por conta de uma competição hackathon onde ganha quem desenvolver a sequência mais eficiente de detecção de malwares baseada em inteligência artificial!

Martin Vejmelka, um dos principais conferencistas, irá apresentar um sistema de aprendizado artificial desenvolvido na Avast para utilização rápida e repetitiva de um modelo hierárquico em um enorme banco de dados de arquivos. Este modelo funciona pelo fracionamento dos arquivos entre um conjunto de computadores que treina diferentes modelos com alta eficiência de CPU e GPU.

O maior objetivo do Machine Learning Prague é a integração entre os interessados e os especialistas em aprendizado artificial, bem como em suas aplicações práticas na tecnologia.