Segurança Cibernética

Guia 4 Rodas e a consolidação de negócios online

Andre Munhoz Pinto, 5 Junho 2015

Guia 4 Rodas e a consolidação de negócios online

Aqui neste blog geralmente falamos sobre segurança online, mas hoje decidi escrever (em forma de homenagem), sobre o fim do Guia 4 Rodas. A editora Abril anunciou que aposentará o título com 50 anos de história. O motivo? Em princípio, a internet e a maneira como as pessoas se informam hoje em dia. Em posse de aplicativos que podem ser baixados em segundos e mapas off-line que permitem buscas rápidas de destinos, percursos e dicas de turismo, o guia acabou se tornando obsoleto.

E este cenário não é uma grande novidade já que muitas revistas famosas do passado acabaram por ir à falência com a proliferação da internet e o aparecimento de dispositivos móveis que tornam extremamente fácil o acesso à informação.

IMG-private-browsing Guiar-se durante uma volta ao mundo agora pode ser feito online

Entretanto, na verdade o que a Abril está fazendo é uma reformulação de seus títulos, inserindo o Guia 4 Rodas dentro de outras revistas, como a Viagem e Turismo, Veja e Veja São Paulo. Mas a não existência daquele “livrão estiloso” cheio de dicas deixa muito viajante com imensa nostalgia, inclusive este que vos escreve.

Lembro que quando criança meu pai tinha o guia no porta-malas de seu DelRey azul metálico, entretanto, ele que ama viajar pedindo informação em vez de usar mapas – “assim batemos um papo com o povo local e fazemos amigos”, diz ele – não abria muito o guia. Eu gostava de folheá-lo sonhando em conhecer um lugar novo, o que acabou me levando a ir morar na Austrália e na Europa, mas isto já uma outra história.

Eu ainda tento manter esta tradição de ler livros em casa, especialmente com meu filho de 4 anos que desde muito pequeno tem um contato muito próximo com a tecnologia. Mas confesso que é difícil. Qualquer viagem que fazemos lá estou eu, checando passagens e roteiros online, lendo dicas de outros viajantes e curtindo fotos e vídeos do meu próximo destino. E o melhor de tudo, carrego isso no meu bolso e não no porta-malas do meu carro.

Realmente a internet tem construído um mundo sem fronteiras, fazendo com que empresas sejam obrigadas a se reformularem para atender às expectativas de seus clientes. Com isso, ela (a internet) tem feito algumas vítimas nos últimos anos, como lojas de discos/CDs como a Virgin, ou mesmo a Blockbuster, locadora de filmes. Tem também o caso das livrarias Laselva, que em 2013 pediu recuperação judicial, embora tenha jogado a culpa em outros fatores de negócios além da internet. Mas há de se admitir que a Amazon com seu Kindle tornou a compra de livros muito mais dinâmica.

Por outro lado, nos últimos anos vimos surgir muitas novas empresas online que não só acompanharam as mudanças que a internet implementou no mundo dos negócios, mas também trouxeram algo novo. Além do Facebook, empresas como Uber, Air B&B, Alibaba etc faturam milhões (ou bilhões) online...

Revolução na segurança online

E para não dizer que não falamos de flores; digo, segurança online, a Avast acaba de lançar uma novidade que pode se tornar uma revolução nesta área: antivírus empresarial gratuito. Como todos sabemos a Avast é uma empresa 100% voltada para a internet, na verdade nascemos há 27 anos já focados em ajudar a proteger o universo online, embora naquela época a internet ainda estava engatinhando.

Entretanto, estamos sempre buscando novas áreas e possibilidades de negócios no universo online e o antivírus empresarial gratuito é uma dessas ações. E não seremos hipócritas ao dizer que fizemos isso porque “acreditamos que todo mundo merece segurança grátis blá, blá, blá”, como outros concorrentes dizem. Este passo, na verdade, vai de acordo com o que a empresa sempre se preocupou: criar uma grande base de usuários que nos ajudam a identificar um maior número de vírus de forma mais rápida para que, assim, “vacinas” sejam criadas para manter uma internet segura. Nossos produtos pagos, com recursos super sofisticados, continuarão disponíveis tanto para empresas quanto para o consumidor final.

Portanto, deixemos de lado nossas nostalgias e embarquemos todos em uma nova (r)evolução digital. Se você possui uma micro ou pequena empresa, experimente o novo Avast for Business grátis e depois volte aqui para nos dar a sua opinião do produto!