Segurança Cibernética

Como prolongar o tempo da bateria do seu telefone

Lisandro Carmona de Souza, 15 Maio 2015

Como prolongar o tempo da bateria do seu telefone

Como utilizar os produtos Avast Se você tem um smartphone, você está basicamente levando um notebook de bolso com uma câmera e um telefone. A diminuição dos componentes eletrônicos permitiu que funções avançadas pudessem estar presentes em pequenos aparelhos, mas, o ponto fraco passou a ser a bateria que eles possuem. A tecnologia da bateria ainda precisa crescer muito para alcançar o crescimento das funções dos aparelhos eletrônicos.


Para onde vai toda esta energia?


A energia para manter um equipamento funcionando todo o dia depende do que você faz com ele, além é claro, do seu sistema operacional, configurações e conexões de rede (WiFi, CDMA/GSM, 2G/3G/4G), mas os fabricantes de bateria dizem que as típicas baterias de lítio (Lithium-ion) fornecem até 10 horas de conversa ao telefone ou até 300 horas em espera (standby).


Os aplicativos são quem consomem a bateria. Eles permanecem funcionando em segundo plano, em contato com os seus servidores, rastreando onde você está e esperando pelos sinais de rede. WiFi, Bluetooth e GPS utilizam energia procurando por roteadores e satélites, ou outros aparelhos Bluetooth. A tela utiliza muita energia também, especialmente no brilho máximo ou ao utilizar aplicativos gráficos como, por exemplo, os jogos.


O meio ambiente também sofre um impacto com as baterias de lítio. As baterias estão em estado de stress quando expostas a temperaturas acima de 30°C/86°F. O calor diminui a sua capacidade e, embora lenta, é uma perda que não pode ser recuperada. Por outro lado, o frio pode diminuir o fluxo de eletricidade, deixando o seu aparelho sem reação.


Quando eu devo trocar a minha bateria?


A sabedoria popular diz que você provavelmente precisa de uma nova bateria a cada ano. Fatores como os ciclos de carregamento e descarregamento, exposição a altas temperaturas e o simples passar do temo diminuem o rendimento das baterias.


Os fabricantes dizem que o tempo de vida da maioria das baterias de lítio está entre 300 e 500 ciclos. Além disto, as baterias diminuem abaixo de 50% da sua capacidade original.


Se você percebe que a sua bateria diminui rapidamente, não consegue atingir um carregamento completo, ou fica mais quente do que deveria, então provavelmente chegou a hora de trocar a bateria do seu telefone.


Como poupar a bateria?


Battery SaverTodo mundo sabe que leva horas para carregar uma bateria de lítio e, dependendo do seu uso, ela não dura o dia inteiro. Aqui estão algumas dicas para poupar bateria:

  • Utilize o nosso aplicativo gratuito Avast Battery Saver para otimizar as configurações do telefone com “perfis inteligentes” que se ativam automaticamente baseados no horário, local e no nível de bateria. Isto pode lhe poupar até 20% da carga.
  • Evite descarregar completamente a bateria e carregue-a mais frequentemente.
  • Não a exponha a altas temperaturas, especialmente ao calor. Não deixe o seu telefone dentro de um carro exposto ao sol. Uma temperatura ambiente confortável é a melhor para a bateria.
  • Diminua o brilho da sua tela. Você pode experimentar, mas qualquer ponto acima de 50% já se pode ler. Alguns telefones permitem o auto ajuste.
  • Desligue, quando possível, as vibrações, os sons, o flash da sua câmera e a luz de LED frontal.
  • Mantenha os seus aplicativos atualizados. As atualizações frequentemente melhoram o consumo da bateria, tornando os aplicativos mais eficientes.
  • Quando estiver em áreas sem cobertura de celular, coloque o aparelho no modo avião ou até o desligue completamente. Caso contrário, o telefone continuará procurando por sinal e isto consome a bateria.
  • Diminua, quando necessário, as atividades gráficas como os jogos ou assistir vídeos.
  • Desligue a WiFi, o Bluetooth e o GPS quando não precisar deles.




Leia mais sobre o Avast Battery Saver, Medo e desconhecimento na Google Play: uma análise mais profunda dos atuais aplicativos de limpeza e poupança de bateria.


O futuro das baterias dos smartphones


A corrida por fabricar uma bateria segura, barata e de longa duração já começou. Com o aparecimento dos carros elétricos, dispositivos que se vestem e a Internet das Coisas em nossas casas, os inventores, os cientistas e os empresários estão procurando uma forma de solucionar este problema. A nova geração de baterias pode ser construída com eletrodos de silício, ou servir-se do oxigênio para se recarregar, ou até serem orgânicas.


Há algumas semanas, uma bateria de alumínio super-rápida (carregamento em 1 minuto!) e com uma grande capacidade de armazenamento de energia foi anunciada pela Universidade de Stanford. Esta bateria de baixo custo, durável (é capaz de mais de 7.500 ciclos sem perda de capacidade) ainda não está pronta para ser produzida em grande quantidade, mas, sem dúvida, é uma esperança.


Até chegar este momento, utilize o Avast Battery Saver: o aplicativo gratuito que prolonga a vida da bateria do seu telefone.