Segurança Cibernética

Saindo de viagem? Coloque a proteção à WiFi em sua bagagem.

Lisandro Carmona de Souza, 24 Agosto 2015

Saindo de viagem? Coloque a proteção à WiFi em sua bagagem.

Proteja seus aparelhos em redes WiFi inseguras, públicas ou abertas com o Avast SecureLine VPN. Proteja seus aparelhos em redes WiFi inseguras, públicas ou abertas com o Avast SecureLine VPN.


Confiar no seu hotel para se proteger quando você utiliza a rede WiFi de convidados não é uma boa ideia.




Mesmo a melhor chave de hotel está vulnerável a hackers, por isso, ter uma Rede Virtual Privada (Virtual Private Network - VPN) é vital para a sua proteção. Agora eu vou contar como é fácil de utilizar uma VPN. Mas antes, veja como os cibercriminosos atacam suas vítimas: uma forma é através de um equipamento cheio de problemas como, por exemplo, a falha crítica descoberta em março no produto da InnGate da ANTlabs utilizado por 277 hotéis, centros de convenções e data centers de 29 países. O InnGate fornece acesso temporário (convidado) a uma conexão WiFi. Hackeando este tipo de equipamento, um cibercriminoso consegue acesso de leitura e escrita completo a um sistema de arquivos Linux e, a partir dele, lança o seu ataque contra os convidados conectados a uma rede WiFi de um hotel. Outra tática dos hackers é criar uma falsa rede WiFi, com um nome inofensivo como "WiFi Convidados" e levar as vítimas a se conectar a ela. O que os hackers fazem é configurar o seu próprio ponto de acesso e esperar que você se conecte a ele em vez da verdadeira rede WiFi do hotel.

O que os hackers querem?




Depende de quem você é e quais são as informações que você armazena em seus aparelhos. Para pessoas normais, com trabalhos normais, em geral, o hacker pode observar as suas atividades online, ler os seus emails, roubar as senhas das suas contas e, se ele for mais a fundo, pode roubar os dados do seu cartão de crédito. "Parece não haver limite ao que eles podem fazer", disseram os pesquisadores que descobriram a falha InnGate. Os notebooks ou aparelhos móveis das vítimas também podem ser infectados com malware. No ano passado, os hackers da DarkHotel conseguiram acesso aos computadores de altos executivos, agências governamentais e NGOs, além de executivos americanos em viagem pela Ásia, provavelmente para roubar segredos nucleares.

Como se proteger em uma WiFi gratuita?




Talvez você não esteja carregando os códigos de lançamento de mísseis do seu país, mas permitir que alguém bisbilhoteie em seus arquivos pessoais e roube as suas senhas do Facebook ou até as bancárias, não é algo que você goste. Ainda bem que há uma solução fácil para se proteger quando se faz login em um ponto WiFi gratuito em qualquer parte do mundo. O SecureLine VPN é um pequeno programa, com um só botão, que conecta você a um dos 23 servidores em todo o mundo, criando a sua própria rede criptografada que impede qualquer tido de espionagem. Você pode utilizar o SecureLine VPN em seu computador Windows ou Mac, e em aparelhos Android.


Tudo o que você precisa fazer é instalar o programa ou o aplicativo e quando utilizar uma rede WiFi gratuita, iniciar o SecureLine VPN. Ele irá se conectar automaticamente ao servidor mais próximo. Você também pode escolher se conectar a qualquer outro servidor, o que lhe dá o benefício extra de acessar conteúdo restrito geograficamente quando estiver viajando. Geralmente estas conexões são super rápidas e, por isso, você nem vai notar nenhuma lentidão. O SecureLine VPN é um serviço por assinatura oferecido pela Avast, mas vem com um período de testes gratuito. Instale-o agora e veja como é fácil estar protegido.


Siga o Avast no Facebook, Twitter, YouTube e Google+, onde a gente mantém você atualizado todos os dias com notícias sobre segurança digital.