Como manter a segurança online em um mundo cada vez mais digitalizado?

Andre Munhoz Pinto, 19 Fevereiro 2015

Como manter a segurança online em um mundo cada vez mais digitalizado?

Há algumas semanas falei aqui sobre um memê que a minha irmã publicou no Facebook satirizando o nosso dia a dia atual em que oferecemos às visitas a senha da conexão Wi-Fi de casa em vez de um copo d’água ou café. Parece que muita gente não consegue mais viver sem ela: a internet. Estamos conectados 24 horas por dia, 7 dias por semana. Minha mulher recentemente até colocou uma nova regra em casa: o último a ir pra cama tem de desligar a Wi-Fi ou então fica sem chocolate no dia seguinte. Como tenho de perder alguns pesinhos a mais que ganhe no Natal, confesso que passei em branco algumas noites, o que me fez pensar: será que nosso dia a dia realmente se tornou totalmente digital?

Emails Manter-se seguro em um mundo digitalizado está ficando cada vez mais difícil

A fabricante de hardware HP lançou no mês passado uma nova linha de tablets que me deixou com a pulga atrás da orelha. Onde vamos chegar neste mundo cibernético?

O lançamento se trata de um tablet capaz de captar um desenho feito em papel e imediatamente digitaliza-lo na tela do dispositivo. Além disso, a empresa ainda lançou um aparelho especialmente voltado para uso em hospitais, o qual possui uma capa protetora que impede a proliferação de bactérias. Assim, médicos poderiam utilizar um mesmo equipamento para visitar diferentes pacientes.

Em outras palavras, os dados de um único hospital (ou de uma ala de um hospital) poderá ser gerenciado de um único aparelho. Por um lado isso é muito positivo, pois dá a médicos e enfermeiros uma maior mobilidade e independência. Por outro, facilita o desenvolvimento de técnicas de roubos de dados de pacientes e informações sigilosas armazenadas online.

Quando o governo alemão anunciou há cerca de 6 meses que iria catalogar todos os seus dados em folhas de papel e guarda-los em gavetões trancados a sete chaves, muita gente chegou a dizer que isso é um exagero. Mas polêmicas à parte, isto mostra como o nosso mundo cibernético está cada vez mais complexo e preocupante.

Se no passado bastava apenas instalar um antivírus em seu computador para se sentir seguro online, hoje em dia é necessário mais do que isso. É preciso também manter certos cuidados online, principalmente em mídias sociais. Além do mais, temos de entender como nossos dados estão sendo guardados em bases de dados de terceiros e como os mesmos estão sendo manipulados. Uma tarefa extremamente difícil em um mundo em que há aplicativos até para pedir pizza...

Uma dica é manter o controle dos formulários que preenchemos online e off-line. Se há alguma desconfiança, então não preencha. Se não for usar aquele serviço mais, peça o cancelamento do seu cadastro e, por fim, mantenha seu computador, tablet e smartphone com um antivírus instalado e atualizado.

Uma outra dica é usar o VPN (Virtual Private Network), um recurso muito útil para pessoas que viajam com frequência e geralmente acessam internet aberta, como em shopping center, estádio de futebol, hotel e aeroportos. O VPN faz com que a sua navegação fique oculta em uma zona privada, portanto, se houver um ataque àquela rede, seu aparelho não será afetado.

Por fim, muito cuidado com suas senhas de acesso a e-mails e contas do banco, procure muda-las com frequência, principalmente se as mesmas são usadas para acessar perfis em redes sociais como o Facebook.

O nosso dia a dia digital nos obriga a dar uma atenção redobrada aos nossos dados online, mas não significa que você deva entrar em pânico e deletar todos seus perfis na internet! Simplesmente, mantenha-se precavido e estará seguro!

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

Artigos relacionados