Segurança Cibernética

Pesquisa mostra que a pessoa em quem você mais confia pode estar espionando você

Lisandro Carmona de Souza, 19 Setembro 2014

Pesquisa mostra que a pessoa em quem você mais confia pode estar espionando você

As pessoas esperam ser vigiadas quando estão online no ciberespaço, mas quem espera ser vigiado pelas pessoas mais próximas? Sem saber, seu(sua) companheiro(a) pode estar te espionando mais do que a NSA americana: um em cada cinco americanos e uma a cada quatro americanas admitiu verificar o smartphone do seu companheiro(a) em uma pesquisa realizada pela AVAST com 13.132 pessoas nos Estados Unidos.

shutterstock_198273875

Bancando o detetive

A pesquisa descobriu que a maioria das mulheres verificam o aparelho do seu companheiro porque são intrometidas e um quarto das mulheres casadas suspeitam de traição e desejam encontrar provas.

As mulheres casadas não são as únicas que suspeitam que seus companheiros as estão traindo. A razão porque a maioria dos homens espionam suas companheiras é justamente porque duvidam de suas parceiras e desejam confirmar suas suspeitas, especialmente se o relacionamento é recente.
Apanhado em flagrante

Alguém pode pensar que a pessoa que espiona uma à utra para encontrar evidências de traição ou mentira está sendo paranoica. Infelizmente, a maioria delas não é paranoica: seu pressentimento é geralmente correto. Sete a cada dez mulheres e mais da metade dos homens que procuram provas nos aparelhos do(a) companheiro(a) de que estão sendo traídos, segundo a pesquisa, encontram evidências. E o mais, você saberia dizer qual dos dois, homem ou mulher, confrontaria o(a) parceiro(a) com o que encontrou? A mulher. A pesquisa revelou que as mulheres têm 20% mais probabilidade de enfrentar o homem com os fatos.

“Abrindo a fechadura” do aparelho móvel

Descobrir a senha/PIN do aparelho do seu companheiro não foi necessário para um grande número dos que participaram da pesquisa. Uma chocante alta porcentagem das pessoas disse que não precisaram da senha/PIN para entrar no aparelho do seu(sua) companheiro(a). As mulheres, contudo, foram poupadas e 41% informou que o aparelho do seu companheiro não tinha uma senha/PIN, comparando-se com 33% dos homens na mesma situação. Em segundo lugar, tanto homens quanto mulheres disseram saber a senha/PIN do outro porque compartilharam a senha no passado, sem dar-se conta que poderiam ser descobertos.

Olho por olho

Mais da metade dos homens e mulheres que verificam o aparelho do outro pensam que ele(a) também verifica o seu. Parece haver um baixo nível de confiança entre as pessoas que sentem ser necessário colocar barreiras ao outro.

A pesquisa mostrou que os as pessoas envolvidas em relacionamentos recentes e verificam o aparelho do(a) parceiro(a) são menos propensos a suspeitar que o seu novo amor está bisbilhotando seu telefone também, comparado ao número de pessoas envolvidas em relacionamentos estáveis. Todos engajados em um relacionamento de longo prazo são mais inclinados a pensar que o seu(sua) companheiro(a) faz o mesmo em suas costas.

Dicas para proteger a sua privacidade

Seja pelo seu(sua) companheiro(a) ou por alguém que encontre o seu telefone perdido, você sempre deve proteger os seus aparelhos dos xeretas.

  • Proteja os seus aparelhos móveis com senha/PIN!

Todo mundo deve proteger seus smartphones e tablets com senha/PIN, mesmo que não estejam preocupados com espiões. As senhas/PINs não só tornam mais difícil aos bisbilhoteiros o acesso a segredos e surpresas, mas também podem proteger seus dados caso seu aparelho seja perdido ou roubado.

  • Bloqueie os seus aplicativos pessoais

Os aplicativos que contém informações pessoais precisam de uma camada extra de proteção. Com a função de bloqueio de aplicativos do avast! Mobile Security você pode proteger com uma senha os seus aplicativos mais íntimos.

  • Limpe o seu telefone dos dados antigos e faça backup deles

Fazendo backup dos seus dados permite que você salve suas informações nas nuvens e, portanto, apague qualquer dado antigo do seu telefone. Isto previne não somente a perda de dados, caso seu telefone seja roubado ou se você acidentalmente apagar seus arquivos, mas pode prevenir ataques de espionagem, não necessariamente pelo(a) seu(sua) parceiro(a), mas por qualquer outra pessoa que consiga ter acesso ao seu celular, como por exemplo aqueles "amigos" que não podemos confiar. O avast! Backup faz gratuitamente backup do seu histórico de chamadas, SMSs, contatos e fotos.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.