Protecting over 230 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘proteção’
13, agosto, 2015

5 passos para proteger a sua conta do Facebook

Facebook em smartphone

Proteja a sua conta do Facebook contra visitantes indesejados

As redes sociais se tornaram parte das nossas vidas. O Facebook não é mais somente um canal de comunicação, mas uma importante fonte de notícias, informação sobre marcas, bem como uma plataforma de vendas. Graças aos aplicativos móveis, podemos acessá-lo de qualquer lugar e a qualquer momento. Como consumidores, devemos tomar ainda mais cuidado da nossa segurança ao utilizar o serviço.

Como configurar um login seguro na sua conta do Facebook

1. Configure a verificação em duas etapas, também conhecida como Aprovações de login para obter o nível de segurança desejado durante o processo de login. Cada vez que você entra em sua conta, o Facebook irá enviar a você um novo código via SMS para ser digitado e autenticar o processo de login. A aprovação do login lhe dará um controle melhor sobre quem pode acessar a sua conta. Instruções detalhadas de como configurar a sua conta podem ser encontradas aqui. 2. Selecione as opções de contatos confiáveis. Devem ser três ou quatro pessoas, que podem ser contatadas via Facebook caso a sua conta tenha sido bloqueada. A pessoa escolhida receberá um código de acesso que deverá ser informado a você para restaurar as credenciais da sua conta. Por isso, escolha cuidadosamente os contados confiáveis de forma que você possa entrar facilmente em contato caso seja necessário. Para escolher estes contatos, vá para Configurações > Segurança e escolha os amigos. Se você deseja aprender mais sobre esta opção, leia isto. 3. Configure os alertas de login e seja notificado caso o Facebook perceba alguma tentativa de login suspeito em sua conta, por exemplo, de um computador ou smartphone desconhecidos. Um alerta de login será enviado a você por SMS, email ou notificação do Facebook. Você decide qual formato é mais conveniente para você. Caso você suspeite de que alguém tentou invadir a sua conta, o Facebook irá ajudar você a reconfigurar a sua senha e criar uma nova. Como as demais configurações de segurança, você encontrará a opção de alertas de login na seção Segurança. Instruções detalhadas podem ser encontradas aqui. Alertas de login do Facebook 4. Proteja-se contra o phishing e o spam. Os cibercriminosos tentam obter os seus dados pessoais e de login criando páginas que se parecem ao Facebook. Por favor, tenha em conta que a rede social nunca irá enviar um email a você solicitando as suas credenciais ou qualquer dado pessoal ou financeiro. Caso você receba um email com links que enviem a uma página semelhante ao Facebook, nunca envie os seus dados. Aprenda mais sobre phishing no Facebook aqui. Por outro lado, se os seus amigos enviam spam a você com uma mensagem suspeita ou simplesmente incomodam você com convites para algum jogo, é possível que eles tenham sido vítimas de uma aplicativo malicioso. Esses aplicativos podem postar em nome deles sem o seu consentimento e espalhar ainda mais os malwares. Você pode denunciar isto à rede social clicando no símbolo de uma seta no canto superior direito próximo à mensagem. Leia mais na seção spam no Facebook. 5. Por fim, torne seguro o seu aplicativo móvel do Facebook. Se você, como outros milhões de usuários do Facebook, acessa a rede social em seu smartphone, deveria instalar um aplicativo que bloqueie o acesso à rede social no aparelho. Isto é muito útil caso o seu celular seja perdido ou mesmo para evitar que os seus amigos façam brincadeiras e postem algo em seu nome caso o seu smartphone esteja disponível. O Avast Mobile Security protege o seu Facebook e outras redes sociais, assim como aplicativos financeiros, com um código de segurança. Baixe-o gratuitamente da Google Play Store. Fique ligado para mais dicas de segurança nas mídias sociais e para proteger a sua privacidade! Siga o Avast no Facebook, Twitter, YouTube e Google+, onde a gente mantém você atualizado todos os dias com notícias sobre segurança digital.

26, junho, 2015

Nos carros do futuro, gadgets serão mais importantes do que aerodinâmica e rodas tala larga

Interessantíssimo o texto publicado por Ronaldo Lemos, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro, na Folha de São Paulo, no último dia 25 de maio. Intitulado O futuro é dos carros conectados, o colunista explica que em breve teremos “smart carros”, assim como hoje em dia temos “smart phones”. É a tecnologia envolvendo todas as áreas do nosso dia a dia. E acredite, isto já está, parcialmente, à venda!

Ferrari2

O que te chama mais a atenção nesta imagem? A Ferrari ou a tecnologia? No futuro, sua opinião poderá ser diferente

A empresa norte-americana Tesla Motors, pioneira na fabricação de carros elétricos, já possui versões cujas algumas de suas funções mais importantes podem ser controladas via telefone, como por exemplo, o travamento das portas.

A esposa de um dos diretores da Avast possui um Tesla com este recurso e ao estacionar o veículo certa vez, só reparou que sua bolsa com o telefone estava dentro do carro após fechar a porta, que instantaneamente travou e bloqueou tudo. Ela então parou uma pessoa na rua e pediu seu telefone emprestado, baixou o aplicativo que controla esta função, destravou o veículo, desinstalou o app do telefone da pessoa desconhecida e recuperou a bolsa. Tudo isso em questão de minutos sem precisar chamar o chaveiro ou acionar o seguro.

Se isto já soa interessante, o texto de Ronaldo Lemos vai muito além, e relata a utilização de um aplicativo que poderá ajudar o dono do veículo a ganhar descontos com seguro ao monitorar se o mesmo dirige com segurança ou não. Mas o mesmo aplicativo pode ainda ser usado para aplicar multas, o que diminuiria as responsabilidades de fiscais de trânsito e deixaria muito apressadinho com a pulga atrás da orelha.

Mas mais do que isso ainda há as possibilidades de monitoramento do veículo e do dia a dia do motorista. Se você for o pai ou a mãe de um jovem adulto e quer ter certeza de que ele ou ela está dirigindo com responsabilidade, talvez este aplicativo seja uma “mão na roda”. Mas há muitas outras razões para não querer ser monitorado.

E é por isso que a necessidade da utilização de antivírus vai se tornando cada vez mais importante nos dias atuais. Ainda há uma grande inércia à ideia de se instalar produtos de segurança em telefones celulares e tablets. Talvez porque os dados que guardamos nesses aparelhos não parecem ser “tão nocivos” assim como se imagina. Afinal de contas, a planilha de Excel com os resultados dos seus negócios, os trabalhos escolares e o backup de fotos são guardados no seu PC, certo? Mas se o seu telefone for capaz de se comunicar com seu smart carro, daí é melhor começar a se preocupar um pouco mais com suas atitudes online.

Por exemplo, ainda há muita gente achando que é “exagero” se preocupar com um roteador doméstico ligado 24 horas por dia, 7 dias por semana, como pode ser visto em uma discussão no Facebook da Avast após publicarmos este texto. E isto ocorre em uma época em que mais e mais ataques de hackers estão ocorrendo via Wi-Fi privada. Aliás, há os que ainda utilizam senhas fáceis de serem descobertas para proteger seus roteadores, como 123456789, achando que nada pode acontecer…

Voltando ao texto de Ronaldo Lemos, gadgets estão ganhando cada vez mais espaço em veículos comuns ou tunados ao ponto de começarem a ter mais importância do que o design, a aerodinâmica ou a roda do possante. Ok, talvez eu esteja exagerando, mas imagina se você pudesse controlar a pressão dos seus pneus diretamente do seu celular, ou o tamanho da roda dependendo do dia? Ou se pudesse rebaixar o carro até o chão diretamente do seu tablet e voltá-lo à posição normal a qualquer momento a partir de um simples comando no aparelho?

Enfim, os gadgets que lhe permitem fazer essas mudanças ganharão mais destaque e importância no seu veículo fazendo as revistas especializadas em automóveis se tornarem verdadeiras mídias da tecnologia, de preferência dando destaque à segurança online. Eu não vejo a hora de isso acontecer! E você?

Comments off
5, março, 2015

Experimento prova a fragilidade de redes públicas de Wi-Fi

O uso de redes de Wi-Fi abertas e desprotegidas se tornou extremamente popular em todo o mundo. Não importa se você está passeando em alguma cidade e precisa de uma Wi-Fi pública para checar seus mapas online ou se você se conecta à Wi-Fi do seu restaurante favorito, você está vulnerável em termos de proteção de dados. Assim como você tranca a porta da sua casa ao sair dela, você deveria usar um aplicativo de segurança se estiver usando Wi-Fi pública.

Couple TS

Ao utilizar redes públicas de Wi-Fi sem um software de proteção em seu aparelho pode expor suas fotos a hackers

Experimento da Avast examina como hacks podem monitorar as atividades de navegação online de pessoas ao redos do mundo

A equipe Avast Mobile submeteu-se a um experimento internacional de hacking, onde nossos especialistas em segurança para mobiles (smartphones e tablets) viajaram a várias cidades dos Estados Unidos, Europa e Ásia para observar as atividades de redes públicas de Wi-Fi em nove grandes áreas metropolitaneas. Nosso experimento revelou que a maioria dos usuários de aparelhos móveis não estão tomando os passos adequados para proteger seus dados de criminosos cibernéticos. Nos Estados Unidos, os especialistas da Avast Mobile visitaram Chicago, Nova York e San Francisco; na Europa, eles foram para Barcelona, Berlin e Londres; e na Ásia, viajaram para Hong Kong, Seul e Taipei.

Cada um dos especialistas estavam equipados com um laptop e um adaptador Wi-Fi que permite o monitoramento do tráfego de Wi-Fi na área. Por esta razão, nós desenvolvemos um aplicativo próprio que monitora tráfegos wireless em 2.4GHz de frequência. Entretanto, é importante mencionar que este tipo de aplicativo é comercializado normalmemte e pode ser facilmente encontrado no mercado gratuitamente.

Germany hack

Experimento em frente ao parlemento alemão, em Berlim, detalhes de logins podem ser facilmente acessados

O estudo revelou que usuários na Ásia estão sob maiores chances de ataques. Usuários em San Francisco e Barcelona são os que geralmente tomam mais precauções para proteger seus navegadores, enquanto que usuários na Europa também estão conscientes dos riscos de usar conexões seguras. Se por um lado usuários na Ásia são os que mais acessam redes abertas, europeus e americanos nem tanto; em Seul, 99 de 100 usuários acessaram redes inseguras durante o experimento, em comparação com 80 de 100 em Barcelona.

Número de usuários que acessaram redes inseguras por cidades:

1)       Seul: 99 out of 100

2)       Hong Kong: 98 out of 100

3)       Taipei: 97 out of 100

4)       Chicago: 96 out of 100

5)       Nova York: 91 out of 100

6)       Berlim: 88 out of 100

7)       Londres: 83 out of 100

8)       Barcelona: 80 out of 100

9)       San Francisco: 80 out of 100

O nosso experimento mostra que uma grande porção dos usuários navegam primariamente em sites HTTP inseguros. 97% dos usuários na Ásia conectam-se a redes públicas de Wi-Fi desprotegidas. 7 a cada 10 senhas de roteadores protegidas usam métodos de criptografia fraca, tornando fácil o trabalho dos hackers. Quase metade do tráfego online na Ásia ocorre em sites HTTP inseguros, em comparação com um terço do tráfego nos Estados Unidos e praticamente um quarto do tráfego na Europa. Isso pode ser atribuído ao fato de que há mais websites na Europa e Estados Unidos que usam protocolo HTTPS do que na Ásia.

Quanto pode ser monitorado de sua navegação? 

Devido ao fato de que o tráfego HTTP é desprotegido, nosso time foi capaz de ver tudo das atividades de navegação dos usuários, incluíndo domínios, histórico de páginas, buscas, informação pessoal de login, vídeos, e-mails e posts e comentários. Antes do computador iniciar qualquer comunicação há sempre uma comunicação com o domain name server (DNS). Essa comunicação não é criptografada na maioria dos casos, então em redes abertas de Wi-Fi ela se torna fácil para qualquer pessoa visualizar qual domínio o usuário visita. Isso significa, por exemplo, que qualquer pessoa que navega por produtos no eBay ou Amazon e não está logado, pode ser seguido e hackeado. E mais, é ainda possível ver se pessoas lêem artigos no nytimes.com ou cnn.com e suas buscas no bing.com ou se visitaram sites de vídeos com conteúdo adulto.

Fique atento a criptografias fracas

A maioria dos hotspots de Wi-Fi estavam protegidas durante o experimento, mas descobrimos que geralmente seus métodos de criptografia eram fracos e poderiam ser facilmente hackeados. Usando uma criptografia WEP é praticamente o mesmo que usar produtos de proteção que pedem senhas de acordo com os sites que são acessados, ou seja, usuários pensam que estão protegidos para usar seus dados pessoais, mas tudo pode ser acessado externamente.

San Francisco e Berlim tiveram a menor porcentagem de hotspots com fraca criptografia, enquanto que mais da metade dos hotspots em Londres e Nova York estão protegidos com senhas e quase três quartos das redes públicas de Wi-Fi na Ásia estão vulneráveis a ataques.

Quantidade de hotspots protegidos com senhas vulneráveis:

1)       Seul: 70,1%

2)       Taipei: 70,0%

3)       Hong Kong: 68,5%

4)       Londres: 54,5%

5)       Nova York: 54,4%

6)       Chicago: 45,9%

7)       Barcelona: 39,5%

8)       Berlim: 35,1%

9)       San Francisco: 30,1%

Nosso objetivo com este experimento não é assustar as pessoas com relação a visitar sites HTTP, mas orientá-las a se protegerem em redes públicas de Wi-Fi. Se você instalar uma proteção que permite uma conexão à internet com segurança ao acessar redes públicas, uma Wi-Fi aberta não representa nenhum perigo. Mas quando você vai desprotegido, hackers podem seguir os seus passos na internet. Mesmo se usuários acessarem um site HTTPS, o donínio visitado continua a ser visível aos hackers.

Comments off
16, fevereiro, 2015

Como escolher a melhor proteção móvel

Há dois riscos notáveis ao ser um proprietário de um smartphone ou de um tablet. O primeiro é o malware e o segundo é o roubo. Você precisa se proteger contra ambos, e nos dias de hoje há muitas chances de acontecer algo. Alguns aplicativos de segurança são gratuitos e outros são pagos.

Proteja o seu smartphone ou tablet com um aplicativo antivírus

No ano passado, mais de 1 bilhão de aparelhos Android foram vendidos em todo o mundo. Com o Android liderando o mercado de smartphones, ele se torna um alvo tentador aos produtores de malware. Eu li alguns artigos dizendo que os usuários médios não precisam se preocupar em ser infectados com vírus no seu telefone ou tablet, mas com 2.850 novas ameaças móveis são criadas diariamente por hackers, as coisas estão piorando.

Mesmo que você pense que o seu risco é baixo, sugerimos que você de um passo à frente e instale um bom aplicativo antivírus. A melhor coisa do Avast Mobile Security é que ele é gratuito, por isso, o seu investimento é mínimo: alguns minutos para configurar e pronto.

O Avast Mobile Security inclui proteção antivírus que escaneia os seus aplicativos para ver o que eles estão fazendo e um módulo Internet que escaneia os sites que você visita para ver se contém malware ou phishing. Aplicativos maliciosos permitem que malwares entrem no seu telefone, por isso é bom ter o Avast a seu lado para detectar quando um deles passa pela segurança do Google Play ou de outra loja de aplicativos.

O Avast Mobile Security dá 100% de proteção contra aplicativos maliciosos aos usuários Android.

O Avast Mobile Security dá 100% de proteção contra aplicativos maliciosos aos usuários Android.

Para comparar as opções de antivírus móveis, você pode dar uma olhada no último “Teste de Segurança Móvel” de janeiro de 2015 feito pelo laboratório independente AV-TEST. Eles testaram 31 aplicativos de segurança para Android. O Avast Mobile Security está no topo da lista porque detectou 100% dos aplicativos maliciosos sem nenhum impacto na bateria e sem deixar lento o seu aparelho.

Instale o Avast Mobile Security e Antivírus da loja Google Play.

Proteja o seu smartphone ou tablet contra perda ou roubo

Os hackers não são o único risco. Roubo ou perda do seu aparelho são ainda mais prováveis. Em uma famosa estatística de 2 anos atrás, Norton descobriu que 113 telefones eram roubados ou perdidos a cada minuto, ou seja, 7 milhões de dólares por dia! Com todos os dados pessoais e até corporativos que você tinha armazenado, perder o seu telefone pode ser catastrófico.

Você pode proteger o seu aparelho instalando o Avast Anti-Theft. O Avast Anti-Theft é um aplicativo que você pode baixar gratuitamente dentro do Avast Mobile Security. A função anti-roubo está oculta dos ladrões e permite que você controle remotamente o seu smartphone utilizando SMS ou através da sua conta MyAvast. Você pode fazer backup dos seus dados pessoais e rastrear o seu telefone ou soar um alarme se ele for perdido ou roubado.

Instale o Avast Anti-Theft da loja Google Play.

Comments off
24, outubro, 2014

O Avast protege smartphones de adolescentes também

Muitos adolescentes são responsáveis pelos seus próprios smartphones. Ajude-os a mantê-los seguros com alguns passos bem simples. Teenage_br Sete a cada dez alunos do ensino médio levam o seu smartphone para o colégio nos Estados Unidos. Estes celulares são utilizados não só para surfar na internet ou nas redes sociais, mas ajudam os adolescentes a conhecer o colégio, entrar em contato com professores e outros estudantes, seguir as notícias. Muitos pais veem no fato de dar um celular a seus filhos como uma ferramenta de segurança e uma forma de mantê-los em contato, especialmente se surgir alguma emergência. A primeira coisa a fazer depois de comprar um smartphone para seus filhos A maioria dos adolescentes estão utilizando um aparelho com o sistema operacional Android sem nenhuma proteção de segurança adicional. A primeira coisa que você deve fazer é baixar um aplicativo de segurança para proteger o telefone e os dados que ele contém. A última versão do Avast Mobile Security e Antivírus já está disponível, com uma interface complemente redesenhada, tornando-o mais simples e ainda mais amigável do que era antes. O Avast Mobile Security é gratuito e começará a proteger imediatamente seu filho de baixar aplicativos infectados e spywares, a bloquear malware e a fazer backup dos contatos, logs de chamadas e SMS, além das fotos. Instale o Avast Mobile Security e Antivírus da loja Google Play.

A segunda coisa a fazer depois de comprar um smartphone para seus filhos Estudantes do ensino médio são pessoas ocupadas, com muitas atividades, por isso o seu smartphone pode ser perdido. O Avast Anti-Theft é um aplicativo independente que pode ser instalado separadamente do Avast Mobile Security. Você pode utilizar as funções de localização para encontrar um telefone perdido ou roubado, controla-lo remotamente e bloqueá-lo. Depois que você instalar o Avast Mobile Security, ele perguntará se deseja configurar o módulo antifurto. Você pode ler mais a respeito e aprender sobre as funções de controle remoto para acessá-lo de sua conta no portal my.avast.com em nossas FAQs. Instale o Avast Anti-Theft da loja Google Play. Outras coisas a serem feitas

  • Configure uma senha no smartphone. Isto é fácil de fazer e serve como uma primeira linha de defesa contra bisbilhoteiros e ladrões.
  • Adicione números importantes à lista de contatos. Acrescente o seu número de telefone e também o do seu trabalho, o dos avós, o da escola e outros contatos de emergência.
  • Saiba as regras do colégio. É importante saber se é proibido utilizar o telefone durante todo o período ou se é permitido durante os intervalos.
  • Fale com seus filhos sobre privacidade. Converse constantemente sobre postagem de fotos e vídeos e fique atento a materiais com conteúdo sexual e compartilhamentos nas redes sociais.

Obrigado por utilizar o Avast Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
11, setembro, 2014

O avast! Free Antivírus para Mac bateu os produtos concorrentes em testes independentes!

Comparados com os usuários Windows, os do Mac são comumente pouco afetados pelos ataques de malware. Os cibercriminosos, no entanto, sabem tão bem quanto os produtores de antivírus sobre as fragilidades dos Mac. Com o crescente número de usuários Mac, os cibercriminosos descobrem um maior potencial para suas atividades maliciosas, especialmente porque os usuários do Mac tendem a ter um falso sentido de segurança e não utilizam aplicativos de segurança. Você só precisa ler este blog para aprender como os hackers estão adaptando os malwares para Windows e colocando o alvo no companheiro Mac.

Nunca devemos subestimar a segurança que um Mac precisa. O avast! Free Antivírus para Mac oferece proteção gratuita contra os últimos malwares projetados para atacar os sistemas operacionais Mac. Como todos os outros produtos de segurança da AVAST, a versão Mac participa frequentemente de testes de companhias independentes. Recentemente o avast! Free Antivírus para Mac foi não só certificado pela AV-TEST, mas também recebeu 100% no último teste de segurança para Mac realizado pela AV-Comparatives em julho e agosto.

Estamos orgulhosos de compartilhar os resultados com você!

logos

Mais sobre o desempenho do avast! em ambos os testes.

A AV-TEST GmbH é líder mundial no fornecimento de serviços de testes de segurança computacional. O último teste foi dirigido aos produtos de segurança para Mac OS X e foi conduzido entre julho e agosto de 2014. Dezoito produtos antivírus participaram e os testes foram conduzidos na plataforma MacOSX 10.9.4. Os resultados podem ser encontrados aqui.

A nova versão 9 do avast! Free Antivírus para Mac ultrapassou com facilidade os produtos concorrentes. O software de segurança ofereceu altas taxas de detecção de malware, não diminuiu o desempenho do Mac e não produziu nenhum falso positivo em nossos testes. Andreas Marx, CEO da AV-TEST

Abaixo está um resumo do desempenho do avast!

Q: Qual produto foi testado?

A: O avast! Free Antivírus para Mac

Q: Qual versão foi testada?

A: ’9.0 (41877)

Q: Qual foi o desempenho do avast! no teste de detecção por demanda?

A: O avast! Free Antivírus para Mac atingiu o nível de 97.5%

Q: Qual foi o desempenho do avast! no teste de detecção por acesso?

A: O avast! Free Antivírus para Mac atingiu 100%

Q: Quantos falsos positivos foram relatados nos testes de detecção por demanda e por acesso?

A: Nenhum. O avast! não cometeu nenhum erro e reconheceu todos os malwares corretamente!

A AV-Comparatives é uma organização independente e sem fins lucrativos que oferece sistematicamente testes de produtos antivírus para PC e Mac, bem como soluções de segurança móvel. O teste foi realizado entre julho e agosto de 2014 e verificou o desempenho de 8 aplicativos de segurança para os OS X 10.9 Mavericks.

Os alertas de phishing e malware do avast! são muito bons. As mensagens pop-up deixam claro que a ameaça foi bloqueada e fornecem informações úteis aos usuários avançados, como o URL e o caminho do arquivo (…). O avast! Free Antivírus para Mac identificou 100% das amostras tanto com malwares para Mac quanto para Windows, além de possuir uma interface muito direta, ainda que uma funcionalidade sem igual, disse a AV-Comparatives em seu relatório

Logo abaixo você pode encontrar uma visão geral do desempenho do avast! frente à concorrência.

Resultados da AV-Comparatives

Por fim, uma figura vale mais do que mil palavras e acreditamos que o seu Mac merece! Baixe o avast! Free Antivírus para Mac aqui.

avast

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
13, agosto, 2014

Como escanear pen drives para manter seu computador longe de vírus

Era julho de 2010 e minha ex-chefe adentrava ofegante o saguão de um hotel em Londres onde participaríamos de uma conferência executiva. Ela havia esquecido o pen drive de sua apresentação no escritório e embora tivesse uma cópia do arquivo em PowerPoint no laptop, precisava baixar tudo em um pen drive para que este fosse entregue à equipe técnica responsável por gerar as imagens da apresentação no telão. Como naquela época wi-fi ainda estava engatinhando e hotéis cobravam caro por um acesso à rede, não tínhamos como usar bluetooth ou mesmo e-mail para baixar os slides. Conclusão, tivemos que apelar para um pen drive emprestado por um dos rapazes da equipe técnica.

A apresentação acabou sendo um sucesso, mas o computador da minha ex-chefe foi contaminado por um vírus contraído através do pen drive. O malware não é era nada de mais e conseguimos removê-lo sem problemas, mas o susto causado ao identificar o vírus e o tempo gasto para limpá-lo foi um tanto quanto estressante.

Neste dia percebi o quão importante é escanear um pen drive antes de abrí-lo em meu computador. E embora a tecnologia atual nos permite utilizar mecanismos diferentes para salvar, arquivar e compartilhar arquivos grandes, usando por exemplo “sandboxes”, navegação nas núvens, etc, pen drives continuam a existir e podem sim causar transtornos sérios aos seus usuários.

Para evitar este tipo de problema, vamos mostrar aqui uma ferramenta que a Avast criou já há muitos anos e pode ser usada por quem possui tanto as versões pagas quanto gratuítas dos produtos da empresa. Aqui vai um passo a passo de como escanear um pen drive ao conectá-lo ao seu computador:

Passo 1

Se você possui o avast! antivirus em seu computador, abra a interface principal do programa. Abaixo você vê a interface que eu retirei do meu computador. Lá clique sobre o botão “Escaneamento” realçado em vermelho na imagem abaixo:

PS_1

Passo 2

Na página de escaneamento clique sobre a seta localizada no lado direito da tela onde você poderá escolher as opções de escaneamento. Abaixo a seta está indicada em vermelho:

PS_2

Passo 3

As opções de escaneamento aparecerão e você poderá escolher pelo “Escaneamento da mídia removível”, como pode ser visto na seguinte imagem:

PS_3

Passo 4

Uma vez a sua opção de escaneamento foi determinada, clique sobre o botão “Iniciar” localizado à direita das opções de escaneamento e aguarde pelo processo de varredura.

PS_4

Passo 5

Uma vez o escaneamento é finalizado, você será avisado sobre o resultado desta varredura. Como pode ser visto na imagem abaixo o meu pen drive não contém nenhum tipo de ameaça.

PS_5

Este processo de escaneamento não demora muito tempo! Caso o pen drive não esteja contaminado são questões segundos para que você receba a mensagem positiva. Entretanto, hoje em dia alguns pen drives possuem um grande espaço para armazenamento de arquivos, imagens, vídeos, etc, portanto, pode ser que o seu escaneamento demore alguns minutos para ser feito.

Um dos mais de 30 milhões de usuários avast! no Brasil, José Luiz Souza, enviou à página brasileira da avast! no Facebook um pedido para a criação de um mecanismo em que permita o escaneamento automático do pen drive assim que o mesmo é conectado ao computador. Entretanto, o grande problema disso é que se você é como eu, que usa 2 ou 3 diferentes pen drives conectando e desconectando os mesmos várias vezes ao dia, o escaneamento automático poderia se tornar um transtorno.

De qualquer forma, a sugestão do José Luiz é interessante e vale a pena ser levada em consideração. O que você leitor acha da idéia? Gostaria que seu pen drive fosse automaticamente escaneado cada vez que o conecta ao seu computador?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
25, julho, 2014

4 razões para você não instalar antivírus no seu celular

Depois que empresas de antivírus passaram a investir pesado no desenvolvimento de produtos para celulares, algumas companhias do setor de telefonia começaram a contra-atacar dizendo que isso não passa de muito barulho por nada e que aparelhos móveis são seguros o bastante para viver sem proteção.

Celulares e tablets se tornaram uma febre no mundo inteiro e hoje já passaram a ser alvos de hackers

Hoje em dia celulares e tablets são uma febre no mundo inteiro e se tornaram um ótimo alvo para cybercriminosos

Não há dúvidas de que a grande maioria dos hackers preferem atacar computadores, pois sabem que é lá que as pessoas hoje em dia guardam seus dados mais vitais, fazendo do celular um alvo de menor importância. Entretanto, a cada dia que passa usamos mais o celular do que o computador, seja por conveniência de poder carregar tudo que precisamos no bolso da calça ou por simples paixão pelas telinhas móveis.

Isso dito, a conclusão é a seguinte: hoje os cybercriminosos ainda focam em ataques a computadores, mas com o aumento no uso de telefones celulares no Brasil e no mundo, eles poderão mudar de estratégia do dia para a noite.

Portanto, aqui vão 4 razões para você não baixar um antivírus no seu telefone:

1)      Você não salva nenhuma informação importante em seu celular: caso você seja uma das poucas pessoas que não faz nada com o seu celular além de ligar para os amigos, então talvez pode-se dar ao luxo de não usar um antivírus no celular. Mas se em alguma vez na vida você fez compras via telefone móvel, então lembre-se que seus dados estão possivelmente armazenados em algum local de fácil acesso.

2)      Você acredita fielmente que o seu celular jamais substituirá o computador: se você está 100% certo de que o desenvolvimento tecnológico que vivenciamos nos últimos 14 anos não continuará a passos tão largos, então não há necessidade nenhuma de usar antivírus no celular, pois possivelmente você não pretende aposentar seu laptop tão cedo.

3)      Você não corre o risco de perder ou ter seu celular roubado: caso você viva em um local seguro o bastante para ter certeza de que seu telefone móvel não vai cair em mãos erradas, então não se preocupe em instalar um antivírus com sistema antifurto. Isso será inútil!

4)      Você não usa internet aberta: talvez você jamais precisará de uma Wi-Fi para acessar a internet no seu celular, mas caso precise então mantenha em mente que são em locais como esses que corremos os maiores riscos de ataques e contaminação.

Ou seja, se você se sente pelado ao sair de casa sem celular, acessa a internet através dele em wifi de shopping center, anda de carro ou a pé pelas ruas das principais cidade do Brasil e armezena mais de 50% dos seus dados pessoais neste pequeno aparelho de mão, então está na hora de instalar um antivírus nele, ao menos uma versão gratuíta.

Lembre-se que hackers trabalham 24 horas dia, 7 dias por semana para encontrar vulnaribilidades em sistemas operacionais e conforme aumenta o número de usuários de telefones, sobe também o interesse por descobrir formas de implementar novos ataques. Segundo a Anatel, em março deste ano o Brasil possuía mais de 270 milhões  de telefones celulares ativos, o que representa mais do que a população do país (aproximadamente de 200 milhões de pessoas).

Com essa debandada para o uso de celulares no Brasil, você tem alguma dúvida de que hackers já estão investindo em ataques a telefones móveis?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
9, julho, 2014

Como evitar custos desnecessários com as notificações SMS do avast! quando o cartão SIM é substituído

O avast! Anti-Theft é um produto independente incluído no avast! Free Mobile Security. Você pode instalá-lo junto com o avast! Mobile Security, ou depois, durante uma instalação independente. Possui capacidades exclusivas para ajudar a recuperar o seu telefone através de controle remoto por comandos SMS ou via internet, fazendo login na sua conta do avast!. O aplicativo também pode informá-lo quando o seu cartão SIM for removido, no caso de o aparelho ter sido roubado. Tudo isto vai ajudá-lo a controlar e localizar o seu smartphone em caso de perda ou roubo. Desde o seu lançamento, recebemos muitas mensagens do mundo inteiro relatando como o avast! Anti-Theft ajudou os usuários a encontrar seus aparelhos perdidos. Uma dramática estória com um final feliz que chegou até nós pelos irmãos Humayuns. Eles foram atacados em um mercado paquistanês. Seus smartphones foram roubados durante o ataque. Felizmente eles conseguiram pegar o ladrão utilizando o avast! Anti-Theft. Estórias do motoqueiro e fã do avast!, DuckyBoy, e do motorista de caminhão, Steven B., que utilizaram o avast! para rastrear seus smartphones perdidos nas estradas americanas. Recebemos até uma estória de detetive das irmãs Katharina e Nicole. O telefone de Nicole foi roubado durante uma viagem ao Vietnã, o avast! notificou sua irmã Katharina que o seu cartão SIM havia sido substituído e informou o novo número do telefone. Utilizando esta informação, as irmãs rastrearam com sucesso o aparelho roubado (com uma pequena ajuda das autoridades vietnamitas). Por fim, o avast! Anti-theft conseguiu localizar um telefone perdido há um ano e maio atrás, quando viajou a incrível distância até a África antes de ser encontrado!

Mobile_recommendation_PT

Contudo, também nos deparamos com perguntas dos nossos usuários surpresos pelos “custos extras” de mensagens SMS. Algumas das cobranças vieram do avast!. Vamos esclarecer esta função e explicar porque as operadoras móveis podem cobrar por mensagens SMS enviadas pelo aplicativo avast! Anti-Theft.

Por que isto está acontecendo e como evitar estes custos inesperados?

Primeiro vamos explicar as duas funções que estão relacionadas, mas não são idênticas.

Comandos SMS: controle remoto do seu aparelho

Os comandos SMS permitem que os usuários controlem remotamente seus smartphones perdidos. Utilizando comandos via SMS, os usuários podem obter silenciosamente os detalhes das chamadas feitas e recebidas no seu telefone, copiar o texto dos SMSs enviados e recebidos, bloquear o telefone, soar um alarme ou até apagar remotamente seus dados pessoais do telefone, caso não haja mais esperança de recuperar o aparelho. Também é possível receber atualizações contínuas da sua localização (GPS) para que você possa rastrear o seu telefone. Os comandos SMS exigem sempre uma ação específica do usuário que têm de ser efetuadas ou através do telefone de um amigo ou em sua conta my.avast.com.

Configure os comandos SMS de acordo com suas necessidades:

1. Configure a sua conta em my.avast.com para entrar em contato com o aplicativo avast! Anti-theft.

2. Emparelhe o seu smartphone com a conta seguindo estes passos: abra o avast! Mobile Security > Settings > toque em Conta do avast! e siga os passos para registro. No caso de você ter instalado o avast! Anti-theft como um produto independente, você pode emparelhá-lo a partir do menu principal selecionando Conta do avast! e seguindo os passos para registro. Não há necessidade de emparelhar o avast! Anti-theft separadamente se você já fez isto através do avast! Mobile Security.

3. Configure o telefone de um amigo ou uma pessoa de confiança para permitir que ele controle remotamente o seu smartphone via comandos SMS (por exemplo: bloquear o seu aparelho, soar um alarme, tirar uma foto do ladrão).

4. Envie comandos SMS a partir da sua conta: abra sua conta > Aparelhos > selecione os comandos SMS desejados a partir da lista suspensa.

Notificações SMS: informações sobre a troca do cartão SIM

As notificações SMS são enviadas à AVAST para informar aos usuários que o seu cartão foi substituído. Os ladrões geralmente trocam o cartão SIM depois de roubar um aparelho. Assim, o avast! Anti-Theft descobre que isto aconteceu e lhe informa do novo número para que você possa manter contato com o seu aparelho. A notificação SMS é enviada a você através de um número da República Checa, para que os nossos servidores sejam capazes de identificar o novo numero que substituiu o seu antigo cartão SIM. Esta notificação SMS também será enviada a seu amigo e será mostrada em sua conta my.avast.

A sua operadora pode cobrar por cada notificação SMS que você enviar, esta cobrança não vem da AVAST. Pense: você pode pagar 0,50 pela notificação SMS, ajudando a localizar o aparelho roubado que custa em torno de R$ 600,00 a R$ 2.000,00. Vale a pena! Contudo, os smartphones ainda não são suficientemente inteligentes para descobrir quem substituiu o cartão SIM: o legítimo proprietário ou o ladrão. Por isso, quando você decidir trocar o seu cartão SIM (por exemplo, quando viaja ao exterior ou quando você possui mais de um cartão SIM), você tem de controlar manualmente as notificações SMS do avast! Anti-Theft. Uma vez que isto só ocorre de vez em quando, alertamos nossos usuários a desativar temporariamente as notificações SMS. É muito simples e requer poucos passos:

Para configurar/desativar as notificações SMS, você precisa:

1. Conectar o seu avast! Mobile Security com my.avast.account. Abra o avast! Mobile Security e verifique se o Anti-Theft está habilitado.

2. Abra o avast! Mobile Security > Anti-Theft > Anti-Theft > Digite o PIN do avast! > Conta do avast! > Habilite/Desabilite a função Enviar SMS ao portal.

Desativando esta função antes de trocar o seu cartão SIM irá poupar as cobranças inesperadas. Não se esqueça de habilitar a função novamente depois!
Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
8, julho, 2014

Validando o avast! GrimeFighter e otimizando o seu PC

Alguma vez você já teve a impressão de que o seu PC ficou mais lento do que o normal? Ou ainda, perdeu os dados do seu HD de uma hora para outra, ou nem mesmo tinha notado aquele barulho de dentista dentro do computador?

 

Para resolver esses problemas e ampliar a sua segurança, o avast! GrimeFighter, um programa otimizador de PCs, entra no mercado. Ele atua verificando as sujeiras deixadas por programas mal instalados, barra de ferramentas que deixam rastros, hardware em mal funcionamento, etc… Ou seja, ele verifica e corrige tudo o que pode deixar o seu PC mais lento e protege seus dados contra falhas inesperadas.

Minions

É importante mencionar que o avast! GrimeFighter não é um antivírus, mas o seu uso em conjunto com um avast! antivírus torna-o em uma perfeita ferramenta para manter seu PC protegido.

Uma dúvida frequente em relação a este produto é o método de validação do GrimeFighter, uma vez que os clientes estão acostumados com o sistema de inserção de licenças dos produtos antivírus e acabam por confundir como validar o programa. Para que o avast! GrimeFighter seja validado em seu avast! antivirus, você precisa primeiro adquiri-lo utilizando o mesmo endereço da sua conta avast!. Além disso, é necessário efetuar o login através da sua conta avast! por dentro do seu avast! antivirus. Dessa forma a licença é automaticamente inserida e o avast! GrimeFighter validado. Para efetuar o login na sua conta avast!, acesse a interface do avast! antivirus, e clique no menu lateral APARELHOS. A seguir, entre com o seu endereço de e-mail e a sua senha.

Caso prefira, você pode também utilizar uma versão autônoma, por fora do avast! antivirus.

Validando o GrimeFighter e usando o programa pela primeira vez

Ao executar uma varredura com o avast! GrimeFighter pela primeira vez no seu computador, ou após reinstalar o Windows, e caso já tenha uma licença válida, você precisará validar o programa. Para fazê-lo, clique em “Já tem uma licença?” na parte inferior da tela. Clique em “Efetue Login” na sua Conta avast! usando as credenciais fornecidas durante a compra do avast! GrimeFighter.

Se você não lembra a sua senha, clique em “Esqueceu sua senha” e digite o e-mail fornecido durante a compra do avast! GrimeFighter para receber um link e então redefinir sua senha. Uma tela mostrará os detalhes da sua assinatura. Clique em ‘Use esta licença’ para ativar o avast! GrimeFighter.

Após a ativação do avast! GrimeFighter, clique em ‘otimizar meu PC’ para continuar. O programa efetuará um reinício do sistema, agora em Linux, e começará a escanear o seu PC. Como este sistema operacional não tem acesso ao seu Windows, pode ser que seu wi-fi não funcione, e nesse caso sugerimos o uso de um cabo de rede para prosseguir com a otimização do seu computador. Depois bastará aguardar o resultado do escaneamento e seguir as instruções que o programa oferecerá.

Caso ainda necessite de alguma ajuda referente ao GrimeFighter ou qualquer outro produto avast!, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ao cliente.

Comments off