Segurança Cibernética

Internet das Coisas: o que você precisa saber para se proteger

Lisandro Carmona de Souza, 30 Janeiro 2016

Internet das Coisas: o que você precisa saber para se proteger

A Internet das Coisas (IoT) coloca lado a lado eletrodomésticos com a tecnologia da informação

Podemos utilizar aparelhos para monitorar nossos exercícios físicos, saúde, residências, fábricas e até o meio ambiente e nossas cidades. Podemos utilizar aparelhos para monitorar nossos exercícios físicos, saúde, residências, fábricas e até o meio ambiente e nossas cidades

Utilizar aparelhos conectados à internet aumenta a nossa capacidade de controlar e monitorar o ambiente em que vivemos. A Internet das Coisas está literalmente mudando nossas vidas.

“A Internet das Coisas tem a capacidade de alterar a forma como interagimos com o nosso entorno. A capacidade de monitorar e gerenciar eletronicamente os objetos do mundo físico permite que tomemos decisões com base em dados, impulsionando a atividade humana a novas fronteiras, otimizando o desempenho de sistemas e processos, poupando tempo às pessoas e às empresas, além de melhorar a qualidade de vida” Estudo do Instituto Global McKinsey

O potencial impacto econômico da IoT é gigantesco. O mesmo estudo projeta o giro de 11,1 trilhões de dólares por ano entre aplicativos para a IoT.

Mas há efeitos colaterais?

Na cabeça das pessoas, os problemas da vigilância do governo e da falta de privacidade, além do vazamento de dados pessoais, parece não lhes afetar, parece ser um problema de outras pessoas. “Devo me preocupar com tudo isso?”, sou uma dessas pessoas “que não tem o que esconder”, pensam elas. Recentemente, publicamos como a Internet das Coisas pode ser hackeada e quais os problemas que surgem do fato de estarmos quase 100% online e conectados.

Hoje em dia, toda esta tecnologia passa através de pontos problemáticos já conhecidos: a segurança da nossa rede doméstica. Quando a nossa primeira versão do Avast 2015 foi lançada, publicamos muitos artigos sobre a Segurança da Rede Doméstica. De lá para cá, coletamos muitas provas e fizemos experiências sociais que provaram que estávamos certos...

A sua segurança é tão grande quanto a segurança da sua rede

Para proteger a sua segurança e privacidade, você deve ter certeza de que a sua rede e as suas comunicações estão seguras. Ainda que isto pareça coisa de especialistas, algumas medidas de segurança básica – mas efetivas – podem e devem ser tomadas. E não é algo tão difícil, por isso, mesmo nós, usuários comuns, podemos seguir os passos abaixo para garantir que estamos preparados para proteger a nossa vida na Internet das Coisas.

1. Proteção dos aparelhos: instale programas de segurança em todos os seus aparelhos conectados. A Avast é uma líder mundial na oferta de segurança para aparelhos Windows, iOS e Android. Seus programas podem impedir ataques maliciosos e fazer toda a diferença quando você estiver online. A proteção do seu aparelho também depende da segurança do próprio programa instalado, por isso, mantenha o seu sistema operacional e todos os seus aplicativos sempre atualizados.

2. Proteção da rede: nem todos os programas antivírus fornecem uma proteção de rede apropriada. Se um cibercriminoso invade um dos nossos aparelhos – na maioria das vezes o roteador –, toda a nossa rede, aparelhos e dados podem ser com comprometidos. O Avast tem funções únicas que permitem que você escaneie a sua rede e descubra se há alguma porta aberta para os hackers.

3. Melhores práticas de segurança: há várias “melhores práticas”, algumas das quais podem poupar você de muitas dores de cabeça. A mais importante é utilizar senhas diferentes para cada um dos serviços online e sites, além disso, você precisa se proteger em redes WiFi abertas ou públicas. O Avast Senhas gerencia todas as suas senhas e o Avast SecureLine permite conexões seguras via WiFi. Ambos garantem a sua segurança e tranquilidade.

As versões premium do Avast incluem toda a proteção que você precisa inclusive a Segurança da Rede Doméstica. Você pode baixá-las e testá-las gratuitamente no site da Avast.

Follow Avast on Facebook, Twitter, YouTube e Google+ where we keep you updated on cybersecurity news every day.