Protecting over 230 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘smartphones’
19, junho, 2015

Microsoft planeja criar novos jogos para PC: vida longa aos laptops e desktops

Lembro que em 2011 quando os tablets se tornaram uma febre no mundo todo, muitos dos meus amigos chegaram a afirmar categoricamente que aquilo representava o fim dos laptops e desktops. E o lançamento do Windows 8 em 2012 praticamente ratificou esse pensamento, já que o novo software tinha uma linguagem muito mais voltada aos tablets do que aos PCs convencionais. Entretanto, conforme entramos na segunda metade desta década, percebemos que a coisa não é bem assim…

laptop using Wi-Fi

Laptops ainda não saíram de moda e continuam com força total

Essa semana durante uma entrevista na PC Gaming Show, Phil Spencer, chefe da divisão Microsoft Xbox, revelou que a empresa agora irá criar novos jogos para PC, inclusive ele deu a entender que os usuários poderão até mesmo escolher entre jogar um jogo no Xbox ou no PC, ou seja, estaria vindo aí jogos que poderiam rodar em múltiplas plataformas.

Independentemente de qualquer coisa, a verdade é que “o surto tablet” parece perder força no mercado e o PC convencional continua a ter uma função importantíssima nos dias de hoje. Talvez porque os smartphones tamanho GG+ também têm ganho um grande espaço no mercado. Ou, como diria um amigo meu, cada caso é um caso e cada tipo de computador tem uma função diferente, que depende da necessidade do usuário.

Estive pensando sobre isso e acredito que ele tem razão. Enquanto os tablets são uma “mão na roda” para acessar a internet rapidamente em casa ou em viagens, o computador com o teclado continua a ser a principal maneira como estudantes redigem seus trabalhos ou pessoas de negócios analisam dados. Talvez isso um dia mudará, pois a história nos mostra que uma vez que o ser humano se acostuma com algo diferente, dificilmente ele retorna a usar coisas do passado.

Enfim, prós e contras sempre existirão e o tempo nos mostrará se o laptop está prestes a morrer ou não. Entretanto, o tão aguardado lançamento do Windows 10 também prova que ainda há muita vida para os laptops. A Microsoft retornou com seu famoso botão “Iniciar”, dando mostras de que a empresa realmente continua focada em atender a demanda por PCs convencionais.

O Brasil se tornando mais mobile

Embora a situação parece estar um pouco “cinza” para tablets (que apesar do aumento em vendas não atingiu as projeções do ano passado) e PCs no Brasil, o mercado de telefone celular não para de crescer. Segundo a IDC Brasil em 2014 os brasileiros compraram o relativo a 104 smartphones por minuto no país.

Isso reforça a ideia de que em posse de celulares maiores e mais potentes, consumidores estão cada vez menos usando seus PCs e tablets para o acesso diário à internet. Em outras palavras, o Brasil está se tornando mais móvel (ou mobile como se costuma dizer por aí), o que vem alimentar um mercado já bem fortalecido e, agora mais do que nunca, estável.

E você, caro leitor? Que tipo de aparelho você usa aí na sua casa? PC, tablet ou celular? Ou uma variedade de todas essas opções dependendo do momento?

 

22, dezembro, 2014

2015 poderá ficar marcado como o “ano dos malwares móveis”

Em setembro de 2014 Ondrej Vlcek, COO (Chief Operating Officer) da Avast, causou um certo barulho no mercado ao anunciar que sua empresa havia acabado de atingir 1 milhão de malwares para dispositivos móveis (celulares e tablets) em seu banco de dados. Ele ainda chegou a afirmar que até 2018 os ataques a smartphones e tablets atingirão o mesmo nível de ameaças que hoje vemos em computadores mais convencionais como laptops e desktops.

shutterstock_208714210

Manter os dados seguros em smartphones passará a ser ainda mais difícil em 2015

Porém, muita gente na época “torceu o nariz” para esta afirmação e continua cética ao fato de que seus aparelhos móveis podem se tornar vítimas de hackers, entretanto, conforme o mercado de smartphones cresce, as chances de uma epidemia cibernética ocorrer via telefone também sobem a passos largos.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Gartner e repercutida pelo site brasileiro Mobile Time, as vendas de smartphones cresceram 20% no mundo em 2014, tendo os equipamentos da Samsung na frente da concorrência com 24,4% do mercado, ou seja, o sistema operacional Android continua a ser o mais usado no mundo.

A Mobile Time ainda publicou um artigo explicando que, segundo a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) 75% dos telefones no Brasil são smartphones e que devemos fechar o ano com uma venda total de mais de 52 milhões deste tipo de telefone, um crescimento de 44% em relação a 2013. A Abinee prevê uma venda menor em 2015, mas devido ao fato de que “há um amadurecimento do mercado”, ou seja, grande parte da população brasileira que anda com um celular possui um smartphone.

O que isso significa? Significa que aumenta-se as chances das pessoas passarem a usar mais e mais seus telefones como pequenos computadores para realizar todos os tipos de transações online, desde o pagamento de contas até o preenchimento de cadastros, deixando rastros valiosos que não poderão mais ser encontrados por hackers em desktops e laptops. Em outras palavras, em 2015 os telefones celulares deverão ficar mais vulneráveis a ataques cibernéticos, pois criminosos sabem que é lá que os dados estão sendo agora armazenados.

A grande diferença é que, ao contrário do que ocorre com computadores convencionais, a grande maioria dos usuários de smartphones toma pouco (para não dizer nenhum) cuidado com os dados transmitidos via celulares ou tablets. Ter um antivírus no computador é quase que uma regra hoje em dia, aliás muitos fabricantes utilizam isso como um gancho de venda: “compre nosso mais novo PC X e leve gratuitamente o antivírus Y”. E há quem diga que isso funcione muito bem!

Entretanto, quem está preocupado em instalar um antivírus no celular? Conta-se nos dedos de uma mão e olhe lá, é capaz de sobrar dedos… “Mas não existe vírus para celular”, é o que ouço com frequência. Outra desculpa que adoro é “eu não faço nada demais com meu celular, só acesso o Facebook, escrevo no Whatsapp e mando mensagens de texto”. Este é o usuário com maiores chances de sofrer um ataque a qualquer minuto.

Ou seja, com as vendas de smartphones chegando aos seus limites e a baixa preocupação dos usuários com sua segurança, o ano de 2015, que está prestes a começar, poderá se tornar “o ano dos malwares móveis” no mundo. Você está preparado para isso?

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no FacebookTwitter e Google+.

Comments off
9, maio, 2014

Seis razões para baixar o avast! Mobile Security no smartphone da sua mãe neste Dia das Mães!

AVAST protects your mom's cell phone

Proteja as lembranças preciosas de sua mãe com o avast! Mobile Security

Hoje quase todo mundo e também nossas mães têm um smartphone, mesmo nossas avós provavelmente têm um smartphone! Os smartphones nos ajudam a nos conectar com as pessoas de perto e de longe, seja através das tradicionais chamadas telefônicas, mensagens de texto, compartilhamento de fotos e vídeo através de aplicativos e serviços de mensagens. Os smartphones tornaram a rotina de entrar em contato mais simples e instantânea. Compartilhamos momentos pessoais especiais, grandes ou pequenos, com as pessoas que mais amamos: nossas mães. Todos estes momentos pessoais estão armazenados em nossos smartphones, por isso, é absolutamente necessário protegê-los, o que nos faz pensar que o avast! Mobile Security é o presente perfeito no Dia das Mães.

Aqui estão 6 razões para provar isto:

1. Antivírus: sua mãe sempre protegeu você, seja vendo se havia monstros em baixo da cama ou garantindo que você levasse um casaco antes de sair de casa. Agora é a sua vez de proteger sua mãe contra os monstros dos malwares móveis que querem ficar com os dados dela. O nosso antivírus escaneia aplicativos, arquivos e SMS para evitar malwares e spywares.

2. Anti-Theft: todos sabemos que as mães são super-heroínas que não usam capas, estão sempre preparadas, garantindo que todos estão seguros e que estejam onde devem estar. Também sabemos que as bolsas de nossas mães carregam de tudo, por isso, não seria uma surpresa se a mãe perder o seu telefone correndo entre o trabalho e a academia ou se ela “perder” a sua própria bolsa. O avast! Anti-Theft ajuda a localizar, controlar e bloquear remotamente os telefones perdidos ou roubados, rastreando pelo GPS e tocando um alarme, simplificando a tarefa de encontrar aparelhos perdidos.

3. Bloqueio de aplicativos: uma vez que sua mãe está sempre correndo, precisa das coisas para já, como utilizar o banco ou fazer compras online. Este tipo de aplicativos armazenam dados valiosos como as informações do cartão de crédito e, além disso, quase sempre ficam sempre ligados. O avast! Mobile Security vem com uma opção para bloquear dois aplicativos com um PIN (senha numérica) ou gesto, mantendo os ladrões longe da conta da sua mãe se eles roubarem o telefone dela.

4. Backup: as mães sempre gostam de saber se suas crianças estão bem, por isso, você provavelmente envia a ela várias fotos e ela provavelmente tem todos os teus contatos, seja o seu número de telefone, o seu perfil do Facebook, o seu email… tudo armazenado nos contatos dela. O avast! Backup faz backup dos contatos, SMS, logs de chamadas e fotos. Sua mãe não tem que se preocupar com perder as suas informações de contato, nem com perder aquela foto sua que você enviou a ela, aquela que ela adora mostrar as suas amigas quando fala de você.

5. Relatórios de privacidade e gestor de aplicativos: assim como sua mãe gosta de encontrar seus amigos, não importando quantos anos você tenha, para ter certeza de que são boas pessoas, o gestor de aplicativos ajuda a ter certeza que os aplicativos que sua mãe baixou são bons e agem como seus amigos! O relatório de privacidade e o gestor de aplicativos dá a sua mãe os dados sobre os aplicativos que ela baixou e a ajudam a entender os direitos de acessos, as intenções e permissões.

6. É GRATUITO: acreditamos que as melhores coisas da vida são gratuitas: amor, abraços, sorrisos, boas lembranças e o avast! Mobile Security!

O avast! Mobile Security pode ser baixado da loja Google Play. Também está disponível no Google Play o avast! Mobile Premium, que possui funções e opções adicionais.

A AVAST deseja a todas as mães e avós um Feliz Dia das Mães!

50m_en

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
19, abril, 2013

É realmente necessário uma proteção antivírus nos smartphones?

android phones sm

Pergunta da semana: Eu tenho o avast! Free Antivírus no meu computador e eu gosto muito dele, mas não é demais ter um antivírus também no smartphone? Quero dizer, não há muitas ameaças e problemas para telefones, não é?

Ultimamente, esta é uma pergunta que está sendo feita muitas vezes pelas empresas de segurança e a resposta é um sonoro SIM. Os smartphones e tablets se tornaram extremamente populares e há ameaças que afetam exclusivamente os aparelhos móveis. Dois estudos específicos publicados recentemente mostraram o aumento do número de malwares para plataformas móveis no ano passado.

O Android está no olho do furacão

A empresa de segurança NQ Mobile afirma no seu estudo que as ameaças de segurança produzidas por malwares móveis estão crescendo e quase 95% dos alvos são da plataforma Android do Google. De acordo com os dados da IDC, os aparelhos Android são muito mais populares do que os que rodam iOS. No quarto semestre de 2012, por exemplo, o Android tinha 70,1% de participação no mercado global, o que faz dos aparelhos Android um alvo muito interessante para os criminosos. No total, 32,8 milhões de telefones Android foram infectados em 2012: mais do que o triplo ocorrido em 2011. Portanto, se você é um usuário Android, é especialmente importante que você proteja os seus aparelhos.

Ameaças clássicas que migram dos desktops para a plataforma móvel

As táticas mais bem sucedidas dos malwares móveis incluem scams, spam e phishing: clássicas ameaças que dominaram o cenário quando os malwares atingiram a internet segundo informa a Blue Coat Systems, fornecedora de soluções de segurança digital. Ambos estudos concordam que as ameaças móveis ainda são fortemente mistas, combinando malwares móveis com técnicas de engenharia social (phishing e smishing) para obter acesso às informações financeiras do usuário.

É interessante notar que, em 2012, os sites mais perigosos para os usuários móveis foram os pornográficos. Ainda que, no total, os usuários de aparelhos móveis não visitam sites pornográficos muitas vezes (estes são são apenas 1% do total de sites visitados), cerca de 25% do malware para aparelhos móveis vem de sites pornográficos, tornando o risco de ser infectado nestes sites 3 vezes maior do que em outros conteúdos.

mobile threats

Como se proteger contra as ameaças emergentes

  • Instale o avast! Free Mobile Security para ter proteção antifurto e antivírus no seu aparelho Android. Uma vez configurado, não esqueça de agendar o escaneamento regularmente do seu aparelho móvel.
  • Configure uma senha: diga NÃO ao fato de que um a cada dois usuários de aparelhos móveis não têm senha em seus aparelhos. Nós fizemos uma pesquisa no Facebook e somente um a cada quatro usuários do avast! disseram não ter uma senha. Portanto, usuários do avast! são mais educados quanto à segurança do que os demais. :-)
  • Verifique a legitimidade dos aplicativos que você baixa: primeiro verifique o desenvolvedor do aplicativo e assegure-se de que são confiáveis. Se você está baixando algo que nunca ouviu falar antes, verifique as classificações, revisões e comentários negativos. Você pode ler um exemplo disso no artigo “Um vírus da pior espécie” do nosso blog.
Comments off